Mensagens

Share

Incompreensível e Imerecido

“… havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele, reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a terra, quer nos céus.” Colossenses 1.20 (ARA)

 

 

O objeto da vinda de Cristo foi a reconciliação do homem com Deus e do homem consigo próprio, como iniciativa incrivelmente amorosa do Senhor “… que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou…” (Romanos 8.32). A reconciliação se processa na cruz, com o sacrifício cruento de Jesus Cristo, e prova que não existem limites para o amor de Deus no propósito de ganhar o amor dos homens. Que nossos corações hoje sejam capazes de dar uma resposta de amor a este amor incompreensível e imerecido de nosso Pai por nós, que opera em cada parte e partícula do universo criado!

0
0

Povo de Deus

“Farei distinção entre o meu povo e o teu povo…”. Êxodo 8.23 (ARA)

Há uma grande diferença entre o povo de Deus e o povo do mundo: enquanto os crentes têm seus pecados perdoados, os incrédulos permanecem debaixo de condenação. A partir da conversão, os cristãos passam a desfrutar de novas bênçãos em Cristo, e a mão protetora de Deus está sobre sua vida, como afiança o Salmo 91.7 (ARA):“Caiam mil ao teu lado, e dez mil, à tua direita; tu não serás atingido.” Hoje – ao contrário do povo do mundo – não precisamos temer nenhuma ação demoníaca porque, como o apóstolo afirma em 1 João 5.19 (ARA): “Sabemos que somos de Deus…”!

0
0

Bênçãos da Vida Eterna

“E não haverá na cidade nada que esteja debaixo da maldição de Deus. O trono de Deus e do Cordeiro estará na cidade, e os seus servos o adorarão. Verão o seu rosto, e na testa terão escrito o nome de Deus.”  Apocalipse 22.3-4 (NTLH)

Na Nova Jerusalém, a cidade santa onde viveremos para sempre com Cristo, seremos abençoados de diversas maneiras, entre elas pela adoração como servos Seus, pois nenhum serviço nos entristecerá, nenhuma fadiga nos advirá; conheceremos nosso Senhor, contemplaremos a Sua face, que é o maior prêmio que poderemos receber, e teremos gravado em nossas frontes o Seu nome bendito, que nos identificará como propriedade Sua, como filhos Seus. Ó Senhor, ansiamos pelo dia em que andaremos sob a tua luz plenos de conhecimento, alegria, sabedoria e paz para todo o sempre. Amém.

0
0