Comunhão com Deus Tag

COMUNHÃO COM DEUS

“Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada?”.  Romanos 8.35 (NVI)

Se a nossa fé está verdadeiramente depositada no Cristo que morreu, ressuscitou e vive para sempre, nada pode haver neste ou em qualquer outro mundo, nem hoje nem em qualquer outro dia, que nos separe dEle! E na nossa comunhão com Deus, através da fé em Cristo Jesus, reside a nossa fortaleza no dia da aflição, portanto empreguemos os instrumentos que por Sua graça nos concedeu para permanecermos junto a Ele: a oração, a leitura e o estudo da Sua Palavra, e o louvor e a adoração na congregação dos santos. Só dessa forma conseguiremos ser sustentados quando passarmos pelas provações inevitáveis da vida.

Share
0
0

A Cidade Celestial

“Vi também a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, ataviada como noiva adornada para o seu esposo.” Apocalipse 21.2 (ARA)

Da mesma forma como Deus – na pessoa de Seu Filho – desceu para viver entre nós, a Nova Jerusalém, a cidade celestial, perfeita e ideal, será o lugar que Cristo está preparando para o Seu povo, a nossa morada eterna, que igualmente descerá até nós. E assim como os profetas viram e anunciaram uma nova e perfeita cidade para os santos habitarem em completa comunhão com Deus depois de um período de sofrimento, hoje temos esta promessa preciosa de que a bem-aventurança sem fim nos espera, segura, aprazível, no Dia Final, passado o tempo da nossa árdua peregrinação terreal!

Share
0
0

Doce e Suave Fulgor

“… andemos na luz do Senhor!” Isaias 2.5 (NVI)

Deus nos ama, por isso quer que andemos na Sua luz, e assim sejamos alcançados por Suas bênçãos e por Sua graça, ainda que isto signifique estar contra a corrente trevosa da pós-modernidade vigente no mundo. Não permitamos hoje que pessoas que vivem na escuridão de suas mentes deturpadas – e que por isso se encaminham para a morte não só do corpo mas principalmente da alma, em completa separação de Deus –  tentem nos afastar do incomparável, doce e suave fulgor da Sua luz bendita, indescritível, deslumbrante, que nos conduz  para a maravilhosa vida em comunhão eterna com Ele!

Share
0
0