Mensagens

Share

ÚNICO FUNDAMENTO SEGURO

“E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será comparado a um homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia…”. Mateus 7.26 (ARA)

Assim como somente a construção que tem fundações suficientemente resistentes suporta o impacto da borrasca, unicamente se a nossa vida tiver alicerces sólidos poderá conservar-se incólume sob as provações. Atentemos hoje para aquilo que Jesus exige, se desejamos estar preparados para as lutas que enfrentaremos na vida cristã: em primeiro lugar é mister ouvi-Lo. Mas só isso não é suficiente: Ele nos diz que devemos colocar em prática o que ensina, o que significa obedecer-Lhe, porque a submissão completa a Ele é o único fundamento seguro para a nossa vida!

0
0

VALORES DO REINO DE DEUS

“Se andares perante mim como andou Davi, teu pai, com integridade de coração e com sinceridade, para fazeres segundo tudo o que te mandei e guardares os meus estatutos e os meus juízos, então, confirmarei o trono de teu reino sobre Israel para sempre (…). Porém, se vós e vossos filhos (…) vos apartardes de mim (…) então, eliminarei Israel da terra que lhe dei…”. 1 Reis 9.4-7 (ARA)

Salomão, no início de seu reinado, parecia talhado para dar continuidade à obra de seu pai Davi, seguindo a Deus com sabedoria, obediência e gratidão. Mas o poder corrompeu o rei, que gradativamente foi se afastando de Deus para se entregar às questões seculares e aos prazeres mundanos. Porém toda a grandeza humana por ele conquistada não impediu que Deus retirasse a Sua aprovação, e após a sua morte, Israel viu-se dividido e arruinado. Que isso hoje nos sirva de lição, e estejamos atentos para que nosso sucesso no mundo jamais se sobreponha à prioridade que devem ter em nossa vida os valores do Reino de Deus!

0
0

A APROVAÇÃO DE DEUS

“Por acaso eu procuro a aprovação das pessoas? Não! O que eu quero é a aprovação de Deus. Será que agora estou querendo agradar as pessoas? Se estivesse, eu não seria servo de Cristo”. Gálatas 1.10 (NTLH)

Paulo, por tudo o que fez e sofreu a serviço de Jesus, sempre demonstrou ser um dedicado escravo do Senhor, não importava o que as pessoas pensassem ou dissessem. Ele nos ensina que não é possível ser um servo fiel de Cristo e agradar a todo mundo, o que no entanto não significa sermos agressivos ou descortêses, mas sim que, com firme convicção devemos obedecer ao Senhor, mesmo que sob condenação humana. Por isso oremos hoje para que Deus nos dê coragem para sempre cumprir a Sua vontade, ecoando  Pedro em Atos 5.29 (NTLH): “Nós devemos obedecer a Deus e não às pessoas”.

0
0