Tentações Tag

TENTAÇÃO

“Ali esteve quarenta dias, sendo tentado por Satanás. Estava com os animais selvagens, e os anjos o serviam.” Marcos 1.13 (NVI)

 

 

Nenhum de nós está imune aos ataques de satanás e de seus demônios, mas Jesus estava. Imaginemo-nos por quarenta dias sofrendo ataques satânicos reiterados. Quem suportaria? Ninguém, por certo. Afinal somos humanos, pensamos. Mas Jesus, embora fosse Deus encarnado, era ao mesmo tempo inteiramente humano. Como Ele conseguiu suportar? Repreendendo firmemente o inimigo com a Palavra de Deus, assim frustrando a tentação do diabo para levá-Lo a pecar. Que esta atitude de Nosso Senhor seja hoje e sempre o modelo para resistirmos às tentações que nos acometem!

Share
0
0

TENTAÇÕES

“…e ninguém seja devasso, ou profano como Esaú, que por uma simples refeição vendeu o seu direito de primogenitura”. Hebreus 12.16 (PJFA)

Esaú não avaliou as consequências e considerou que seu direito de primogenitura não era sua prioridade, trocando algo duradouro pela saciedade da fome passageira, assim assumindo um terrível ônus. Na vida as tentações estão sempre presentes, mas é preciso que hoje e em todos os momentos e circunstâncias, estejamos alertas para não cair nas armadilhas do inimigo de nossas almas, que tudo faz para que mergulhemos no pecado, sejamos atingidos por grandes calamidades e percamos o privilégio e a alegria da comunhão com Jesus, que nos ordenou: “Vigiai e orai, para que não entreis em tentação…”! 

Share
0
0

Tentação

“Ali esteve quarenta dias, sendo tentado por Satanás. Estava com os animais selvagens, e os anjos o serviam.” Marcos 1.13 (NVI)

Nenhum de nós está imune aos ataques de satanás e de seus demônios, mas Jesus estava. Imaginemo-nos por quarenta dias sofrendo ataques satânicos reiterados. Quem suportaria? Ninguém, por certo. Afinal somos humanos, pensamos. Mas Jesus, embora fosse Deus encarnado, era ao mesmo tempo inteiramente humano. Como Ele conseguiu suportar? Repreendendo firmemente o inimigo com a Palavra de Deus, assim frustrando a tentação do diabo para levá-Lo a pecar. Que esta atitude de Nosso Senhor seja hoje e sempre o modelo para resistirmos às tentações que nos acometem nos desertos da vida!

Share
0
0