Mensagens

Share

Ouvindo a Voz de Deus

”A seguir, foi Jesus levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo”. Mateus 4.1 (ARA)

Jesus repeliu veementemente cada uma das tentações a que foi submetido por satanás, sem discutir, somente citando as Escrituras. O plano do diabo era induzir Jesus a pecar, assim frustrando o propósito divino de redenção do homem ao desqualificar o Salvador. Vivemos dias em que o mundo parece cada vez estar mais nas mãos do maligno e somos tentados de diversas formas, mas Deus continua nos falando por meio da Sua Palavra. A quem ouviremos? Somente portando “… o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus…” (Efésios 6.17, ARA), permitiremos que a voz de Deus sufoque a do diabo!

0
0

Então tiraram a pedra. Jesus olhou para cima e disse: ‘Pai, eu te agradeço porque me ouviste. Eu sabia que sempre me ouves, mas disse isso por causa do povo que está aqui, para que creia que tu me enviaste’”.  João 11.41-42 ((NVI)

Jesus amava Seus amigos Lázaro, Maria e Marta. Mas quando soube que Lázaro havia adoecido, inexplicavelmente não atendeu de pronto ao chamado das irmãs. Chegando finalmente junto a elas, com Lázaro já morto havia quatro dias, pediu que o túmulo fosse aberto, e fez uma prece de gratidão pelo momento em que o Pai seria glorificado pelo milagre da ressurreição. Que hoje – assim como Jesus – tudo o que façamos vise exclusivamente a glória de Deus, com a maravilhosa certeza de que Deus ouve também as nossas orações, porque somos filhos no Filho, co-herdeiros com Cristo e Ele nos ama!

0
0

Influência Transformadora

“… andai no Espírito e jamais satisfareis à concupiscência da carne. Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque são opostos entre si…”. Gálatas 5.16-17 (ARA)

Andar no Espírito significa transitar pela vida por caminhos em que Ele detenha o controle de nossas ações e reações e dirija a nossa vontade – sem envolver nenhuma experiência mística que anule a nossa personalidade – porém ajudando-nos a manter uma conduta baseada na obediência à Palavra. Assim sendo, hoje e a cada dia que virá, pautemos nossa caminhada por cuidados em não ceder à nossa inclinação pecaminosa inata, a carne, conscientes de que se o fizermos, jamais conseguiremos agradar a Deus, o que só será possível se nos rendermos à influência transformadora do Seu Espírito!

0
0