Mensagens

Share

CÉLERE E INEXORÁVEL

“Por que razão despreza o ímpio a Deus, dizendo no seu íntimo que Deus não se importa?”. Salmos 10.13 (ARA)

O incrédulo está convencido de que pode pecar impunemente, e que Deus, se é que realmente existe – pensa ele – “não me vê, por isso não serei castigado”. Por desconhecer a Sua Palavra, não sabe que “Se o justo é punido na terra, quanto mais o perverso e o pecador!”, como ensina Provérbios 11.31. Trágico engano cometem! Que nesse dia sejamos guiados por Deus para levar a Verdade àquele que desconhece que o Senhor é justo, dessa forma não permite que a iniquidade triunfe, e tem provado que Se importa, sim, com o mal produzido pelo homem ímpio, cujo tempo para o arrependimento se escoa célere e inexorável!

0
0

INTERCESSÃO DIÁRIA

“Orei ao Senhor, ao meu Deus, e confessei: ‘Ó Senhor, Deus grande e temível, que mantém a sua aliança de amor com todos aqueles que o amam e obedecem aos seus mandamentos, nós temos pecado e somos culpados. Temos sido ímpios e rebeldes, e nos afastamos dos teus mandamentos e das tuas leis’”. Daniel 9.4-5 (NVI)

Se amamos ao nosso próximo devemos interceder por ele, pois essa é uma forma de manifestar solidariedade e ter comunhão em espírito com outrem, além de mais intimidade com Deus. Daniel através da oração intercedeu por seu povo, e nós também todos os dias devemos interceder, em nome de Jesus, pela humanidade tão caída, por nosso país tão coberto pelas trevas do mal, por nossa cidade tão pejada de miséria moral e física, por nosso bairro, onde pessoas vivem tão apartadas umas das outras, por nosso condomínio onde vizinhos se detestam, e por nossos familiares por vezes afastados do Senhor.

0
0

DA MORTE À VIDA

“Quando vocês estavam mortos em pecados e na incircuncisão da sua carne, Deus os vivificou juntamente com Cristo. Ele nos perdoou todas as transgressões…”. Colossenses 2.13 (NVI)

Nosso Salvador Jesus Cristo fez por nós tudo o que era necessário que fosse feito, e não temos necessidade de outros intermediários para obtermos salvação. Que em nossa gratidão a Ele – que jamais poderá ser grande o bastante – recordemos hoje de nossa triste condição antes de O termos conhecido: estávamos completamente derrotados pelo pecado, mortos e impotentes para enfrentar a terrível condenação que pesava sobre nós. Mas o Senhor, por Sua maravilhosa graça, concedeu-nos nova vida nEle, regenerando-nos para que, ao invés da morte espiritual, fôssemos galardoados com a vida eterna!

0
0