Amor de Deus Tag

Graças por Tudo

“Então, sua mulher lhe disse: Ainda conservas a tua integridade? Amaldiçoa a Deus e morre. Mas ele lhe respondeu: Falas como qualquer doida; temos recebido o bem de Deus e não receberíamos também o mal? Em tudo isto não pecou Jó com os seus lábios.” Jó 2.9-10 (ARA)

Embora tendamos a desaprovar a mulher de Jó pela revolta expressa em suas palavras insensatas, sem pretender justificá-la talvez devêssemos compreender toda a perda que também sofreu: dez filhos, riqueza e bens, status, o companheiro de muitos anos. A resposta de Jó, no entanto, foi formidável: censurou-a, ao mesmo tempo que mostrou-lhe que nosso Criador tem o direito não só de dar-nos as bênçãos, mas também as adversidades. Que hoje como Jó – ainda que não compreendamos – em tudo demos graças, confiando de forma absoluta na sabedoria dos propósitos e no amor de nosso Deus!

Share
0
0

Perfeito Amor

“Mantenham-se no amor de Deus, enquanto esperam que a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo os leve para a vida eterna.” Judas 1.21 (NVI)

Alegremo-nos hoje com a certeza de que Deus não nos ama por sermos como somos, Ele nos ama apesar de nós e por causa de quem Ele é!  E nada poderá separa-nos do amor incondicional de Deus, como Paulo enfatiza em Romanos 8.38, pois todo o universo está sob Seu soberano controle. Ele nos amou antes da fundação do mundo, e continua fiel agora em Seu perfeito amor por nós, que somos Seus filhos. Assim, aguardemos com exultante expectação a volta de Jesus Cristo em graça, amor e poder, porque sabemos que o Seu propósito é levar-nos à vida eterna, que é a vida do próprio Deus!

Share
0
0

Jardins do Senhor

“… a sua alma será como um jardim regado, e nunca mais desfalecerão.” Jeremias 31.12 (ARA)

Sob os cuidados do Pai, nossas almas são jardins regados e tratados pelo Supremo Paisagista, e assim não há risco de se transformarem em desertos, como estariam caso estivessem debaixo de nossa própria inepta responsabilidade. Hoje, ao entregarmo-nos inteiramente em Suas perfeitas, soberanas e onipotentes mãos, podemos ter a certeza de que, como jardins do Senhor, nossas almas – cultivadas pela Sua Palavra, cercadas pela Sua graça, limpas pela Sua disciplina, guardadas pelo Seu poder e visitadas pelo Seu amor – estarão prontas para produzir muitos frutos para a Sua glória! 

Share
0
0