Relacionamentos Amorosos

Clique aqui para fazer uma pergunta sobre Relacionamentos Amorosos

Share

903 respostas a Relacionamentos Amorosos

  1. Welza disse:

    Pastor, tenho uma pergunta de interesse particular: em Mateus 19.9 diz que quem repudiar a mulher, exceto por causa de relações sexuais ilicitas e casar com outra, comete adultério e o que casar com a repudiada também comete adultério. Em Lucas 16.18 temos a mesma idéia, em Marcos 10.11 diz mais ou menos a mesma coisa. Ok, pode me dizer o que realmente o texto quer dizer? Nos originais é mesmo isso que está escrito? Perguntando de uma forma mais prática: se eu me casar com um pessoa divorciada, cometo adultério?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Welza,
      À luz da Palavra de Deus, divórcio e novo casamento, são permissões de Deus aos homens, em razão da “dureza de coração” por parte dos cônjuges. O projeto perfeito do Senhor para nós é a união do homem e sua mulher, de tal sorte que os dois se tornam “uma só carne” (Gênesis 2.24). A separação desta “única” carne não figura dentro do projeto original o Senhor Mas o nosso Deus é compassivo, conhece a nossa precariedade e dureza do coração, e por isso, não nos nega uma nova oportunidade para reconstruir a felicidade conjugal. Infelizmente, há pessoas que banalizam esta oportunidade, tornando a incorrer na dureza de coração. Assim, é possível a um divorciado casar-se novamente.
      Outro aspecto a ser salientado é a ênfase de Cristo a respeito da possibilidade de uma pessoa crente tomar a iniciativa do divórcio, que seria em função de “relações sexuais ilícitas”, que se configura em traição conjugal, em outras palavras, adultério. No entanto, mesmo tendo sido vítima de adultério, a pessoa crente deve trabalhar o perdão e a restauração do matrimônio, que sempre é o melhor caminho.
      Em Cristo,

  2. Naiara Sofia disse:

    Boa Noite Pastor,
    Há um tempo venho buscado a resposta para minha pergunta mas nunca consigo encontrar, gostaria saber se pode me ajudar:
    Pastor, considerando um relacionamento entre marido e mulher, com amor verdadeiro e ambos seguindo a palavra de Deus… o amor entre eles existirá no Paraíso? Mesmo que não haja o desejo sexual, mas apenas aquele amor bonito descrito na bíblia… vai continuar na nossa vida eterna? Tem algum trecho na bíblia que fale sobre isso ou ao menos dê a entender que o amor verdadeiro entre um casal permanecerá?
    Busquei respostas na bíblia, mas fiquei confusa por não conseguir interpretar direito… em RM 7:2 fala que o casal estará livre um do outro *pela lei* depois da morte (eu não me casaria com nenhum outro rapaz caso meu marido viesse a falecer), mas e outro trecho na bíblia também diz que o amor é forte como a morte (em coríntios 13)… então eu gostaria muito saber disso, se o amor conjugal verdadeiro permanecerá na vida eterna?
    Obrigado desde já pastor! A PAZ DO SENHOR!!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Naiara,
      Acerca da questão apresentada, a Bíblia não traz maiores detalhes. Em Mateus 22.28, lemos que os salvos “na ressurreição, nem casam, nem se dão em casamento”. Por outro lado, o amor, que é eterno (I Coríntios 13.13), permeará nossas relações. Assim, entendo que, o amor normatizará nossos contatos na eternidade, seja com conhecidos no presente, ou não, entre os quais se inclui o cônjuge, porém, não mais em uma relação conjugal.
      Em Cristo,

  3. Régis disse:

    meu problema e o seguinte namoro e tenho relaçoes com minha namorada ja fui batizado e tambem com espirito santo mas quando vou a igreja sinto uma grande envolvimento do espirito santo na minha vida tanto que as vezes falo em liguas , mas me sinto mal com tal situação . porque isso acontece comigo.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Regis,
      Deus nos fez seres sexuados, a fim de vivermos a plenitude da nossa sexualidade debaixo do matrimônio. “Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula; porque Deus julgará os adúlteros e impuros” (Hebreus 13.4). Relações pré-matrimoniais ou extra-conjugais não têm a bênção de Deus e não encontram amparo nas Escrituras Sagradas.
      Quanto à questão da glossolalia (o falar línguas), realmente, o seu comportamento não se acha em sintonia com a espiritualidade que você almeja.

  4. Ethel disse:

    Querido pastor,
    Gostaria que complementasse a resposta dada à Welza. Quando Jesus diz “Eu, porém, vos digo…” , não estaria ele alterando (ou aperfeiçoando) a lei de Moisés com um novo mandamento ? Qual a utilidade de ele fazer essas restrições se não for para serem cumpridas ?
    Não estou questionando a sua resposta, mas para mim também é importante ter certeza deste assunto por razões pessoais (fui casada com um homem “repudiado” , do qual sou viúva, e estou namorando outro que também foi abandonado (ao que consta, em nenhum caso o motivo foi adultério de nenhuma das partes). Grata!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Ethel,
      O divorcio é uma permissão divina. Deus nos fez para nos unirmos a alguém e pronto. O reparo que Jesus faz não é na Lei de Moisés,
      mas na sua interpretação equivocada pelos fariseus. Moisés não mandou dar carta de divórcio. O divórcio é uma realidade em razão da
      “dureza de coração” dos homens. Daí a permissão de Deus, com o propósito de podermos consertar as coisas num novo casamento, que não
      deve ser vulgarizado. De fato, o novo casamento é uma grande oportunidade, imperdível. Mas o primeiro também é. Melhor aproveitá-lo
      bem. Mas se a dureza de coração prevalecer, e o divórcio se tornar inevitável, então um novo matrimônio é possível.
      Deus te abençoe.

  5. André disse:

    paz.boa noite pastor vc pode me ajuda to passando por um momento eu minha namorada antes de se batizar nos tinha relaçao sexual depois q se batizamos nos paremos e ela falo que vamos so depois que nos casar mas nos ja se entregamos a um a outro ja formamos uma só carne nos perdemos a virgindade juntos ja faz 1 ano e poco que tamos juntos ela sempre foi da igreja e eu faz uma ano q to na igreja nos tamos construindo para nos casar ela fala que se entrgo para mim pq ela me ama e quer fica comigo pelo resto da vida e eu digo ah mesma coisa nos podemos ter relaçao sexual ou nao ? me ajuda ?obrigado

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado André,
      A Bíblia registra com carinho esta afirmação: “Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula; porque Deus julgará os impuros e adúlteros” (Hebreus 13.4). As relações sexuais fora do casamento não são puras. Namorados não são marido e mulher. O fato de vocês terem tido relações sexuais antes de conheceram a Cristo não lhes dá uma senha para continuarem tendo agora, antes do casamento. A expressão “uma só carne” não se refere simplesmente ao ato sexual, mas à totalidade da união, que inclui um projeto de vida a dois.
      Portanto, sua namorada tem razão.

  6. Nayane Michelly disse:

    gosto de um varão da minha igreja,como faço pra saber se é da permissão de Deus?
    Deus abençoe…

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Nayane,
      Ore a respeito e peça sinais claros de Deus a respeito, tais como, ter oportunidade de conhecer melhor a pessoa de quem você está gostando, conversar com ele, trocar impressões a respeito de temas capitais. No mais, você precisa dar tempo ao tempo.

  7. Mara disse:

    Gostaria de saber se um casal quando ambos sao impios e cometem adulterio e em decorrencia dos fatos veem a se divorciar e um dos conjuges aceita Jesus e começa uma nova vida esta pessoa podera se casar novamente?Ou estara presa ao passado ate que seu ex-marido venha a falecer?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Mara,
      O novo casamento é uma possibilidade, sim. A vontade perfeita de Deus é que nos unamos a alguém e assim vivamos juntos sempre. No entanto, o Senhor reconhece a dureza do nosso coração, a qual desemboca em divórcio (Mateus 19.3-12). O novo casamento é uma oportunidade para reconstituir a felicidade conjugal. A nova criatura tem uma chance imperdível de refazer uma caminhada, agora, em novas bases.

  8. Sara Antunes disse:

    Prezado Rev. Juarez:
    Tenho dois filhos que vivem em pecado com suas namoradas. Será que eles terão perdão? E a minha oração de intercessão por eles pode ser de ajuda para sua salvação?
    Obrigada.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Sara,
      Sempre há perdão de Deus para o coração arrependido. O arrependimento é virtude, e abre caminho, não só para o perdão, como para a transformação.

  9. Gilda disse:

    Bom dia pastor.
    Sou casada na igreja catolica há um ano. Meu companheiro é muito bondoso e carinhoso comigo.
    Entretanto reencontrei um grande amor do passado…haviamos perdido contato e achando que já havia superado esse sentimento me casei..essa pessoa hoje é batizada e conhece a Jesus e me aconselhou que buscasse o mesmo..estou estudando a biblia e congregando em uma igreja evangelica.
    Se hoje eu deixar meu casamento e me converter para casar com esta pessoa prevalece as escrituras Mateus 19:6 serei eu adultera..levarei ele e meu marido para este caminho.
    Por favor preciso de luz…nao quero fazer as coisas erradas…nao quero machucar pessoas boas.
    Obrigada.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Gilda,
      A aliança conjugal que você tem é com o seu esposo, não importa se ele é crente ou não. Ore pela conversão de seu marido; leia I Pedro 3.1; saiba que o seu bom testemunho há de infuenciar decisivamente seu esposo a tomar uma posição ao lado de Cristo. E, por favor, atente bem: amor do passado, é passado!

  10. Juliana disse:

    Pastor éu sou convertida um ano e pouco e namoro a um ano e 3 meses antes de éu começar a namorar éu e ele ficamos orando um mês até deus responder e agr queremos noivar e casar e não temos condições pra isso óq devemos fazer

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Juliana,
      Graça e Paz,
      A formação de um lar é algo tremendamente marcante. Não devemos, portanto, nem esticar demais, nem precipitar. Estabeleça uma meta mínima para que vocês possam casar: emprego fixo, condições para alugar um imóvel, viver modesta e sensatamente. O período do namoro e do noivado é um tempo para compartilhar também o projeto de vida a dois, a fim de que vocês caminhem na mesma direção. Caso contrário, é bom rever o projeto, ou o próprio namoro.

  11. Ana disse:

    Bom Dia Pastor estou angustiada e preciso de uma palavra de fé pastor sempre pedi a Deus uma pessoa que me completasse e essa pessoa apareceu creio que essa seja a pessoa certa pq eu sempre pedi ao senhor e de um dia para o outro Deus colocou ele de volta no meu caminho ja nos conheciamos ja tinhamos ‘fikado” mais eu era muito nova e imatura e agora ele reapareceu na minha vida nós somos evangélicos mais ele esta meio “desviado”, agora e não consigo fazar com que ele entenda que o caminho do senhor é o melhor para a sua vida gosto muito dele e não gostaria de perder ele de novo, a gnte vem tendo alguns carinhos um pouco a mais fortes mais nunca tivemos a relação sexual um com o outro sei que não é certo me ajude estou muito angustiada com essa relação o que faço pastor me ajude que Deus te abençõe

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada consulente, o relacionamento afetivo com a pessoa do outro sexo é natural e desejável. Para tal, Deus nos brindou com o casamento, e para chegar até ele, um tempo de namoro. Quando o namoro vai além da medida, ele frustra a expectativa do casamento. Mantenha-se firme no propósito de não ter relação sexual antes do casamento. E cuidado com o excesso de carinhos ou carícias, que podem desembocar no ato em si. Se, por outro lado, seu namorado pensa diferente, com certeza não foi Deus quem o colocou no seu caminho.

  12. Daisi Vilas Boas disse:

    Gostaria de saber como lidar com a situação, quando o marido tem verdadeira adoração pela mãe a ponto disso afetar nosso relacionamento. pois é clara a diferença que ele faz, eu me sinto desprezada!!!!!!!! por favor me ajude.

    • Rev. Juarez disse:

      Respeitar os pais é mandamento divino. No entanto, amar o cônjuge também. Como cumprir cabalmente ambos exige maturidade e sabedoria. É preciso expor o tema com absoluta clareza ao seu cônjuge.

  13. Mary disse:

    PASTOR POR FAVOR ME RESPONDA.. EU SOU EVANGELICA MAS MORO JUNTO COM MEU NAMORADO (NÃO SOU CASADA)ELE ERA DA IGREJA MAS SE AFASTOU POR DECEPÇÃO. EU TENHO CERTEZA QUE ELE É UM ESCOLHIDO DE DEUS POIS JÁ TIVEMOS VARIAS EXPERIENCIAS COM DEUS FALANDO COM ELE ATRAVES DA BIBLIA, SINTO Q DEUS ME COLOCOU NA VIDA DELE PARA RESGATA-LO PRA JESUS. E APESAR DE NÃO SERMOS CASADOS E VIVENDO EM PECADO A PRESENÇA DE DEUS SE FAZ REAL. MAS A GENTE JÁ NÃO ESTÁ SE DANDO TÃO BEM.. ELE QSE NÃO ME PROCURA PARA O SEXO, NÃO ENTENDO O PORQUE POIS SOU BONITA, JOVEM TENHO 25 ANOS E ME CUIDO MUITO. SEMPRE ESTOU LINDA E CHEIROSA PRA ELE.. OUTRA EU SEI QUE ELE NÃO TEM
    POIS SE TIVESSE JÁ TERIA DESCOBERTO POIS SOU MUITO ATENCIOSA E CONHEÇO MUITO BEM ELE. EU SINTO Q ELE ME AMA. SÓ TENHO DUVIDAS QUE ELE SEJA BISSEXUAL POIS JÁ O PEGUEI OLHANDO PARA OUTROS HOMENS.. QUERO ME SEPARAR DELE MAS A MINHA CONDIÇÃO FINANCEIRA NÃO DEIXA.. NÃO TENHO CONDIÇÃO DE SER INDEPENDENTE É ISSO Q ESTÁ ME PRENDENDO A ELE. ME SINTO TÃO CARENTE TENHO VONTADE DE FICAR COM OUTROS CARAS… NÃO SEI SE ISSO É ADULTERIO POIS NÃO ETAMOS CASADOS.. PASTOR ME DE UMA PALAVRA ME AJUDE O QUE DEVO FAZER?

    • Rev. Juarez disse:

      Você não se acha civilmente casada, mas tem uma vivência marital. Há três opções, pela ordem: 1) Antes de tudo, regularizar sua vida conjugal, casar-se civilmente e buscar uma vida harmônica em família; com certeza, Deus irá abençoar a você e seu marido. 2) Caso ele demonstre comportamento impróprio, como o referido por você, tornar-se-á impossível a convivência de vocês, e você terá todo o direito de afastar-se dele. 3) Ficando nesta condição, então, sim, você poderá constituir uma nova família, e desta feita, em uma situação melhor. Por fim, recomendo definitivamente que você não “saia” com outros; decididamente, Deus não abençoa tal comportamento. Em Cristo.

  14. Adélia da Paz disse:

    Por favor orem por mim e por Josias Oliveira, somos noivos e com casamento marcado para 01/05/2012. Agora ele quer desistir mas em nome de Jesus isto vai mudar. Eu creio num milagre de Deus em nome de Jesus Amém!

    • Rev. Juarez disse:

      Conte com as nossas orações. Lembre-se do Salmo 37.5: “Entrega o teu caminho ao Senhor, confira nele e o mais, ele fará”. Deus te abençoe.

  15. Jaqueline disse:

    Pastor, fui criada no evangelho e na adolescência conheci um rapaz…ganhei-o p jesus e começou nossa trajetória na obra de Deus, buscando a Deus. Nos Batizamos juntos e éramos muito felizes. Construímos nossa casa e quando eu tinha 21 anos e ele 27 nos casamos (1998). Logo depois de casados, entrei para a faculdade e 1 ano depois conheci uma pessoa, um homem já casado há 15 anos e 19 anos mais velho que eu. Nos envolvemos, meu marido tentou salvar essa relação, mas eu já estava cega e envolvida. Não tive maturidade e nem visão espiritual. Me separei do meu marido, ficamos casados apenas 2 anos. Em 2002, da relação com esse homem nasceu minha filha, que hoje tem 9 anos. Em 2004 meu ex marido pediu o divórcio e casou-se novamente apenas no civil com uma mulher também bem mais velha que ele, mas até hoje eles não têm filhos. Depois de 2004 na audiência, voltamos a nos falar e a nos corresponder por e-mail. Ele sempre me dá os parabéns no dia do meu niver, no dia internacional da mulher e também no Natal. Eu nunca quis me casar novamente com esse professor e pai da minha filha, não sei porque, mas quando alguém tocava nesse assunto, eu sentia uma certa repudia.
    10 anos depois, voltei para o Senhor, eu estava pedindo um local ao Senhor onde eu pudesse congregar e tive um sonho onde eu estava cantando dentro da igreja que casei-me com meu ex. Estive lá e agora estou começando a frequentar lá.
    Não estou feliz com essa pessoa, sinto vontade de continuar minha vida, meu ministerio na obra, mas sozinha, sem ele. Não sei explicar, mas acabou, tudo acabou. Não sinto mais atração por ele, não quero que ele vá ao culto comigo, sempre vou sozinha, é como se ele me atrapalhasse.Ele é um homem bom, mas a cada dia que passa me distancio mais como mulher.. Olho para ele e vejo-o apenas como um amigo.
    Um pessoa que nunca vi na vida, me encontrou e disse que Deus mostrava a ela que o relógio da minha vida estava atrasado e que Deus quer adiantar esse relógio..que está parado desde lá de trás, que eu conheci alguém que eu deveria ganhar para Jesus, mas apenas isso, mas que por rebeldia e falta de visão acabei me envolvendo resultando um fruto, mas que essa não era a vontade de Deus para a minha vida. Ela disse: Olha como vocês estão como irmãos! Eu realmente fiquei muito tocada e impressionada e tive plena certeza que aquilo era de DEUS.
    Pastor, tenho sonhado quase todas as noites com meu ex-marido, juro que não penso nele durante o dia, pois nem tenho tempo pra isso..mas isso está me incomodando. Estou confusa sobre a vontade de Deus para minha vida daqui para frente. Ele hoje é um homem casado, mas acho que eu ainda o amo… cada dia isso está mais forte no meu coração. Estou orando..me revestindo com a armadura e buscando primeiro a Deus, mas preciso decidir minha vida atual.
    Por favor…o que faço!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Jaqueline,
      Infelizmente, tomamos decisões precipitadas em nossas vidas, das quais nos arrependemos depois. O arrependimento é bom. E voltar do ponto em que erramos para acertar, desta feita, é muito bom. No entanto, observe: seu ex-marido acha-se casado com outra pessoa; mesmo que você não seja casada oficialmente, você tem uma família com outra pessoa, inclusive uma filha.
      O reiterado sonho que você tem tido, no qual, você se vê casada com seu ex-marido é muito belo, mas diria que, no presente, ele tem a ver com o seu profundo desejo de voltar ao ponto em que as coisas tomaram outro rumo, e, não como um sinal divino.
      O respeito com que seu ex-marido a trata é próprio de um cavalheiro; mas se o gesto dele pretende algo a mais, fico triste em razão da sua atual esposa. Coloque-se no lugar dela. Com certeza, você não gostaria de vê-lo galanteando sua ex-esposa.
      Continue orando, pedindo ao Senhor que ilumine o seu caminho. Mas não se precipite, pois há mais gente envolvida do que somente você e seu ex-marido. A aliança que vocês firmaram no passado se encerrou; presentemente, a sua aliança é com outra pessoa, como, também, é o caso dele. O fato de vocês já terem sido casados, não lhes confere alguma preferência, em detrimento dos seus cônjuges atuais.
      Deus lhe dê graça abundante.
      Em Cristo,

  16. Priscila Rosa disse:

    A paz Pastor, vai ser um pouco longo, o e-mail, mas é para o Pastor entender ou pelo menos tentar entender. Tenho uma pergunta complicada… ao meu ver. Tenho 29 anos. Venho de uma familia desistrururada, meu se separou da minha mãe eu ainda era nova. Enfim aconteceram aquelas coisa que o Pastor sabe… engravidei a primeira vez com 15 anos mas perdi o bebê. Depois com 18 perdi também e aos 20 tive meu filho Jean Carlos. Sofri muito com o pai dele era muito apaixonada ou amava não sei explicar. Mas não cheguei a me casar, morava com minha mãe quando tive o Jean.
    Engravidei do Jean em um presidio, pois o pai dele foi preso quando ainda eu estava gravida do primeiro filho que perdi dele com 18 anos de idade. Olha pastor sofri muito com ele e por ele. Ele me traíu várias, muitas e muitas vezes. E uma dessas foi quando ele fugiu da cadeia onde estava e foi para uma favela em São Bernardo do Campo- SP.
    Sou de interior de SP e nunca tinha entrado ou se quer pisado numa favela antes mas mesmo assim descobri onde ele estava e fui atrás dele. Chegando lá, fui motivo de chacota e risos pelas costas, mas notei e fui logo colocando as pessoas na parede. Pois queria saber o porque e o que estava acontecendo. Me falaram que ele tinha outra naquele lugar. E eu Pastor, fui lá e falei com ela. Mas não adiantou. Eu deixei um pouco pra lá, e fui dar o troco beijando outro. Eu mesma Pastor falei pra ele. Ele foi lá buscou o rapaz, confirmou se era verdade e saiu. Nesse meio tempo senti vontade de sair de lá e me refugiar em algum lugar, me bateu uma angústia enorme. Dei banho no meu pequeno, e sai rumo a casa de umas “colegas”(esposas de presos envolvidos com façções bem criminosas)que consegui no tempo que estava lá. mas quando consegui sair de dentro da favela pois as “colegas” moravam na favela vizinha. Advinha quem eu encontro? Ele mesmo o pai do Jean, tomou o menino do meu braço e subimos novamente. Ele me disse que só ia conversar comigo, deixei o bebê lá em baixo peguei uma faquinha de serra e subi na laje conversar com ele. Pastor ele me bateu tanto, mas tanto… ele disse coisas que quando eu penso hoje meu coração gela. E eu Pastor não, não taquei a faca nele, nem se quer um arranhão. Eu jamais machuacaria o homem que eu amava. Ele bateu tanto na minha cabeça, ele dava soco como dava em homem. Eu comecei a gritar, eu gritava “para de me bater, para de me bater”. Até que subiram e tiraram ele. Eu me recompus e jurei que ia acabar com a garota que ele estava. Consegui bater nela Pastor. E pior na frente da mãe dela, com as “colegas” segurando uma faca no pescoço dela e falando para ela olhar a filha dela apanhar. Foi ai Pastor que percebi que as coisas estavam saindo fora de controle.
    Voltei para minha casa depois de quase 3 semanas de sofrimento, voltei bem magra, mas não de passar fome, mas sim de sofrimento.
    Estava decidida a recomeçar minha vida, mas advinha quem veio atras de mim?
    Ele veio e disse que estava com medo de me perder. Eu fiquei tão feliz. Pastor, meu amor tinha voltado pra mim! Passado alguns dias, parou um carro de investigador vizinho da minha casa para entregar uma intimação, e ele achou que ia pegar ele. Então ele decidiu ir embora. Perguntei se ele iria voltar com ela. Ele me disse que sim, e falei que não tinha mas nada entre a gente, ele me disse que não, mas nada. Meu grande amor foi mas uma vez embora… Nesse dia eu disse : “DEUS o SENHOR acabou co a minha vida”
    Eu recomecei minha vida. Bebia, bebia e bebia… Saia, roubava para me manter, me prostituia ficando com um e com outro. Até que um dia eu ia sair com uma amiga e com seu namorado mas ele trouxe um amigo e saimos se divertir naquela noite. Era só uma noite, não gostei dele não fazia meu tipo. Ele veio uma segunda vez com o namorado da minha amiga, mas não quis ficar com ele nessa ocasião, pois eu sai para beber e muito. Mas no decorrer da noite me peguei pensando nela. Ele disse que nunca mais voltaria, mas pedi para o namorado da minha amiga trazer ele pois queria ficar com ele de novo.
    Na verdade pastor eu tinha um plano, ficar com ele pra ele me bancar e nada mais. Ele tinha carro e cartões de credito… era uma boa investida.
    Comecei a me relacionar com ele, Pastor pensa num homem que me fazia rir muito… Era muito divertido estar com ele. Melhor do que BEBERRR. Recebi uma ligação em casa, quem era? quem era? O pai do Jean o proprio, me ligou de dentro da cadeia, pegaram ele lá em São Bernardo e a garota pela qual ele me trocou, não foi visita-lo. Ele já tinha colocado meu nome no rol de visitas para eu ir visita-lo. Fiquei tão feliz pois finalmente ele precisava de mim de novo. Ele estava preso, sozinho sem ninguém. E eu fui…(namorando com outro, mesmo assim eu fui…)
    Como muitas, e muitas outras vezes quando estavamos juntos dormi na frente da penitenciária, passei frio, fome etc… Mas fui, fui pra dizer que era a ultima vez, fui pra dizer que ele não podia mais contar comigo, fui pra dizer que eu iria conseguir viver sem ele. Fiquei com ele aquela ultima vez, ele achou que tinha tudo sobre controle, perguntou se eu voltaria visitar ele e eu disse que não, nunca mais. Ele não acreditou mas eu cumpri o que eu disse. Não fui mais vê-lo. “Nunca mais”. Falavamos por telefone, afinal tenho um filho dele, mas eu gostava de ver ele sofrer pois eu sofri e muito. Esse sentimento era momentaneo pois só de imaginar ele sofrendo. Eu sofria junto.
    Eu e o meu namorado estavamos indo muito bem. Gostava de estar com ele. Mas mesmo assim quando ele não estava, eu saia para a balada. Me “divertir”.
    Minha mãe quando bebe bebida alcolica ela fica agressiva e eu não aguenta mais isso. Sempre as mesmas coisas. sempre as mesmas ofensas. Fui embora de casa morar com minha tia em outro bairro. Ai a coisa “melhorou”, ela tinha um bar que tinha bebida e na maioria das vezes bebiamos até amanhecer. Para “melhorar mais ainda” ela resolveu vender droga ( cocaína). E eu experimentei e eu gostei. Eram noites bebendo e usando. Amor, a saudade, a raiva, a magoa a desilusão eu descontava tudo fazendo isso. O pai do meu filho conseguia me destruir mesmo estando longe. Não o meu namorado não usava, não sabia que eu usava e largaria de mim se soubesse. Eu passava essas noitadas assim, mas eu me deprimia tanto. Só chorava eu não queria estar ali, eu queria uma saida. quando eu estava de boa, ia dormir na casa do meu namorado e ficava dias lá em paz… e foi em um desses dias que eu fui fazer visita na igreja da minha cunhada. Gostei mais ou menos, me sentia mal naquele lugar de gente certinha. Me bateu a fissura voltei para casa da minha tia, afinal me sentia mal de estar na casa da minha sogra dormindo e comendo. Chato né. Me toquei e fui embora.
    Noitada com droga e bebida e angustia e depressão. Minha tia estava muito conhecida e isso não era legal, dei um toque pra ele parar de vender droga pois isso era tudo ilusão. Já não me sentia bem de ficar ali, queria sair. Fui para casa da minha sogra de novo.
    E sim fui visitar a igreja mais uma vez. A segunda impressão foi a mesma da primeira.
    Depois de dias me toquei que estava demais na casa do meu namorado e voltei para minha casa de novo (casa da minha tia). Droga, saudade,bebida, desilusão, depressão, amor. Mais de 2 anos se passaram e eu ainda não havia esquecido o pai do meu filho.
    Fui num aniversário na casa da minha mãe, com meu namorado. E lá recebi a noticia que minha tia tinha sido presa em fragante com papelotes de droga. Foi um choque, mas passou. E eu continuava naquela casa. Não vendia, mas ainda usava droga.
    Encostei meu namorado na parede e disse que ele teria que amigar comigo. Pois não dava mais e já tinhamos 3 anos de namoro. Eu não tinha nada a perder, não conseguia amar mais ninguém. Ele era bom, trabalhador, honesto seria facil viver com ele. Juntamos os trapos, amigamos. As vezes eu dava uma escapadinha e ia para casa da minha tia. Dizia que ia cuidar dá casa e dormia lá para beber e usar droga.
    Comecei a freguentar a igreja com mais frequencia, e foi em um desses dias que as irmãs do circulo de oração louvaram a DEUS com o hino ” Diário de um vencedor” da Damares. Pastor esse louvor arrebentou comigo. Parecia que ele estava sendo cantado pra mim. Eu senti Pastor. E eu mudei Pastor. O Senhor teve misericórdia de mim!!!
    Comecei a frequentar mais e mais, e a saudade do pai do meu filho continuava. Quase 4 anos. Amigada com um homem amando outro. Como eu pude fazer isso. Mas não podia largar. Largar dele seria voltar para a mesma vida de antes. Prefiro ficar assim.
    Eu senti desejo de participar das coisas da igreja. Queria cantar com as irmãs do circulo de oração, Senti o que elas sentiam, falar em linguas estranhas, que lindo eu precisava muito disso, pois fiquei encantada . Mas pra isso precisava me casar. E agora? Como vou me casar com um homem que eu não amo. Já estou a tanto tempo e o máximo que consegui foi admira-lo por ser muito bom e gostar dele. Mas o amor vem com,o tempo né?!!! Quer saber, vou casar sim.
    Casei, pensando no pai do meu filho. Fazia 4 anos e eu ainda chorava por ele. Minha vontade era fugir. Mas eu não podia dizer não, pois eu podia não ama-lo mas meu namorado me amava muito e eu não podia magoa-lo. Me batizei nas aguás DEUS me abençoou, ele agiu em minha vida de forma linda. Não tem como explicar o milagre que DEUS fez em minha vida. Outrora não dormia, quando dormia tinha um sono agitado e nem parecia que havia dormido a noite. Hoje deito e durmo em paz. Meu nome era sujo, DEUS me honrou e deu condições de eu limpar meu nome. Tenho minha casa propria, meu carro.
    Tenho 4 anos de ministerio, , lavada e remida no sangue de Jesus. Respeito meu Pastor com sinceridade e obediencia, pois ele é o lider que DEUS pôs em meu caminho, Louvo o nome do SENHOR ,sou dizimista fiel, sou 3º regente das irmãs, 2° secretaria do circulo de oração e 2º secretaria da obra social da igreja cargos que amo pois foi DEUS que me deu. Para honra e Glória do SENHOR!!!! Dou testemunho bom na rua e no meio dos meus, para eles ver o que DEUS fez na minha vida e que quando servimos tem que ser em Espirito e em verdade, pois DEUS não é brincadeira.
    Mas pastor não amo meu marido. E a situação esta ficando insuportavel. Já, ja pedi pra DEUS colocar amor no meu coração, mas até agora nada. Arrumei um bebê. Hoje tem 10 meses e 27 dias e mesmo assim nada. Ele não vai a igreja. Mas nunca me proibiu de ir. É compreensivo, paciênte, amoroso, responsável.
    Procurei na biblia palavras sobre casamento, mas tudo que eu achei, no meu entender que eu tenho que ficar com ele para sempre. Não, meu coração não esta fechado. Eu tento todos os dias há 8 anos amar esse homem. Mas não consigo. não gosto, nunca gostei quando ele me beija. Se esta longe não sinto saudades. Eu estou enganando ele, e DEUS esta vendo tudo. Não quero mais ir e nem louvar na igreja. Estou enganando meu marido. E o TODO PODEROSO esta contemplando tudo dentro de mim. Eu tentei Pastor eu tentei. DEUS sabe eu tentei todos os dias.
    Meses depois que eu tive meu bebê tive uma depressão, mas uma irmã orou por mim e DEUS arrancou pela raiz, no outro dia eu não tinha mais nada. Sei que esta chegando outras, e sei porque, meu casamento é a causa. Mas pelo mandamento da biblia mesmo no novo testamento. Vou ter que continuar casada. As vezes discutimos por coisas comuns, mas não dormimos mais brigados. Aprendi que o perdão colocam as coisas no lugar . Ele me ama muito e não merece sofrer. Mas não posso continuar na igreja, pois OS OLHOS QUE CONTEMPLA o oculto e o escondido sabe oque se passa dentro de mim. E agora?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Priscila,
      Sua longa missiva tem por objetivo buscar uma resposta à questão de permanecer ou não no casamento. Minha resposta é simples: sim, você deve permanecer no casamento, e lhe ofereço 3 razões:
      1ª razão: o mandamento bíblico; você deve permanecer no matrimônio porque esta é a vontade do Senhor; é preciso achar o caminho da felicidade conjugal; mas ele está dentro do casamento e não fora dele.
      2ª razão: o amor é mais do que um sentir, é um viver; você tem orado, pedindo que Deus lhe dê amor por seu marido; agora, você precisa viver este amor, respeitando seu marido, cuidando dele, atendendo às necessidades que ele revelar e, com certeza, você será correspondida. Nós não sentimos amor, para então amar; nós amamos e, então, chegamos ao ponto de sentir o amor.
      3ª razão: a sua própria história; pelo que você já passou, não jogue fora o que você conseguiu. Você passou pelas mais sérias experiências de um “abismo chamar outro abismo”; agora que você se encontra com o povo de Deus, tem uma família, não desperdice. Será preciso uma caminhada até a plenitude do amor e da felicidade, mas isto, eu repito, está dentro, e não fora do casamento.
      Deus te abençoe.

  17. Vanon disse:

    Olá Pastor…
    Pertenço a uma Igreja Batista Tradicional desde pequena, hj tenho 26 anos, namoro um recém-convertido e infelizmente perdi fds
    passado, com ele, minha virgindade que tanto prezei todos esses anos …
    Me arrependo amargamente, imediatamente, confessei o pecado a Deus e também a minha família, pois não quero continuar pecando.
    Minha mãe falou que as coisas terão que mudar para que eu possa me manter firme, se nao pecarei novamente.
    Irei obedecer e cumprir as regras que ela impôs, pois nao queremos permanecer nessa vida dupla, nao consigo, nao posso….
    Tenho esperança que o Senhor irá restaurar minha vida, me tirar a culpa e me fazer de novo e até me sentir emocionalmente virgem.
    A minha pergunta é, poderei casar na igreja, de branco e de véu, caso eu nao mais peque com ele? até o casamento que será em dez?
    Como a igreja batista vê isso?
    Deus me perdoou, minha família está no processo de perdão e a mim mesma estou trabalhando o perdão!
    Grata pela resposta!
    Obrigada!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada irmã, você se acha arrependida e, isto, é suficiente ao nosso Deus, para que o ministério do perdão exerça a sua plenitude. Quanto às regras da sua Igreja, não conheço, mas creio que você deve se submeter a elas, como uma forma de reconhecer a liderança espiritual a qual você está ligada. De minha parte, a cor do vestido da noiva é da preferência da mesma; não creio que ninguém deva dar palpite a respeito. Quanto a aguardar o casamento, isto será bênção para sua vida, e com certeza, você poderá desfrutar da plenitude do amor debaixo desta aliança. “Se alguém está em Cristo é nova criatura; as coisas antigas já passaram, eis que tudo se fez novo” (II Coríntios 5.17).

  18. Larissa disse:

    Pastor, o Sr. poderia me falar sobre a pessoa escolhida de Deus? Todos falam q Deus tem alguem pra gente, e outros falam que Deus aprova varios, vc que escolhe…se uma menina gosta de um garoto, ela deve mandar flores, chocolate, musica para ele, sem dizer que é ela???

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Larissa,
      Se gostamos de alguém, devemos demonstrar isto com atitudes, palavras e gestos. Se houver correspondência, então é possível uma caminhada que poderá desembocar em namoro e até casamento. Quanto à vontade de Deus, considere a necessidade de ser alguém que tenha o temor do Senhor, que conheça a Cristo como seu salvador pessoal; também, considere a importância de ser alguém autêntico e sincero.

  19. Marcos Henrique disse:

    ESTOU ESPERANDO EM DEUS POR UMA GAROTA PRA CASAMENTO, MAS COMO SABER SE É DA VONTADE DE DEUS?
    POSSO PEDIR UMA PISTA, POR EXEMPLO: QUE A GAROTA ESCOLHIDA POR DEUS SINTA A ATRAÇÃO POR MIM PRIMEIRO, COMO SINAL. NUMA ORAÇÃO PEDINDO A DEUS DESSE JEITO ESTAREI TENTANDO A ELE?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Marcos Henrique,
      Não espere que a garota que Deus tem para você apareça na sua frente revestida de uma aura especial que, não vai deixar dúvida em você. Se você o temor do Senhor, peça a Deus que te conceda uma namorada (futura esposa) que também tenha o temor de Deus. Peça também alguém que seja autêntica, sincera, verdadeira. Espere no Senhor, mas fique atento, mantendo sempre os contatos.

  20. Renan disse:

    Tenho 34anos, fui criado em lar evangélico, me casei com 19anos, a minhas esposa é católica, o meu casamento foi realizado na igreja dela e também no civil, temos um filho de 14 anos , mas nosso relacionamento sempre foi um pouco conturbado e eu sempre senti que talvez fosse pelo motivo de eu não ter me casado com uma pessoa evangélica, agora graças a Deus eu me reconciliei com Deus , até vou me batizar em setembro, mas a minha esposa não quer me seguir no evangelho , tenho orado muito por isso, mas quanto mais eu estou orando , mais sinto em meu coração que ela não é a pessoa certa pra mim, pois ela é uma pessoa muito irritada , nervosa , e também é 9 anos mais velha , não gosta de meus familiares. Pastor, eu não sei se eu sinto amor por ela agora, e me pergunto se algum dia eu a amei, pois por ela ser mais velha , a iniciativa do casamento foi dela, e agora vejo que por não ter experiência nenhuma na época, até a minha virgindade eu perdi com ela, eu sinto que acabei me confundindo e acabei \”casando\”. Sei que o casamento é coisa séria , e nunca deixei de lado as minhas obrigações, e o tempo foi passando, mas a dúvida sempre continuou comigo, e eu sinto uma tristeza muito grande por isso tudo.
    A minha pergunta é:
    - Eu errei me casando com uma pessoa católica, e mais velha do que eu ? E o que o Pastor me aconselha à fazer diante dessa situação ?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Renan,
      Coloque a vida de sua esposa e seu casamento em oração diante de Deus. O amor provém de Deus. Só podemos amar com o amor que ele nos confere. Infelizmente, seu casamento não começou bem e, provavelmente, até piorou, mas você tem a oportunidade de consertá-la, sob a direção e graça do Senhor. Persevere com amor e fidelidade. Deus há de abençoá-lo em seu firme propósito.

  21. Milena da Sillva disse:

    A Paz do Senhor Pastor,preciso urgentemente de um conselho do Senhor,minha história é a seguinte:Namorei um rapaz da igreja no ano de 2009.Antes da gente namorar,ele foi conversar com meus pais pra me pedir em namoro,me levou na casa dos pais dele para me apresentar,tudo como manda o figurino…….nosso namoro durou apenas 10 meses,eu reconheço que foi por causa de mim porq eu era muito ignorante,ás vezes agia estupidamente,aí ele acabou terminando comigo……..Passou-se um ano e aí a gente acabou voltando,a gente conversou com o pastor que estavamos juntos e que o nosso relacionamento era sério.Após tres meses de nossa volta,eu perguntei pra ele se ele iria falar com meus pais sobre a nossa volta,ele disse que sim.Esperei ele me chamar pra ir na casa dele pra me “apresentar” como sua namorada….e nada.Resumindo:Ele nao assume que esta comigo pra ninguem!!!!!!!!!!!!!!o que eu faço??termino?porq eu ja conversei com ele mas nao resolveu.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada irmã,
      Duas coisas compõem o caráter de um cristão: compromisso e decisão. Ao que tudo indica estes dois predicados estão faltando na conduta de seu namorado. Nossa palavra deve ser “sim, sim” ou “não, não”. Jamais um “sim” que pareça um “não” e vice-e-versa. Peça ao seu namorado para tomar uma decisão. Do contrário, não vale a pena investir no relacionamento.
      Em Cristo,

  22. Jenifer disse:

    Bom dia Pr. Paz
    Meu nome é Jenifer tenho 20 anos , e estou passando por um momento de muitas duvidas namora a 6 anos e moramos juntos a 4 e eu nao era evangelica quando comecei a namora meu namorado ja era mais estava afastado quando comecei a namora descobri que ele era dependente quimico por querer ajuda ele resolvi começa a frenquenta a igreja graças a Deus ele foi liberto ai ficamos firma na igreja e este ano resolvemos nos batiza , batizamos mais mesmo assim ainda moramos juntos meu namorado tem chamado para pastor varios pastores que vao na igreja fazem revelação para ele de que Deus diz que o lugar dele nao é la embaixo e sim em cima do pupito ele busca muito Deus jejua ora mais pastor gostaria muito da ajuda do senhor ele é uma pessoa muito nervoso e brigamos muito e ficamos com medo de casar e nao der certo de final de julho ate hj dia 23/07 Jesus ta usando muito pastores para vir fala com o meu namorado que deus tem pressa pra usa-lo ele é muito petencostal e muito usado pelo espirito santo mais desse mes o inimigo ta tendando muito nossa vida surgirao muitas complicaçoes em nosso relacionamento coisas serissimas e estava tudo planejado para agora em setembro nos casar mais desistimos devidos as ultimos acontecimento pastor intercede por mim e pelo meu noivo meu nome é jenifer o dele jean michel e estamos confuso qual o conselho do sr. para com nossa vida???
    Paz que Deus abençoe

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Jenifer,
      Se o seu namorado tem um chamado para servir a Deus no ministério pastoral, algumas coisas precisam ser trabalhadas na vida dele, entre elas, o temperamento, o compromisso de marido, buscando resolver esta situação imprópria em que vocês se encontram, não tendo realizado o casamento ainda. Por outro lado, ele não deve de maneira nenhuma justificar que age intempestivamente e não casou-se ainda, porque tem um chamado pastoral. Primeiro, as resoluções básicas na vida dele e na vida de família, depois, o atendimento ao chamado pastoral.

  23. Val disse:

    Pastor, a paz do Senhor. Nao sei se respondera minha pergunta…mas to muito aflita…preciso de conselho de pessoas sabias. Pastor, sou casada a 15 anos tenho 4 filhas nenhum varao para tristeza do marido e minha maior desolaçao. Sempre tivemos umcasamento baseado no amor e dialogo. Como nao posso dar filhos ao marido devido a uma cirurgia de esterilizaçao(feita com a permissao do marido) ele disse que esperaria os netos e nao foi o que aconteceu. Esse ano descobri a traiçao do marido pedi que parasse com isso, o perdoei e a duas semanas descobri que a fulana ta gravida. Eu nao sei o que eu faço. O comportamento dele nao mudou em nenhum aspecto comigo, continua carinhoso trabalhador, comunicativo e diz que nunca vai me deixar por essa ou outra mulher o que ele quer é esse filho. Diz que eu sou a mulher da vida dele e que quer permanecer casado comigo. Eu tenho sempre cuidado dele e o ajudado em seu trabalho social pois é vereador no nosso municipio . Nao sei o que ele me diz é verdade e se esta comigo para nao causar um escandalo maior em sua carreira. Levei o caso dele ate aos nossos pastores e o acompanhei quando ele recebeu a disciplina pois é ajudante do pastor em nosso ministerio. Nao sei o que fazer pois todas as noites ele chega tarde em casa mas eu nao pergunto onde estava mas ele sabe que eu estou triste com essa situaçao. Gostaria de conselhos sobre isso To orando e intercedendo e preciso saber sobre isso como eu devo lidar melhor com essa situação.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Val,
      Primeiro de tudo, uma informação de caráter científico, que cabe a você, e principalmente, ao seu marido: a definição do sexo do bebê recai sobre o homem; ou seja, se você tem 4 filhas, isto se deve ao gene de seu marido e, não o seu; pela natureza humana, não é a mãe que define o sexo do bebê, mas o pai. Se seu marido desconhece esta informações, precisa conhecer.
      No entanto, este não é o caso. Ele está sendo infiel, baseado numa premissa equivocada, mas que não o justifica. Ele deve deixar o adultério e voltar arrependido para restaurar o seu casamento. Continue orando por ele. Além disto, cobre dele um posicionamento claro sobre as coisas. A verdade tem que prevalecer na vida conjugal.
      Em Cristo.

  24. Josilene Cristina disse:

    Bom dia pastor,eu fui casada por 4 anos e tive um filho cm meu esposo,hj meu filho tem 2 anos e dia 2/8/2012 meu esposo venho a ser assasinado,estou muito triste e estou buscando respostas na biblia so q estou meia confusa pq na biblia diz q quando deus ressucitar os mortos e fomos para o paraiso eu nao teria mais casamento com meu esposo isso é verdade?entao q dizer q nunca mais irei ser esposa do meu marido sera uma relaçao de amigos ou irmao???me ajude por favor to muito confusa,agradeço desde jah obrigado estou aguardando sua respostas…tenha um bom. Dia

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Josilene, a Palavra de Deus nos ensina que o modelo que temos de vida familiar será superado na vida vindoura (Mateus 22.30); mas, com certeza, desfrutaremos de um modelo muito mais superior. Fique com a mensagem de que “olhos não viram o que Deus tem preparado para aqueles que o amam” (I Coríntios 2.9).

  25. Carlos disse:

    Paz, pastor minha mulher fez uma coisa que ñ consigo perdoa me de um conselho nos tivemos uma briga e nos separamos a 1 mes e fiquei sabendo que ela tava de caso com um irmão por telefone agora ela ta namorando com ele e ja foi conssumado o aduterio hoje ela me ligo querendo volta , mas ela fico defamada na igreja pos tudo aconteceu na igreja eu gosto dela mas esto magoado tenho 2 filhos com ela por favor me de um conselho ate domingo oque faço perdou ou ñ

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado irmão, rogo a Deus que possa colocar em seu coração o necessário perdão, a fim de que você não carregue consigo mágoa. Mas, além disto, rogo que haja verdadeiro arrependimento da parte de sua esposa e desejo de reatar a vida conjugal; este deve ser o alvo de vocês. Conte com minhas orações. Leia Colossenses 3.13

  26. Márcia Matos disse:

    eu tenho um namoro e pensamos em se casar daqui a dois anos devido uns problema de saude que aconteceu com ele e nós pensamos sempre em fazer sexo só que eu sou evangelica e eu não estou suportando mais essa situação tenho medo de ele procurar outra.
    Responder

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada irmã, a convivência sexual é bênção que Deus reservou-nos debaixo do casamento, conforme lemos em Hebreus 13.4: “Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula”. A marcação de uma data para casamento muito à frente traz esta pressão, naturalmente. Não devemos apressar nosso matrimônio para usufruir da vivência sexual; por outro lado, adiar por demais, também, não é bom. Encontrem um meio termo, no que tange à data. Mas continue firme em seu propósito, para vivenciar a plenitude da vida conjugal.

  27. Daniela disse:

    apaz do senhor pastor , a varios dias o senhor tem mandado mensagens e meu esposo te escreve , sei que meu casamento com meu esposo carlos não tem indo muito bem não bem dize eu nuca tive feliz ao lado dele pois eu sofri muito ao lado dele pois ele não min dava amo, e min batia muito e ele não min respeitava, mas devido a isso tudo nos casamos perante a lei e perante a igreja tivemos dois filhos lindo eu pastor errei e ele também nos aduteramos , mas estamos tentando nos reconcilhiar pois pasto eu amo ele e ele dis que min ama também mas pastor pra jente voltar esta crescendo uma grande barreira no meio de nois dois pois pedir perdão a ele e ele também pedio perdão amim olha pastor estou tentando refazer a minha familia mas não esta agrandando a familia dele e nem a mulher que ele estava a mais de 1 ano não sei pastor o que devo fazer quero reconstruir a minha familia mas ele se mostra que gosta da mulher que ele tava isso er o que eu vejo nele o que o senhor axa devo deixa ele pra la e seguir a vida dele ou devo lutar junto com ele em reconstruir nosso lar pois sei que eu fiz coisas erradas e ele também nos der pastor um concelho tamto a ele quanto a min pois estamos sem direção . fique na paz do senhor e obrigada pela sua atenção .

  28. Laila disse:

    A Paz do Senhor, pastor.
    Bom, pra começar… eu namoro um rapaz que tem bipolaridade (ciclos de depressão profunda e tempos de euforia em que ele simplesmente não consegue se controlar)… dizem que ele já nasceu bipolar só que houve um fato estressante que desencadeou as crises. Eu namoro com ele desde 2010 e apenas neste ano, 2012, o fato estressante que desencadeou as crises foi uma briga muito tensa com o pai dele, ele ficou quase louco, louco mesmo, mas graças a Deus os remédios tem ajudado bastante. Quando ele está eufórico, ele é uma pessoa que eu não conheço, tudo isso por causa da doença… o que me intriga, é que em tempos de euforia, ele faz TUDO o que não deve fazer, a consciência dele fica totalmente alterada, o psiquiatra disse que ele fica como um carro desgovernado e que isso não é culpa dele. Depois quando vem a depressão ele fica muito reconhecível, ele sempre me foi fiel, amoroso, carinhoso, somos um exemplo de casal escolhido por Deus, uma verdadeira benção. A gente sempre briga muito quando ele está eufórico, no mês passado, uma pastora de outro estado visitou a igreja a qual eu congrego, eu nunca nem tinha visto ela, então ela falou pra mim que satanás está querendo destruir a minha vida conjugal. Todo esse tormento começou só a partir do diagnóstico da bipolaridade que ele tem, está sendo muito difícil pra mim, ele tem se tornado uma pessoa que eu não conheço, os valores dele sempre mudam nos tempos de euforia. Eu gostaria de saber a sua opinião no seguinte: será que ele fica tipo “possuído” em tempos de euforia? Porque nas crises eufóricas, ele pode até ir pra igreja comigo, mas ele fica muito inquieto, na mente dele, ele acha que está tudo bem e que está nos caminhos do Senhor, quando na verdade, a consciência dele fica extremamente alterada: ele já chegou a beber e fumar, coisa que ele não fazia, ele tinha nojo de cigarro, na euforia também ele sempre fica com o desejo sexual muito a flor da pele, mas como eu vou casar virgem, comigo e ele não acontece nada, e é aí que ele vai procurar outras mulheres, fica dando em cima delas, já até chegou a namorar com uma menina, durou uns 4 dias aí depois ele ficou depressivo e percebeu o que tinha feito, ele também vê pornografia (coisa que ele tem muito nojo quando está normal), ele mente sem perceber, quer fazer tudo o que não agrada a ninguém. Na família dele fica todo mundo preocupado, é muito sofrimento pra todos nós que amamos ele, ele fica uma pessoa muito difícil de se conviver, o pior de tudo é lembrar que ele não é assim. E depois de quase 2 semanas de euforia vem a depressão, onde ele também fica arrasado, é uma depressão profunda e complicada.
    Eu queria saber, de acordo com a sua opinião e os seus conhecimentos, uma coisa que não tem saído da minha mente: será que ele fica meio “endemoniado” quando está na euforia? Deus já usou pessoas na igreja pra falar pra ele que Deus vai dar a cura, e ele busca sempre a ajuda de Deus, as coisas tem melhorado, mas está muito difícil. A gente inclusive faz propósitos, votos com Deus contra crises eufóricas, mas eu não entendo por quê sempre acontece, o que será que está faltando pra gente conseguir a nossa benção? temos buscado tanto!
    Agradeço a Deus por lhe usar para nos ajudar com uma palavra de sabedoria através deste site. Fique com Deus e muito obrigada!

    • Rev. Juarez disse:

      Acredito que antes de vocês se casarem deve ser avaliado em profundidade o comportamento moral, sexual e mental dele. Depressão, bipolaridade e coisas do gênero são enfermidades que precisam de tratamento e, jamais, desculpa para agir com violência, sentir-se livre para prática sexual fora do casamento e outras impropriedades. É tempo de refletir a respeito e caso não haja mudança neste comportamento ou busca de tratamento, não se sinta obrigada a constituir família com alguém que efetivamente não vai realizar a sua felicidade.
      Por outro lado, há esperança para seu namorado. Jesus levou na cruz todos os nossos pecados e nossas enfermidades, inclusive, bipolaridade. Ele precisa entregar-se completamente ao Senhor Jesus, e o mais ele fará (Salmo 37.5).

  29. Natalya disse:

    Conheci um rapaz na net. Ele é evangélico e está afastado da igreja. Nos apaixonamos perdidamente, porém nunca nos encontramos fisicamente. Ele me confessou ter sido casado, mas está separado, embora não tivesse chegado ao divórcio. Eu fiquei muito triste com isso, pois o amor cresce a cada dia. Ele é um profundo conhecedor da Palavra e por temor a Deus, disse-me que fez um propósito de retomar o casamento. Acontece que ele não a ama mais. E sonha em um dia estarmos juntos. Eu o amo profundamente, mas temo que ao dar vazão a este sentimento estejamos pecando contra Deus. Mas será da vontade de Deus que fiquemos separados e infelizes? Temos mesmo que passar por esta provação? Porque Deus permitiu que nos conhecêssemos, nos amássemos, se não podemos ser um casal? Eu tive revelação de um ministério missionário… ele há tempos também teve esta revelação, mas a \”ex .esposa\” não suporta a idéia de sair de casa para acompanhar a missão do marido. Eu queria demais cumprir esta missão ao lado dele… estamos desesperados, sem saber o que fazer. Por favor, nos ajude!

    • Rev. Juarez disse:

      Em nossa caminhada conhecemos muitas pessoas que nos agradam e nos fazem bem. Isto é bênção. Podemos inclusive conhecer pessoas do sexo oposto que nos ajudam e revelam profunda amizade. No entanto, matrimônio é compromisso. A pessoa que você conheceu tem um compromisso matrimonial e enquanto ele perdurar você não deve alimentar qualquer outro sentimento.

  30. Vanessa disse:

    tive relações sexuais antes do casamento,não quero casar agora mas fiz um proposito de não cometer o mesmo erro.Se eu não cometer tal pecado posso tomar santa ceia?

    • Rev. Juarez disse:

      A Santa Ceia é uma oportunidade de reconciliação com Deus. Ela nos permite fazer um auto-exame (I Coríntios 11.28). O seu propósito acha-se consoante à vontade de Deus; permaneça firme nele e receba a Ceia do Senhor.

  31. Danile disse:

    pastor estou muito perturbada pois sou casada e de uns dias pra cá tenho sonhado muito com meu primeiro namorado queria saber até onde um sonho pode nos revelar algo o que devo fazer , pois parece que estou começando a reviver uma historia do passado.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Danile,
      O sonho é só um sonho. Nele nos lembramos de pessoas e fatos que marcaram ou marcam a nossa vida.
      Esteja firme no seu compromisso matrimonial. O Senhor uniu você ao seu marido (Gênesis 2.24).

  32. Thayane disse:

    pastor é possível a restauração de um relacionamento onde muitas mentiras e traição por minha parte que sou a mulher?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Thayane,
      Sempre há possibilidade de restauração. Assim como as trevas não prevalecem contra a luz (João 1.5), a mentira não subsiste onde há verdade. O que se faz necessário é justamente um choque de verdade, sempre com muita sabedoria.

  33. Isabella disse:

    Pastor, tenho um relacionamento já de 1 ano e 6 meses fora da presença, só que resolvir aceitar a jesus e meu namorado também. E depois com a visão que Deus me deu eu sempre disse que se ele um dia se afastasse eu não queria mas ele. E agora ele se afastou, e eu estou muito angustiada e triste, o que devo fazer Pastor ? ele pediu pra mim ajuda-lo, ficando com ele. Mas não sei se é o certo, não me sentirei feliz estando na “igreja” e sabendo que ele estar chegando de uma “festa” (exemplo). Como devo agir pastor, já orei, e o amor que sinto por ele é cada vez mais forte. Tô muito confusa Pastor me dê uma opinião na visão de Deus por favor.
    Agradeço desde Já! A Paz do Senhor.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Isabella,
      Não entendi bem se vocês se acham casados ou não; se não estão casados, você tem toda a liberdade de deixar o relacionamento e buscar de Deus um matrimônio em que não haja julgo desigual. No entanto, se vocês estão casados, permaneça do casamento e confie ao Senhor todos os cuidados no tocante ao seu esposo; o Senhor há de operar maravilhas.

  34. Daniele disse:

    Paz do senhor pastor!
    Gostaria de saber se uma pessoa que nao é casada civilmente ainda, mas ja tem um relacionamento solido com filhos, pode ser batizada antes de regularizar esta situação? Sera que se for impedida de se batizar e neste tempo JESUS voltar perdera sua salvação? ou sera que o pastor ao qual nao a batizou sera culpado?
    Eu penso que a situação civil, ela nao seja um impediemnto direto, mas é um caminho para brechas onde o inimigo pode causar enfraquecimento espiritual, pois a biblia nops diz, fugi da impureza. Dai entra onde a biblia diz, examine-se o homem a si mesmo…Estou certa?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Daniele,
      Vamos colocar as coisas em partes: 1. Batismo não salva ninguém; se cremos que Jesus é o nosso Salvador, e por alguma razão não houver tempo para um ato de batismo, não perderemos a salvação em hipótese alguma. 2. Batismo é importante, sim, como forma de comprometimento e testemunho perante os homens. 3. Situação regular de casamento deve sempre ser nosso objetivo; hoje, no Brasil, nada impede alguém de ter a situação regular.

  35. Betth disse:

    pastor sou evangelica ,,e trai meu esposo,,mas me arrependi amargamente ,,ele nunca soube,,pois se saber um dia ele me mata,,,,pedi perdao a deus e nao cofessei meu pecado ao pastor,,louvo na igreja e meu esposo esta indo nos cultos ele nao e evangelico,,,,sera que deus me perdou e sera que alcaçarei a salvaçao ,,a se passaram 5 anos do acontecido, me oriente.

    • Rev. Juarez disse:

      Betth,
      Com certeza o Senhor já te perdoou, como o fez com a mulher flagrada em adultério (João 8). E atente para a recomendação de Cristo: “vai e não peques mais”.

  36. Cláudia Patrícia disse:

    olá Pastor, meu nome é Cláudia. Gostaria de saber se posso me casar de novo mediante a palavra de DEUS, fui casada e me separei, mas não foi por adultério, e afirmo que já estava convertida, e quando me separei quebrei minha aliança com DEUS, gostaria de fazer a verdadeira vontade de DEUS e não a minha me ajude a tirar todas as minhas duvidas, obrigada.

    • Rev. Juarez disse:

      Cláudia,
      O divórcio, à luz da Palavra de Deus, acontece pela dureza dos corações. O novo casamento, como forma de realização da felicidade é permitido por Deus. Considere a importância de aproveitar bem esta nova oportunidade.

  37. Ana disse:

    Boa tarde Reverendo.
    Louvo a Deus por ter encontrado este site e por ter pessoas assim como o senhor para nos orientar.
    Estou naquela fase em que, todas as minhas amigas estão se casando e eu estou ficando. Desde que eu me entendo por gente tenho o desejo de me casar e ter uma família. Comecei a namorar com 16 anos e durou 2 meses, eu era muito imatura e minha mãe sempre muito rígida, então eu não suportei as pressões e terminei com ele.
    Dois anos depois conheci um rapaz e começamos a namorar, no começo eu nem gostava muito dele, mas, ouvia as pessoas dizendo, \” namora com ele, ele parece ser boa pessoa, e até minha mãe andou dando umas indiretas\”, ai eu pensei, deve ser esse o meu \” amado\”. Nosso namoro era muito bom, conversávamos muito. Ele era mais velho do que eu uns 2 anos, mas em nível de escolaridade ele era bem menos evoluido. Eu estava terminando a faculdade e ele terminando o ensino médio. Com o tempo fui conhecendo-o melhor e descobri que ele tinha basicamente os mesmos tormentos sexuais que eu. Éramos viciados em masturbação. Comecei com esse vício quando ainda era muito criança e tambem na infância e até meus 14 anos tive envolvimento sexual com meninas da minha faixa etária, não entendo porque fazia isto, não sou bissexual, tenho certeza disso, acho que fazia isto apenas para acabar com a maldita carencia e necessidade que tenho de ser tocada e me relacionar com alguem . Acho que nunca fui atraente, sofri muito preconceito quando mais nova, nunca tive amigos apenas amigas, só depois que entrei na faculdade que comecei a ter amigos do sexo oposto. Depois dos 14 não me envolvi mais com meninas, mas continuei me masturbando, sempre soube que isto era errado, mas não conseguia parar. Isto sempre me provocava imensa tristeza, mas sempre continuava. Depois de masturbar o vazio dentro de mim parecia ainda maior e eu sempre chorava muito. Então voltando ao meu ex namorado, depois que descobrimos esta nossa fraqueza, nosso relacionamento começou a tomar caminhos muito tortuosos. E nossas carícias foram se intensificando, nunca chegamos a consumar o sexo, mas chegávamos bem perto. Não suportando mais tal situação, ele tomou a iniciativa de querer casar-se comigo, ele quis fazer uma surpresa, tanto pra mim quanto para minha mãe e não deu certo, minha mãe não aceitou e foi um terror. Depois que a poeira baixou, minha mãe consentiu que nos casássemos 4 meses depois, então passou-se os 4 meses e nada mais foi conversado, e com isso nosso namoro foi esfriando, ele foi ficando distante e quando dei por mim ele estava terminando comigo e começando com a outra.
    Foi muito traumatizante pra mim, ja tem aproximadamente 3 anos e até hoje ainda me sinto machucada por isso, pois nós namoramos quase 2 anos e eu ja o amava muito, mesmo com todas as dificuldades, não era mais apenas uma \”apaixonite aguda\”. Nunca mais tive relacionamento algum, me sinto muito carente, sinto falta de até um mísero abraço. Minha vida parece que não anda, parou no tempo. Choro muito, oro muito, pedindo a Deus um companheiro, ou pelo menos que Deus retire de mim esta tristeza e esta carência, mas parece que minhas orações nem passam do teto. Tenho muitos pensamentos pecaminosos, ja pensei até em contrar alguem só para me abraçar, cuidar de mim, mas sei onde isso me levaria, as vezes acesso a internet em sites pornôs e chego até a me imaginar naqueles lugares. Digo isso aqui chorando, o senhor nem imagina o quanto sofro com isso. Não tenho ninguem com quem conversar, minha mãe e eu não temos nenhum tipo de amizade, apenas o relacionamento, mãe e filha basico, meu pai morreu quando eu era ainda muito pequena, pouco me lembro dele. As vezes parece que Deus está me punindo por todas as babaridades que ja fiz, as vezes penso que nunca terei esse privilégio de me casar e ser feliz com alguem; quem me conhece nem se quer imagina esse inferno pelo qual eu passo.
    Já confessei a Deus os meus pecados, e Deus sabe o quanto eu gostaria de me casar, para que isso acabasse de uma vez por todas em minha vida. Eu creio que com o casamento tudo acabaria pois, durante o tempo que eu namorei sem pecar, só o mais puro namoro, eu me sentia muito bem e não tinha desejos pecaminosos algum.
    Pastor, eu gostaria de uma conselho, um consolo, qualquer coisa que pudesse acalmar meu coração que sofre muito por causa disto.
    Deus o abençoe e ilumine.
    Obrigada pela atenção.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Ana,
      A complementariedade é a chave para a vida conjugal: um complementando o outro. Daí, a expressão “cara-metade”. A metade de um somada à metade do outro, torna o casal completo. A questão é: a minha metade vai bem?
      É justo você chorar, e copiosamente o fazer, em razão do momento que vive. No entanto, por amor ao propósito de encontrar outrem, você precisa se reestabelecer, firmar seus valores, cultivar as coisas elevadas, afastar-se de todo engano e pecado, andar plenamente nos caminhos do Senhor. Tudo isto fará de você uma pessoa melhor e que, com certeza, chamará a atenção, não por truques cosméticos, mas pela beleza essencial da própria vida. “Enganosa é a graciosidade, e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa será louvada” (Provérbios 31.30).
      Caso tarde a vir o seu complemento, o importante é que você estará bem e, isto fará toda a diferença quanto ele chegar.
      Deus te guarde.

  38. João disse:

    Ola reverendo, estou namorando uma moça catolica praticante, sou evangelico desde pequeno o que poderia divergir no futuro esse nosso relacionamento, gosto muito dela e as vezes penso nisso o que o voce poderia me aconselhar?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado João,
      Realmente há diferenças muito grandes entre o pensamento evangélico e o católico. Não acho que namoro seja método evangelístico; no entanto, já que você gosta muito dela (romanticamente falando), fale para ela do Evangelho e da pessoa salvadora de Jesus. Que o Senhor permita que você seja instrumento de bênção para a vida espiritual dela.
      Em Cristo.

  39. Vera disse:

    Paz Pastor,
    Tenho algumas duvidas ,sou evangelica desde crianças e conheci uma pessoa do qual agora vou me casar,ele aceiteou que quem fizesse o casamento fosse um pastor evangelico,mas ele quer fazer um baile apos o casamento. pelos meus cohecimentos não vou ter liberdade em concordar com isso . Peço que me oriente, é errado depois de receber uma benção fazer um baile,ou vai de cada um ? Eu não me sinto bem e expliquei pra ele que seria por causa da minha religião,acho que Deus não iria se agradar de tal ato.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Vera,
      A questão colocada por você leva, na verdade, a outra mais profunda. No casamento precisamos ter liberdade, diálogo e harmonia. Vejo que isto precisa ser resolvido antes do casamento, pois, outras situações de discordâncias poderão vir e, depois de casados, será muito mais difícil
      Quanto ao baile, é comum haver uma festividade depois do casamento. Infelizmente, há muitos exageros de comida, bebida e de comportamentos, que estragam a beleza da festa. É preciso atentar para isto também.
      Em Cristo.

  40. Ailton disse:

    tenho dois jovens que tiveram relação antes do casamento e agora querem casar a noiva pode casar de branco véu e grinalda o que pode e não pode em relação a noiva

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Ailton,
      A cor do vestido da noiva não quer dizer nada. No entanto, impedir a noiva de casar-se de branco, apenas, porque perdeu a virgindade é “acrescentar dor ao aflito” (Salmo 22.24); além disto, pode parecer puro preconceito.

  41. Josefa disse:

    Uma pessoa não evangelica ,sua palavra tem poder ? minha amiga esta separada mais todo dia olha pra foto do marido e diz que ele vai voltar, vai acontecer?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Josefa,
      Com certeza, sua amiga deseja muito a restauração de seu matrimônio; não basta ela dizer que ele vai voltar; ela precisa lutar por isto. Da mesma forma, esta, também, é uma matéria para oração.
      Deus te abençoe.

  42. Kenia disse:

    sou evangelica e estava afastada a 5 anos, namoro a 2 anos, como estava fora da igreja eu e meu namorado tinhamos relaçoes sexuais, agora decidi voltar e estou firme na minha fé amo muito meu namorado e ele tbm me ama eu expliquei a situacao pra ele, nos temos planos de nos casar, mas ele keria q continuassemos nossas relaçoes como antes, e diz nao ser pecado pq nos amamos e vamos nos casar, soh nao temos condicoes agora…ele pode ter razao? ele eh catolico e oro todo dia pra ele se converter, e eh resposta de deus ainda estarmos juntos! o que devo fazer em relação a isso? pq ate pra mim aguentar eh dificil, mas kero fazer a vontade de deus.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Kenia,
      Continue firme no seu propósito, esperando viver a plenitude da vida conjugal, já debaixo da bênção matrimonial. Ore no sentido de que as coisas possam transcorrer mais rapidamente para a efetivação de seu casamento. Leia Hebreus 13.4.

  43. Larissa disse:

    Boa tarde Pastor, dizemos que gosto de um menino, fiel adorador,lider de celula, que busca a Deus de verdade, mas sei que ele nao sente o mesmo por mim, logo se esse sentimento fosse realmente de Deus, Deus tambem mostraria para ele, afinal ele tem intimidade com Espirito Santo o bastante para ouvir a voz de Deus em relacao a isso, certo?

    • Rev. Juarez disse:

      Larissa,
      Infelizmente, nem sempre somos correspondidos em nosso interesse por outrem. É importante ter discrição e confiar ao Senhor nossos sentimentos. Ele suprirá cada uma das nossas necessidades (Filipenses 4.19).
      Deus te abençoe.

  44. Loide disse:

    eu sou cristã e tenho namorado tambem cristão, sera que ajente pode beijar na boca? ou é pecado?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Loide,
      A afetividade é crescente: trocamos olhares amorosos, damos as mãos, sentimos liberdade em abraçar e ser abraçado; nesta ordem, com certeza, o beijo acontece. Não há pecado nisto. Deve-se prevenir de sentir-se abrasado, o que fatalmente levará a relações sexuais antes do casamento, o que se constitui num pecado.
      Em Cristo,

  45. Elienice disse:

    estou freguentando a igreja,no meu coracao ja aceitei jesus como meu salvador nao sou batizada ainda. gostaria de saber se ainda posso ter relacoes sexuais com meu namorado ele nao e evangelico mais eu pretendo ser estou gravida tenho 19 anos o que fazer??

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Elienice,
      Deus nos fez seres sexuados, não só para a procriação, mas o
      deleite, também. No entanto, esta bênção deve ser desfrutada no
      âmbito do casamento, que é o ambiente propício para a convivência
      entre o homem e a mulher. Leia Hebreus 13.4.
      Deixo as seguintes orientações: 1. Tendo a Cristo como seu único
      e suficiente Salvador, continue crescendo na graça e no conhecimento
      do Senhor (II Pedro 3.18); 2. Quando sentir-se devidamente preparada,
      receba o batismo e faça a sua profissão de fé; 3. Aguarde no Senhor
      no tocante ao casamento e à formação da família, Deus tem sempre o
      melhor para nós.

  46. Daniela Lima disse:

    Olá Rev. Juarez. Sou nascida e criada em lar cristão. Porem ha pouco mais de 01 ano eu me afastei e acabei namorando com um rapaz, nisto estamos morando juntos há 01 ano, e quero voltar a ficar firme na igreja como antes. O que devo fazer?
    Largo ele? ou tento fazer com que ele se case comigo legalmente?
    Se ele me trair posso largá-lo?
    Obs: Ele é um primo meu de 3° grau..
    Por favor me oriente acerca da palavra estou confusa, pois uns dizem que devo me separar outros dizem que não.
    Obrigado. Deus te abençõe.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Daniela,
      A convivência que vocês têm é marital, mas não tem pé de
      igualdade com o casamento. Casamento é mais do que morar juntos ou
      desfrutar do mesmo leito. Casamento é compromisso, confiança, amor
      às últimas consequências. Proponha ao seu parceiro casamento de
      verdade. Se ele aceitar, caminhem para isto com bastante agilidade.
      Caso ele não aceite e você insistir em permanecer no relacionamento,
      você ficará sempre nesta instabilidade.
      Em Cristo,

  47. Suellen disse:

    Olá Reverendo… Gostaria de perguntar sobre o relacionamento amoroso e casamento… Vivo a dois anos com um rapaz mais velho que eu, tenho 24 anos e ele 42, no começo do namoro até um ano de “casados” viviamos numa sintonia total porém de um ano pra cá ele mudou como se não fosse a mesma pessoa que conheci e convivia… Existem rumores de traição mas nunca soube de nada além, de alguns meses pra cá ele vem falando sobre separação porém não acho essa atitude dele certa… O que devo fazer a esse respeito, não quero terminar um relacionamento que nem sei se errei ou onde errei.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Suellen,
      Primeiro, vamos deixar claro, você convive com uma pessoa, mas não
      se acha casada com ela. O fator idade é secundário, apesar de sempre
      ser levado em consideração, por causa de experiência, gostos, etc..
      A questão é que casamento (de verdade), é compromisso, é confiança, e, isto, não tem idade. O que você precisa é buscar um casamento de verdade: você já tem idade para decidir a respeito, e com certeza, critérios para tomar uma feliz decisão. Pode ser com quem você já está convivendo, mas precisa ser para valer.
      Deus te abençoe.

  48. Rosemar disse:

    pastor, sou divorciada, e tem 7 anos que vivo com um homem 14 anos mais novo que eu, quando o conheci estava na igreja católica, íamos juntos na igreja, mas ele resolveu ir para igreja evangélica e eu fui atras dele, hoje sou mais firme que ele, me batizei e agora eu gostaria de regularizar minha situação conjugal, mas ele não quer casar no papel, ele quer ficar como esta, tenho uma filha com ele de 3 anos e 2 crianças do primeiro casamento, as vezes nos desentendemos mas posso dizer que vivemos bem, ele nunca me traiu, o defeito dele é ser grosso , não quero mais viver com ele sem casar, estou orando e jejuando, buscando uma resposta , pois quero fazer parte de um ministério da igreja, o que faço, as vezes quero me separar por causa do pecado, não sei o que faço, me ajude.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Rosemar,
      Sua história é semelhante a de muitas outras pessoas. Maridos
      levam suas esposas à Igreja, e principalmente, a Cristo, e depois,
      eles mesmos deixam de seguir o ensinamento do Senhor Jesus. É tempo
      de confrontá-lo, não com o que você deseja, mas o que Deus quer
      dele. Continue orando a respeito. Deus há de quebrantar o coração
      dele.
      Deus te abençoe.

  49. Carol Rosa disse:

    Eu e meu namorado somos cristão e nao resistimos, tivemos relação sexual, nos amamos mas como podemos fazer para acertar a vissa com Deus ?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Carol,
      O que está feito, está feito, mas não precisa ser mais feito.
      Supere o acontecido e tome providências para o casamento. Nele vocês
      desfrutarão a bênção da plena convivência conjugal
      Deus te abençoe.

  50. Ludmila disse:

    pastor eu amo meu namorado mas acho que ele nao gosta mas de mim eu fiz uma pergunta pra ele se ele tava feliz no nosso relacionamento e ele me disse que agente conversava anoite mas eu nao quero perdelo eu a o amo e nunca disse pra ele isso mas digo sempre q gosto muito dele eu orei muito pasto pra ter ele e DEUS me deu como namorado conheço ele a uns 9 meses e somos namo a dois meses e ele q me pediu pastor to triste angustiada me ajuda o que eu fasso se ele pedi pra termina?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Ludmila,
      O tempo de namoro se presta justamente para isto: conhecer um ao
      outro, firmar compromisso, visando uma vida conjugal plena. Se neste
      tempo, as coisas não caminharem para isto, é melhor encerrar o
      namoro; insistir num relacionamento que não vai bem, e chegar ao
      casamento, com certeza, trará muitos desgosto a posteriori; e um
      casamento terminado é muito pior que um namoro terminado. Além do
      mais, Deus sempre tem o melhor para nós.
      Em Cristo.

  51. Mônica disse:

    Pastor, meu companheiro é divorciado e eu nunca fui casada. Nós estamos com muita vontade de fazer uma cerimônia no religioso, é possível?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Mônica,
      Creio que há duas coisas que vocês precisam fazer: o casamento
      civil e a bênção religiosa; esta não deverá acontecer sem aquela.
      Em Cristo.

  52. Valéria disse:

    pastor Juarez eu gosto de um menino da minha igreja e ele tambem gosta de mim como devo orar e fazer propositos para saber se e de Deus o nosso namoro para que ele possa vim acontecer e depois viermos a nos casar.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Valéria,
      É isto mesmo: comece com oração; Deus precisa sempre estar em
      nossas decisões. Mas é preciso haver uma conversa séria entre
      vocês dois, a fim de conferirem se seu o objetivo é o mesmo. Se for,
      namorem, e namorem dentro da orientação da Palavra de Deus, com
      muito respeito. Não avancem o sinal, pois, isto trará sérios
      prejuízos para a convivência conjugal que vocês almejam no regime
      do casamento. Lá, sim, no casamento, vocês serão plenamente
      realizados.
      Deus te abençoe.

  53. Juliana Melo disse:

    Olá a paz !
    eu e meu namorado estavamos em pecado (sexo antes do casamento)
    certo dia na igreja Deus revelou que havia um casal na igreja que estava em pecado e que era pra se concertar,sentimos que era para nós,se não seria a ultima ceia (essa era a palavra),nós paramos com o sexo (ato),mas continuamos a fazer caricias entre outros… hoje paramos com isso e nos arrependemos e pedimos perdão ao senhor,mas algo vem martelando na minha cabeça,será que mesmo assim Deus pode nós levar… morremos ? obrigada Deus abençõe !

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Juliana,
      Preservem-se para o casamento. O que foi feito, foi feito, o que
      passou, passou. Eis um novo tempo, uma nova oportunidade, a
      construção de uma estrada de verdadeiro amor e respeito. Considere o
      alcance do perdão divino (Romanos 4.24, 25; 5.8).
      Deus te abençoe.

  54. R. B. disse:

    A paz do Senhor.
    Sou evangelica,mas meu namorado nao; fico muito magoada vendo ele em bares enquanto eu estou na casa de Deus! Nao sei o que fazer,qual atitude tomar, estamos a quase 3 anos juntos! Estavamos noivos,mas Deus revelou que nao era amor e sim paixao, e agora ? Devo terminar ? Pois acho mais facil voltar para o mundo do que seguir em frente com Deus! Obrigada.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada R.B.,
      Namoro serve justamente para isto, para nos conhecermos e
      caminharmos rumo à uma união definitiva, no casamento, ou não.
      Casamento é comunhão de ideais, de projeto de vida, de respeito
      pelos mesmos valores. Ao que tudo indica, vocês dois têm mais coisas
      que os dividem do que as que os unem. Considere isto em sua decisão.
      Leia II Coríntios 6.14-18.
      Em Cristo.

  55. Rafa disse:

    Sou evangelica e ha tres anos namorei 1 ano com um rapaz que nao era evangelico. pensava nao esta fazendo a vontade de Deus, então terminei o namoro. Depois de duas idas e vindas, ele com medo de me perder aceitou a Jesus na minha igreja, namoramos mais uns dois meses, e logo apos que nos terminamos, nao vai mais a igreja, bebe sempre, só festa, etc.. ele ainda tem alguma solução? Quando esta comigo ele nao faz estas coisas mas quando terminamos o namoro ele começa.. Foi pra igreja e aceitou a Jesus por minha causa, ele pode ser considerado crente? A possibilidade dele algum dia ser tocado por Deus? Caso volte a namorar com ele seria um namoro de jugo desigual?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Rafa,
      Nunca esqueça: namoro não é método evangelístico. Não se sinta
      responsável pelo seu ex-namorado ter comportamentos mais adequados
      somente quando está namorando com você, e quando não, ele age como
      um descrente. Cada um dará contas por si diante de Deus.
      Em Cristo.

  56. D. Menezes disse:

    Rev. eu faço parte de uma igreja pentecostal. Lá, já ouvi muitas profecias, todas resumidas em: Deus me dizendo que a luta vai passar. Só que em praticamente todas essas profecias, eu me sinto insegura em aceitá-las porque penso: “e se não for Deus falando comigo, e se no final der tudo errado?” praticamente todos os problemas que eu tenho hoje, vêm do meu namorado, porque ele está com uma doença psiquiátrica incurável; os membros da igreja me dizem, não claramente, que isso vai passar e que Deus vai curar ele. Só que eu fico com medo de esse relacionamento não ser a vontade de Deus pra minha vida, e eu talvez tenha servido apenas pra ajudar meu namorado, pois eu que levei ele pra igreja, enfim, fui fundamental pra vida dele, antes ele tinha um péssimo relacionamento com a família dele, aí eu conversava tanto com os pais dele, como com ele, então eles hoje se dão bem.
    Então, hoje, eu sofro muito com essa doença dele, porque em determinados dias do mês ele fica uma pessoa muito diferente, e o nosso relacionamento não é mais o mesmo, eu estou sofrendo muito… antes da doença ele não era assim, mas hoje as coisas estão muito ruins.
    Aí, pelo que os profetas me falam, eu poderia chegar à conclusão de que meu namorado vai ser curado, que meu esforço de ajudar ele valeu a pena, que a gente vai ser feliz, que as lutas vão passar… só que eu me pego pensando, e se os profetas não estiverem sendo usados realmente por Deus para me dizer tudo aquilo?
    Como eu poderia saber se eles aquelas são realmente a palavra de Deus pra mim e não apenas uma ilusão da cabeça deles?
    Há uns 2 meses, eu fiz um propósito de um mês de oração, pedia pra Deus me falar em determinado dia através de alguém lá da igreja, se era pra eu ficar ou não com meu namorado… aí foi uma pastora de fora lá, ela nunca nem tinha me visto, nem sabia que eu tinha namorado nem nada, e eu senti mesmo que de fato era Deus que deu a revelação pra ela, mas a única coisa que ela me disse (no mesmo momento que ela me viu) ela de cara, falou “satanás está tentando destruir a sua vida conjugal”…
    Estou muito confusa, reverendo, tenho medo de tomar posse das profecias de Deus pra minha vida, e no final as profecias serem enganosas por parte dos profetas.
    Estou sofrendo com esse relacionamento, acho que a culpa não é do meu namorado pois isso só começou depois da doença dele, mas está difícil.
    Tens alguma dica ou conselho pra mim, em relação a tudo isso?
    Obrigada!
    Que Deus te abençoe imensamente!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada D. Menezes,
      É preciso separar as coisas: de um lado, seu relacionamento de afeto e carinho para com seu namorado, incluindo a condição de estar com ele saudável ou não; outra, as lutas que você tem passado, em parte por causa da enfermidade dele. Se você o ama de verdade, alimente o relacionamento com mais dedicação e amor ainda. Quanto às lutas, elas fazem parte da nossa caminhada de fé. Todos que querem viver piedosamente serão perseguidos, foi a mensagem de Paulo a Timóteo. Prossiga firme, confiando no Senhor e na sua Palavra, não necessariamente em opiniões alheias.
      Deus te conceda força e graça.

  57. M. Carvalho disse:

    A paz do Senhor, reverendo!
    Bom, eu namoro um rapaz há 2anos, ele era “Perfeito”, sinceramente nunca tinha deixado a desejar, ele era carinhoso, fiel, atencioso e me amava muiiito. Só que neste ano, ele mudou porque foi diagnosticado com bipolaridade, a partir daí, o conto de fadas acabou, e apesar de não ter traído fisicamente, ele me traiu de diversas formas, enfim, tudo o que eu nao esperava aconteceu… eu perdoei ele e tudo mais, hoje em dia, ele está se tratando e tem melhorado muito com os remedios, mas eu sinto que nao somos mais como eramos antes. Nos últimos dias ele nao está tão atencioso, enfim, acho que o nosso relacionamento se desgastou muito ddpois dessa doença, antes era tudo perfeito, e do nada aparece essa doencae muda tudo!! Olha, esses dias eu me lembrei,e isso não sai da minha cabeça, lembrei de uma vez, quando ainda viviamos o conto de fadas, a gente estava sentado no banco de uma praça, quando apareceu um senhor que eu nunca tinha visto na vida, ele nos viu, perguntou o nosso nome, e dissera ele “fulano, (apontou pra mim) ela pensa que você é uma coisa, você pensa que você é outra, mas Deus sabe quem você realmente é. (ex:se meu nome é camila, ele disse:) olha, muitas camilas virão.” Aí ele foi embora… depois que ele saiu eu pendei “nossa, era mais fácil este senhor estar falanfo isso pra mim, porque pro mei namorado isso não se encaixa, è mais provável que eu seja isso, não ele…” mas aí eu fiquei com a cara meio assustada aí meu namorado virou pra mim e me deu um beijo na bochecha, srgurou minhas mãos e me disse, “vdoc sabe, né amor, pra mim só vai existir sempre você, vc é o amor da minha vida, eu te amo e vamos ficar juntos pra sempre, até velhinhos” aí logo depois a gente parou de tocar nesse assunto… acontece que, de fato, por causa da doença que ele teve, pastor, ele ficou o contrário de tudo o que eu queria pra minha vida, virou o inverso dos nossos planos, virou o inverso do que ele era quando nos conhecemos… enfim, foi muito confuso tudo isso… pastor, eu não consigo acreditar que não é é para ficarmos juntos, poxa no começo era tudo tão bom, a gente era tão unido, e nesse ano nós passamos por tantos problems por caus dessa doença dele, ele quase ficou doidi, depois ficava deprimido, nossa foi tão difícil. Eu não entendo também, uma coisa, se não era pra ficarmos juntos, pq então 2 pessoas da nossa igreja (aliás, igreja em q nós íamos, já que agora, nem pensar em Deus, ele pensa mais) chegaram um dia pra gente, e em diferentes dias, mas no mesmo mês falaram há uns quatro meses atrás, que não era pra gente contar nossos planos pra ninguém pois tem muita gente invejosa por perto, eles daí eu penso que se falaram isso, era pq devemos lutar pra ficar juntos. Pastor, estou tão confusa, o que o senhor me aconselha a fazer? Não consigo entender qual é a real vontade de Deus pra mim,. De acordo com o que o senhor leu aqui, por acaso vc tem lguma dica pra mim? Ou opinião sobre o queveu disse, sobre essa situação? Fique com Deus, e muiti obtigada q Deus t abençoe imensamente

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada M. Carvalho,
      O tempo do namoro é apropriado para conhecermos a pessoa amada e chegarmos a uma conclusão de duas: vamos prosseguir e chegar ao casamento ou vamos desistir do outro? Este é um tema que diz respeito a vocês dois. Ouvir conselheiros, ouvir familiares, principalmente, os pais, é muito bom, mas a conclusão terá que ser de vocês dois. Dúvidas num relacionamento são normais, até o ponto de serem esclarecidas, no entanto, se elas não tardam a se resolver ou aumentam, isto é um indicativo de que é melhor findar o relacionamento.O tempo do namoro serve para isto, pois, se não houver resoluções neste período, no tempo do casamento, isto poderá agravar em muito o relacionamento conjugal, podendo ser fatal.Deus te dê sabedoria na decisão a ser tomada.

  58. Ivalnete Santos disse:

    Pastor estou passando por grande tribulação com o meu marido a ponto mesmo de perder o sentido da vida mais como tenho muita fé em Deus estou suprando e pedindo ajuda e proteção a Deus.
    A minha pergunta é sempre que estou aflita e pedindo ajuda abro a biblia e peço para Deus falar comigo e sempre vem essa passagem.
    Isaias capitulo 50 v8-11
    Isaias capitulo 51-v12 ao 16
    mim explica por favor e ore por mim pastor.

    • Rev. Juarez disse:

      A Palavra que o Senhor tem dado a você é de estímulo e confiança, mesmo em meio às tribulações. Confie no Senhor. Coloque mais um versículo neste rol de palavras de motivação: “Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais ele fará” (Salmos 37.5).
      Em Cristo.

  59. Vanilda disse:

    Pastor por favor me responda , se o esposo sai de casa para morar com outra e continua procurando a esposa para relacionamento sexual e a mesma aceita por ama-lo , essa mulher esta errada , o que fazer pastor estou sofrendo muito, me sentindo ultrajada , violentada e usada, o que fazer se ainda o amo.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Vanilda,
      Ninguém precisa tolerar um marido adúltero, mesmo amando-o muito. Além de não deixar-se ser usada, cobre uma decisão dele acerca da vida conjugal; caso ele insista numa vida dupla, você deve tomar suas providências.
      Deus te oriente.

  60. Magali disse:

    Graça e Paz,
    Tenho uma dúvida e gostaria que o senhor me ajudasse: sou divorciada há 15 anos nunca mais tive ninguém. Recentemente me interessei por um pastor, viúvo.
    Ele também demonstrou interesse por mim. Recentemente, conversamos sobre o assunto e ele me disse que não poderíamos nos casar pelo fato de eu ser divorciada e ele será consagrado apóstolo, o que o torna um sacerdote, tendo, portanto impedimentos para se casar comigo. Isto realmente procede?

  61. Deyse Cruz disse:

    Pastor o que faço para me livrar de um relacionamento que o julgo é desigual?
    essa pessoa me maltrata, me xinga, me humilha mas eu não tenho forças de acabar o relacionamento. Parece que estou amarrada. toda vez que terminamos eu sinto uma opressão no peito parece coisa diabólica. Tenho medo de ficar sozinha, sempre sofri de solidão, de desprezo pela minha própria família. Sempre fui muito sozinha então me apeguei muito, e esse relacionamento está minando minhas forças espiritual e física também. Quero voltar pra Deus, eu pertenço a Deus mais estou sem forças, o que faço? me oriente em Deus… Amém.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Deyse,
      Não entendi se você se acha casada ou apenas tem um relacionamento eventual com outra pessoa. Independente disto, o fato é que ninguém deve permanecer num relacionamento em que é afligida e maltratada. Há inclusive lei severa em nosso país contra maus tratos para com as mulheres. Tome providência, se necessário de ordem legal.
      Em Cristo.

  62. Alyne disse:

    pastor me ajude…
    apos uma briga na qual cobrei algumas atitudes de meu marido,ele tem me maltratado,não fala comigo,dorme em quarto separado,tirou a aliança,diz o tempo todo que ta de saco cheio…disse que queria que eu fosse bonita…mas ao mesmo tempo esses dias brigou comigo por que o professor da academia estava falando comigo…ele não dorme mais do meu lado,so me magoa,eu só choro,estou com depressão por conta disto,tomo remedios e não sei o que fazer…devo me separar?????to sofrendo muitooo

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Alyne,
      Provérbios 15.1 declara que a palavra dura suscita a ira, mas a palavra branda desvia o furor; a violência gera violência. Oro a Deus para que você e seu marido possam respeitar-se mutuamente.Divergências devem ser sanadas em paz; um dia não deve terminar sem que qualquer mal-entendimento seja sanado (Efésios 4.26).
      Deus te dê muita sabedoria.

  63. Anônima disse:

    Pastor, antes de conhecer a Cristo eu mantive relaçoes sexuais com meu ex-namorado. Fico presa a ele no mundo espiritual? Se eu me casar com um cristão qual será a postura dele diante isso?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada irmã,
      Se alguém está em Cristo é nova criatura, as coisas antigas passaram, eis que tudo se fez novo (II Coríntios 5.17). Tudo na sua vida, agora, é novo. Nova atitude, nova postura, novo relacionamento, novo propósito. Louve a Deus que lhe deu a bênção de um recomeço, agora, na presença dEle.
      Deus te abençoe.

  64. Carolina disse:

    sou pecadora , fiz sexo com vários homens …posso me casar …frequento a igreja e ela esta me modificando … mais aindo sou tentada pelo o mundo . Como alcançar a minha libertação?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Carolina,
      Você não só pode, como deve casar-se. Arrependa-se de uma vida de prática sexual fora do casamento; Deus te perdoará e, te dará, em tempo oportuno, um marido de verdade. Quanto à tentação, lembre da oração que Jesus ensinou, o Pai Nosso: “não nos deixeis cair em tentação”; a tentação não é pecado, cair nela, sim. Então, muita oração.

  65. Caryna disse:

    tomei banho com meu namorado estou muito arrependida sera que podemos tomar santa ceia, vamos nos casar em julho e esta muito dificil para nois ele ainda e lider do grupo de jovens o que devemos fazer ?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Caryna,
      Você e seu namorado devem se preservar para viver a plenitude da vida íntima debaixo dos laços matrimoniais. Havendo arrependimento pelo fato narrado em sua indagação, o Senhor já te perdoou e, ainda, declara: não peques mais (João 8). Quanto à Ceia, a recomendação é que devemos tomá-la fazendo um auto-exame (I Coríntios 11). Feita a auto-avaliação, havendo arrependimento de pecados cometidos, devemos tomar a Ceia, até como um sinal de nossa decisão de retomar com toda a força o caminho do Senhor.
      Deus te abençoe.

  66. Cristiane disse:

    Tentei perder a virgindade com o meu noivo,e agora estou arrependida e tenho duvida se Deus me perdoa

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Cristiane,
      O Salmo 51.17 afirma que o coração quebrantado Deus não despreza. Se há arrependimento sincero em seu coração, Deus já perdoou seu pecado. A pergunta é: você já se perdoou? Não há razão para você deixar de se perdoar, uma vez que o Senhor já perdoou você.

  67. Giesele disse:

    Como proceder com o meu marido que hoje está afastado da igreja,pois ele fica chateado comigo por não sair com ele,mas que atitudes tomar já que ele gosta de ir a lugares como bares e baladas

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Giesele,
      Você não é obrigada a acompanhar seu marido em ambientes que não edificam a sua vida e, infelizmente, ele também não é obrigado a acompanhar você na Igreja. Continue a frequentar sua Igreja. Por outro lado, com certeza, haverá lugares em que você e ele poderão estar juntos, buscando uma melhor convivência. Continue orando por ele, para que ele conheça o caminho do Senhor e, também, te acompanhe na Igreja.

  68. Ingrid disse:

    Oi pastor. Eu e meu noivo estamos juntos há 9 meses. Ele resolveu se converter, e eu estava afastada, voltei para a igreja. Ficamos 4 meses sem manter relações. Logo após o batismo, ele teve uns problemas em casa, aí minha mãe achou melhor ele vim morar aqui. Mas mesmo antes disso, eu fiquei um tempo na casa dele, dormindo lá. Depois desses 4 meses, ficamos refletindo, o que é o casamento, procuramos na bíblia, e começamos a achar que um papel não mudaria a nossa vida. Também ficamos com medo da nossa relação acabar virando \”irmandade\”, pois dormimos juntos sem ter nada, e eu já não estava sentindo desejo por ele. Temos responsabilidade como casados, nos sustentamos, mas o nosso trabalho ainda não é suficiente para casarmos. Moramos na casa da minha mãe, ela mora só, e ela achou melhor ficarmos aqui até organizarmos melhor a nossa vida melhor. Depois disso, tivemos relaç ões uma vez só. Pretendemos casar o mais breve, dá a entrada dos papeis no cartório, mas ainda falta algumas coisas para isso. Ele está se formando no meio de 2013, e isso ajudará, pois provavelmente conseguirá um emprego melhor com a sua formação. Ele tem 25 anos e eu tenho 18. Queria saber se é errado termos relações.
    Obrigada desde já!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Ingrid,
      Você e seu noivo querem casar-se de verdade ou só ficar brincando de casados? Quem decide morar junto, na casa dos pais ou em sua própria casa, mas não assume a real condição de casado, está só brincando de ficar casado. Com todo respeito, não é só questão de formatura e melhoria financeira, é questão de caráter. Agora, você deixou uma pergunta objetiva no final, que merece uma resposta igualmente, objetiva: se vocês mantém relações sexuais e não são casados, estão cometendo pecado. Minha orientação é: se afastem de todo este abrasamento, marquem o casamento para o mais breve possível e, então, no casamento de verdade, desfrutem da plenitude da vida conjugal; qualquer coisa fora desta ordem, é só brincadeira, por mais sério que pareça.

  69. Isabela disse:

    oi pastor hoje eu briguei com o meu marido por causa que eu pedi para ele comprar um movel e ele nao quis ai eu disse a ele que ele deu um fogao a uma mulher do passado e para mim nao o que eu faço que ele vai demorar a se falar comigo me orienta

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Isabela,
      Você e seu marido devem buscar organizar um orçamento familiar, onde as necessidades de ordem material possam ser melhor clarificadas. Com certeza, o Senhor não deixará faltar nada de tudo o que vocês precisam. Por outro lado, clareza nas coisas financeiras ajuda em muito a evitar contendas conjugais; o contrário, também, é verdade.

  70. Karolina disse:

    Paz do Senhor!
    Queria voltar pro meu ex namorado,o pior que ele já tem namorada,como proceder?
    Obrigada!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Karolina,
      Namoro que se rompe pode ser retomado. No entanto, seu namorado, no presente, está namorando outra pessoa. De sua parte, você não deve fazer nada para ele romper com ela. Caso o namoro deles termine,
      ele estará livre para retomar com você. Tudo a seu tempo. Coloque a questão diante de Deus, em oração. Afinal, seria melhor retomar um namoro que, por alguma razão, se rompeu? Deus não teria uma situação melhor para você? Lembre-se do Salmo 37.5: “Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais ele fará”.
      Deus te dê sabedoria.

  71. Mônica disse:

    pr eu micasei com 18 anos i com 19 mi separeipor motivo de traisao dai comesei a mienvouver com um e outros ate que um dia acabei mi engravidando de um garoto queria fazer o aborto mais nao consegui por ajuda de um um desconhecido q mi deu todo apoi pois eu esta desviada ficamosmo juntos por auguns mes e nus separamos voutei a si envouver nova mente com outros rapaz augus deles da igreja ete que um dia voutei para o meu primero marido e fiquei gravida dele e enseguida nos nus separanmos e nova mente voutei a cometer tudo minovo hoje eu esto morando com um m homem que si separo da esposa pra fica comigo eramos da mesma igreja seja bem obijetivo na sua resposta eu esto serta ou erada?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Mônica,
      Sendo bem objetivo, como você pediu, você precisa estabilizar-se; é tempo de romper com múltiplos relacionamentos; seu primeiro marido traiu você e, pelo visto, você achou que poderia também viver múltiplos relacionamentos a partir disto; a roda girou e você voltou para ele, mas não durou. Agora, você se acha com alguém que deixou sua família para ficar com você; até quando? O ideal seria você retornar ao seu marido e retomarem o matrimônio, regado a um grande espírito de perdão. Mas pelo visto, isto está fora de cogitação. A realidade é que você hoje está num relacionamento que pode não prosperar, pois seu companheiro tem uma família, e a qualquer hora ele poderá retornar ao seu lar; aliás, isto você deveria recomendar a ele. Assim sendo, tendo rompido o presente relacionamento, saiba esperar no Senhor.

  72. Patrícia disse:

    sou evangelica e casei com um homem maravilhoso ,mas e catolico fanatico ,preciso de forcas para converte-lo, mas toda vez que falo pra ele da verdade ele discute comigo e defende ate o vaticano ,o que faco?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Patrícia,
      Primeiramente, não converta seu marido; deixe isto para o Espírito Santo, pois este é o ministério dele. Ore muito pelo seu marido, no sentido de que ele venha a conhecer a verdade da Palavra de Deus; acima de tudo, crie um feliz ambiente no seu lar; que ele possa saber mais de Cristo, por meio da sua vida, do seu carinho, do seu cuidado com o lar e com as pessoas, do que por meio de alguma ênfase meramente religiosa. Leia I Pedro 3.1-6, acho que é bem o seu caso.
      Deus te dê um lar verdadeiramente cristão.

  73. Robson Fernandes disse:

    A paz do senhor!!
    gostaria de saber se a minha noiva pode se casar branco na igreja na igreja evangelica ?
    Ela ja foi casada,mais o marido morreu

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Robson,
      Acredito que sua noiva ficará muito bem vestida de branco, como em geral as noivas se vestem. Nada a impedirá de tal.
      Feliz casamento.

  74. Tamires disse:

    Bom, namoro há 7 anos com uma pessoa, e agora estamos preparando nosso casamento que vai acontecer em 2014.
    Ocorre o seguinte, sou católica e sempre quis casar na igreja católica, só que tem um problema, a mãe dele é da igreja congregação do Brasil, e disse que não vai de jeito nenhum no nosso casamento!
    Não sei o que fazer, pq ao mesmo tempo que não acho justo para o meu noivo, não a ter a mãe dele ao seu lado neste dia, tbm não acho justo mudar o meu sonho por causa dela!!! Existe algo que eu possa fazer, sei lá, algum órgão que eu possa procurar na igreja dela para pedir uma especie de autorização para ela ir ao nosso casamento???
    Estou desesperada!!!

  75. Maria Luciana disse:

    Pastor, existe isso de Deus querer que uma pessoa se case com outra? Por que ja ouvi isso de duas pessoas: “eu nunca imaginaria que ia me casar com ele”; “se eu fosse escolher, eu nunca teria me casado com ela”. Ouvi isso de dois crentes. É por que eu mesma quero escolher meu futuro marido. Mas quando ouvi essas frases fiquei triste. Então, Deus é quem escolhe com quem eu devo me casar? Abraço.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Maria Luciana,
      Deus é soberano em tudo o que acontece. Por outro lado, isto não isenta nossa responsabilidade pelos atos e atitudes que tomamos na vida. Deus tem um propósito para sua vida no que tange à sua vida conjugal, no entanto, você é que terá que decidir com quem vai se casar. Deus nos oferece, em sua Palavra, parâmetros e indicações quanto ao que fazer e o que não fazer neste objetivo. Você deve considerar estas orientações bíblicas e procurar alguém que corresponda a esta perfil. Ore constantemente a respeito, e mesmo já estando casada, continue se esforçando para corresponder também. Infelizmente, muitos se empenham neste objetivo antes do casamento, e depois deixam para trás; daí, as afirmações que você registrou do que ouviu de muitas pessoas.
      Deus te abençoe.

  76. Talita disse:

    Amado pastor. . . Sou filha de pastor e namoro um rapaz de outra igreja. . . Nos queremos casar, porem meu pai nao quer deixar pq vou ter q ir para outra igreja e por sua vez meu namorado tambem nao quer ir p a minha igreja. . . A luz da biblia o que é correto a fazer?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Talita,
      Sei que esta é uma situação difícil. Alguém vai ter que ceder. Como a Bíblia ensina que a coisa mais bem-aventurada é dar do que receber (Atos 20.35), então quem ceder será mais abençoado.
      Em Cristo.

  77. Natália disse:

    Pastor,
    tenho 19 anos e sou evangélica há 12 anos. Me afastei da igreja há uns 3 anos mas no ano passado retornei para a igreja, para a graça de Deus. Entretanto, namorei um rapaz durante 10 meses. Ele não ‘segue’ nenhuma religião, mas acredita em Deus. Eu e ele terminamos nosso namoro há um mês porque precisei de um tempo, para restabelecer meu relacionamento com Deus. Porém, não deixamos de nos falar, somos muito amigos acima de qualquer coisa, e, portanto, saímos como amigos, até mesmo para conversar a respeito de nós.
    Nos amamos, e tenho, profundamente, em meu coração que nosso amor é um sentimento dado e abençoado por Deus.
    Eu sempre pedi a Ele alguém com as características desse ex-namorado e, tenho pedido dia após dia para Deus abrir o coração dele para que ele o aceite verdadeiramente em sua vida, assim como eu fiz.
    Porém, antes de começar um novo relacionamento com esse rapaz, que é ‘simpatizante’ pela religião evangélica, gostaria de certos conselhos de como proceder com ele, para incentivá-lo a querer ir à igreja comigo, conhecer mais a palavra de Deus e assim, começarmos um relacionamento, de fato, que nos conduzirá à felicidade.
    Agradeço e que Deus o abençoe!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Natália,
      Que bom que ele simpatiza com a fé evangélica, falta, apenas, ele se converter ao Senhor Jesus. Não abra mão disto por nada, antes de qualquer tentativa de retorno do namoro. E esteja certa de que a decisão dele por Cristo é sincera. Ele realmente tem tudo o que você pediu ao Senhor, menos este detalhe, que não é detalhe nenhum; é toda a diferença.

  78. Marcos disse:

    A paz do Senhor!
    Gostaria de saber se posso pedir pra Deus em oração pra Ele mostrar a minha futura esposa através de sonhos?
    por várias vezes Deus ja tem me falado dessa benção e isso faz alguns anos que Ele vem me falando sobre minha vida sentimental, acontece que durante esses anos eu acabei me envolvendo em relacionamentos que pensei ser a benção que Deus havia me prometido, e tive algumas decepções por não pedir confirmação antes de me relacionar, depois disso eu tomei uma decisão de não tentar mais nada sem que primeiro haja alguma confirmação da parte de Deus das duas partes, e agora eu estou com isso na mente e no coração de pedir pra Deus me mostrar em sonhos quem é essa pessoa que ele me preparou pra não dar mais cabeçada na parede por escolhas erradas, não quero ver uma pessoa e achar ela interessante e sonhar com ela pois isso pode ser coisa do meu cérebro, mas quero sonhar antes de ver essa pessoa, só assim não resta dúvidas que não é algo do meu subconsciente, imagens que meu cérebro gravou, eu acredito que Deus pode me mostrar em sonhos pois ele tem poder pra isso, só tenho essa dúvida se há algo de errado nisso, em fazer esse tipo de petição.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Marcos,
      Quando o Senhor quer revelar alguma coisa para alguém por meio de sonhos, Ele o faz. No entanto, não é sua maneira habitual. A Palavra
      de Deus é o manual da sua revelação; nela encontramos tudo o que
      precisamos para conhecer a vontade de Deus. Nela você não vai encontrar o nome, os dados pessoais, a silhueta de sua futura esposa,
      mas você encontrar os princípios que Deus quer em uma esposa para
      você; depois, é só unir o perfil à pessoa, nunca esquecendo, de
      que com certeza você não terá nenhuma dúvida quando a encontrar.
      Deus é maravilhoso para com aqueles que o buscam de o coração.

  79. Joice disse:

    A Paz Pastor! Parabéns pela dedicação a esse site q é uma benção!
    Pastor, tenho uma situação em minha vida que gostaria de estar pedindo um conselho, namorei um rapaz da minha igreja por 10 meses, durante esse tempo sempre tive mtas dúvidas se era da vontade do Senhor ou não, gosto mto de estar envolvida nas coisas de Deus, e ele quando começamos a namorar fazia pouco tmpo q tinha voltado para os caminhos do Senhor, e depois q começamos ele começou cada dia mais se dedicar pois eu falava mto da importancia de Deus em nosso relacionamento, e ele entendia, oravamos juntos, mas eu sempre com dúvida, até q um dia, depois de ficar ouvindo oq as pessoas falavam, eu acabei terminando, e para minha surpresa, sofri muito, muito mesmo, pois ele estava me fazendo uma falta enorme, qdo tentei falar com ele, ele magoado não quis falar comigo, e ele começou a se afastar das coisas de Deus e aí q eu sofria mais ainda, então depois de 3 meses, ele veio até a mim me perdir perdão, e eu o perdoei mas não voltamos, mas está dificil pois gosto dele e ele de mim, e só o fato de termos nos perdoado ele está retomando as atividades na igreja… Falei para ele para orarmos mais, ele fica ancioso, mas não quero dar um passo errado, pois não quero ficar namorando mto tempo, quero noivar e casar, ja que, ja namoramos por um tempo… Pastor, será q estou sendo tola? Será q estou certa? Oq o Senhor me diria? Será q nestes 3 meses Jesus não poderia ter arrancado esse sentimento se não fosse da vontade dele? Eu faço mtas campanhas nesse favor…
    P.S: Há algumas questões q me preocupam nele, dizem q a gente na hora de escolher um namorado tem q olhar a família dele, a mãe dele serve a Deus, mas o pai é afastado e ele é bem apegado ao pai.. Será q pode influenciar?
    Obrigada Pastor! Deus abençoe!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Joice,
      Você e este rapaz podem perfeitamente reatar o namoro, mas desta feita, deve ser prá valer e para estabelecer uma meta visando o casamento, aliás como você deseja. Esta história de ir e vir, namorar e terminar e namorar de novo, para terminar de novo, não fica bem na vida do crente. Quanto a olhar a família é uma medida boa, mas não a única. Timóteo tinha a mãe crente, enquanto seu pai permanecia pagão (Atos 16.1) e foi muito usado pelo Senhor. Agora, este rapaz precisa dar provas de que é firme no Senhor, e não agir com temeridade, igualmente, neste ir e vir no serviço de Jesus.

  80. Jessika disse:

    sou evangelica e meu namorado e catolica não praticante, eu quero muito que ele se converta e vá para a mesma igreja que eu ou até mesmo outra igreja evangelica. ele diz que nao se senti bem na minha igreja, mais nao procura abrir o coração, sempre com o coração fechado com a mesma opinião que os evangelicos só querem saber de dinheiro. mais eu tentei explicar pra ele as coisas e ele não quer entender, estou desesperada, eu amo muito ele não quero perde-lo o que posso fazer? já entreguei nas maos de Deus quero que Deus faça a obra no coração dele mais ele parece estar fechado.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Jessika,
      Seu namorado tem um sério defeito: quer ser respeitado, mas não respeita. A fé que ele carrega por tradição de família, já que ele não a pratica, ele deseja que seja respeitada, no entanto, generaliza a Igreja Evangélica e nos toma por “dinheiristas”. Falta-lhe coerência. Considere isto, antes mesmo de pensar na questão mais essencial, que é o fato de você ser crente em Cristo e ter uma vida espiritual, rumando para o céu, e ele não ter esta vida. Sinceramente, não vejo como prosperar este namoro. Por outro lado, que Deus tenha misericórdia dele e ele se converta ao Senhor; mais importante do que o namoro é a vida em Cristo.

  81. Ana Cris disse:

    Escrevo de Portugal, sou crente há 3 anos, mas infelizmente este ano que passou estive desviada dos caminhos do Senhor..conheci o meu actual namorado e há um ano que estamos juntos, ele não crê em Jesus. Arrependi me da vida que tenho levado, voltei aos caminhos do Senhor, pedi perdão, e já expus ao meu namorado no que creio, ele naturalmente vê uma mudança repentina em mim, que não compreende, mas tem tentado respeitar e colocado o que sentimos um pelo outro em primeiro lugar, além do mais é um rapaz serio, sincero, verdadeiro que me trata muito bem..no entanto não crê no senhor e não sei como lidar com isso..o que fazer, oro por ele..para que conheça a Jesus..como posso saber se Deus o que na minha vida? Eu não o quero perder, nos damos nos tão bem…temos uma relação harmoniosa e de muita amizade!
    Obrigada pela resposta antes de mais, e parabéns pela disponibilidade

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada irmã,
      Se o seu relacionamento afetivo não contribui para o seu desenvolvimento espiritual, deixe o seu namoro e firme-se em Cristo. No presente, está estabelecido um jugo desigual: você crê em Cristo e ele não. Ore para que ele conheça a Cristo como seu Salvador pessoal e, quem sabe, vocês possam em tempo oportuno reatar o namoro.
      Deus te conceda sabedoria.

  82. Ana Karla disse:

    estou casada a 6 anos,estou passando por uma crise conjugal terrível, sou evangelica e ele esta afastado,ele esta gostando de outra mulher,e eu estou sem saber o que fazer.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Ana Karla,
      Seu marido se acha nesta condição porque tem deixado os valores de Cristo e se apegado a outros valores. Ore para que ele volte para o Senhor Jesus. Desta forma, ele não somente retornará para o melhor do seu casamento, mas para o melhor da própria vida, que é andar em Cristo. Nada obstante, caso ele resista a voltar a Cristo e acabe cometendo adultério, sou forçado a dizer que isto é uma situação intolerável para você. Não aceite tal condição passivamente, como se fosse uma cruz a ser carregada. De qualquer forma, vamos intensificar nossas orações a favor dele para que se reencontre com o Salvador Jesus.

  83. Anônima disse:

    A paz! Pastor… Estou muito confusa no que fazer… Sei que o vou contar aqui é bem complicado… Sou casada 12 anos e tenho 2 filhos… Me batizei a 2 anos e entrei no ministerio de louvor… Sou dona de uma companhia de limpeza… No qual em um certo dia, o meu lider de louvor me pediu emprego… Comecamos a trabalhar juntos e acabamos nos apaixonando. Ele tbm é casado. Sempre fomos muitos sinceros.. Chegamos aos nossos conjuges e dissemos que nao os amavamos mais.. Mas eles nao aceitaram o fim do casamento. Mas nunca falamos que era as pessoas. Nesse caso, ficamos divididos entre o temor e o amor. Ate que um dia a esposa descobriu que era eu a pessoa que ele ama. Nos amamos, nao temos contato fisico.. Apenas nos falamos por text e fone. Eu me afastei de tudo na igreja, virei banco. Ele nao. Continua no ministerio como lider. A esposa tbm é levita e sabe de tudo. Inclusive engravidou apenas p prender ele a ela. Estou separada do meu marido, ele nao aceita a separacao, e nao é crente. Tenho certeza que nao sinto nada por ele mais! Ja a pessoa que eu amo, me diz que me ama, mas que ta esperando a vontade de Deus na vida dele… Acha que nao esta pecando pq diz que é sincero de coracao c Deus, por isso continua no louvor! Ja disse a ele que queria procurar a minha pastora e expor tudo que estou passando, pq nao suporto mais essa situacao, a esposa dele mal me olha… Mas ele fala p eu nao fazer pq seria um escandalo e nao suportaria… O que eu faco por favor? Eu oro tanto aa Deus.. Estou jejuando e me consagrando… Mas nao consigo tira-lo da minha cabeca! Por favor me ajudem

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada irmã,
      De fato, é uma situação bastante difícil; envolve dois casamentos, duas famílias, a Igreja, e, acima de tudo, o bom nome do Senhor Jesus.
      Com todo respeito, o irmão que lidera o ministério e diz amar você, e entende que não vê pecado porque é sincero, na verdade, ele está sendo
      sinceramente pecador. Você se acha em aliança com seu marido, e deve retornar para ele, buscando reencontrar o caminho da felicidade, que ficou perdido em algum lugar. Ele, igualmente, deve trabalhar melhor o seu casamento, inclusive, agora, com a chegada de um novo membro da família. Por favor, leia e medite em Malaquias 2.10-16.
      Deus te abençoe.

  84. Danielle disse:

    Olá Pastor, sou nova por aqui e espero que o senhor me ajude.
    Sou casada a 6 meses, e nos conhecemos há quase 4 anos.. Amo muito meu marido.. Mas quase todas as noites já há alguns meses, depois q me casei, venho sonhando com meu ex-namorado. Ele congrega na minha mesma igreja, tem namorada e ela tah até esperando um filho dele (não são casados). Mas percebo ainda o jeito q ele me olha. Não ligo muito pra isso (ou talvez ligue, não sei). Nós não nos falamos. Perdi minha virgindade com ele, tivemos juntos quase 4 anos, mas aconteceu muitas coisas nos ultimos anos de namoro e sei q ele guarda muita mágoa. As vezes penso q talvez ele ainda goste de mim.. pois assim q noivei, ele deu a entender pra algumas pessoas q não fazia gosto da nossa união, apesar de ja namorar com outra pessoa. Nos sonhos q tenho com ele, traio meu marido.. e as vezes até a namorada dele ou até mesmo meu marido tão presentes no sonho.. as vezes acordo sem me lembrar com o q ou com quem eu sonhei.. mas as vezes eu acordo tipo q desejando q fosse real. . Pastor me ajude. Não sei o q fazer.. Sempre tive uma influencia muito negativa vinda do meu pai, pois o mesmo sempre traiu minha mãe, posso dizer com certeza q herdei isso dele, mas hoje, depois q casei e me batizei não quero viver uma vida de adultera. E não me sinto a vontade pra falar disso com meu pastor ou sua esposa.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Danielle,
      Parabéns pelo seu casamento. Construa a felicidade dentro dele. Seu ex-namorado é passado para ser esquecido. Não alimente seus sonhos; eles não querem dizer absolutamente nada, a não ser que, agora, você se acha casada e deve respeitar seu marido. Não se martirize por sonhar o que tem sonhado, apenas, não coloque em sua mente qualquer coisa além da busca de uma vida plena com seu marido.

  85. Lidiana disse:

    Olá, Pastor!
    Tenho 28 anos e meu noivo, um pouco mais que 30 anos. Nasci em lar evangélico, nunca me desviei e estou firme até hoje. Conheci meu noivo, através de uma amiga e há 4 anos estamos juntos. Ele não era cristão quando nos conhecemos. Logo, tratei de fazer com que ele frequentasse assiduamente a igreja. Depois de 1 ano de namoro, sem que eu esperasse ele aceitou a Cristo. Passou por um período de discipulado e no início do ano passado, ele se batizou nas águas. Ficamos noivos no final de 2011. Já temos 1 ano de noivado, e a nossa casa própria já está sendo reformada para casarmos. Ele ficou um bom tempo desempregado e eu assumi as reformas da casa sozinha. Agora, ele voltou a trabalhar, mas a reforma da casa está parada apenas por falta de condições para pagar pedreiros, apesar de faltar apenas o acabamento. Hoje, estamos com algumas dívidas, e a cerimônia na igreja será impossível no momento. Hoje, pensamos em casar no civil e ficarmos morando cada um em sua s casas até que consigamos terminar a reforma da casa e depois, que acertarmos as contas, certamente casaremos na igreja. Esta é a forma que encontramos para casarmos oficialmente, e viver uma vida de casal, sem pecar desobedecendo os princípios Bíblicos e não ir contra a vontade de Deus, sendo esta – a nossa santificação. Estaremos errando se casarmos no civil, mas continuarmos morando cada um na casa dos pais mesmo que por um curto período de tempo [ até que a casa esteja completamente reformada]?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Lidiana,
      Parabéns pelas etapas até aqui em busca da felicidade conjugal. O casamento civil é uma lei dos homens que deve ser obedecida, sempre. O
      casamento religioso, traz a bênção divina para o lar, que não pode ser dispensada. No instante em que vocês assinarem os papéis no cartório vocês estarão casados; a bênção divina pode ser ministrada pelo seu pastor em caráter bastante simples; desta forma, não vejo razão para vocês continuarem morando em casas separadas; aliás, não fará bem para o matrimônio. Então, de duas, uma: ou vocês aguardam a reforma encerrar-se e promovem os dois atos, civil e religioso e mudam-se para sua casa, ou realizam os dois atos, civil e religioso, e estando plenamente casados, mudam para a casa, e mesmo morando lá, aguardam a reforma terminar.

  86. Maria Ruth disse:

    estou num segundo casamento porq no primeiro houve traição e ai me casei de novo faz 5 anos e tenho um filho desse casamento so q meu marido e bipolar e agora achou na biblia q noa podia ter casado comigo por eu ja ter sido casada e acha q Deus ta o castigando por isso e que o divorcio mas ele esta em crise e tomando medicamentos oq eu faço pastor me orienta

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Maria Ruth,
      A bipolaridade do seu marido não tem nada a ver com a Palavra de Deus. Ele e você poderiam ter se casado, sim. E, de fato, acham-se casados, inclusive com uma abençoada geração. Seu marido precisa de tratamento médico especializado e, também, muita oração.
      Deus te dê muita sabedoria.

  87. Natércia disse:

    A paz pastor, aminha pergunta e a senguinte. Vivo maritalmente e quero me separar, meu parceiro me violenta psicológicamente já nao estou aguentar temos 2 filhos. Será pecado se me separar? Autra e seguinte sou nascida de novo e batizada pelo espirito santo em linguas estanhas. Mas sempre que leio a biblia oro ou qualquer outra coisa relacionado com Deus sinto vontade de largar o meu parceiro e ir me casar com um moco tambem nascida de novo e sinto que Eu ele temos uma missao a comprir. Namorei com ele 12 anos atras ele nao era convertido eu tambem mas esses doz anos ele se converteu e pregava eu tambem me converti desde lá sinto amor pelas pessoas de amar o mundo abrassar, falar de Deus a essas pessoas, pregar, orar por elas e explussar demónios . De me uma direcção estou perdida. E sinto que o homem com quem eu morro nao e meu, que a casa que construimos junto tambem nao e minha. parece que estou a viver uma vida que não e minha. Me ajude tem algumas explicação para isso tudo.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Natércia,
      Mesmo não sendo legalmente casada, a rigor você se acha casada com o seu parceiro. Você não deve tomar iniciativa para separar-se dele por motivo religioso ou espiritual; no entanto, se ele age com violência psicológica, você deve prevenir-se, se necessário, com ação judicial. Por outro lado, ore para que ele venha converter-se ao Senhor Jesus e vocês tenham uma vida feliz, em Cristo, inclusive com a possibilidade da regularização matrimonial. Este é o melhor caminho. Não pense em novo casamento, sem trabalhar para consertar o presente casamento.

  88. Rodrigo disse:

    sou cristao e prego a palavra mas igravidei uma garota e noa sei o k faso agora me ajuda pastor

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Rodrigo,
      Assuma a paternidade, trabalhe para casar-se com esta jovem e reencontre sua felicidade e sua missão debaixo da família que você vai constituir.
      Em Cristo.

  89. Alex disse:

    boa noite pastor. sou casado ha 7 anos, e tenho um filho de 11 meses. Desde que minha mulher engravidou, nos nao temos mais relação, semana passada..eu nao aguentei e acabei indo a uma prostituta. Estou arrependido, eu amo minha esposa. Estamos afastados da igreja a 1 ano. Eu devo contar a ela?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Alex,
      I Coríntios 7.3-5 recomenda que os cônjuges não fiquem privados
      da intimidade sexual por muito tempo, justamente para não dar lugar
      ao pecado. Você e sua esposa devem conversar a respeito. É bom
      verificar se não há algum impedimento de ordem física e até clínica. Se necessário, procurem a ajuda de um psicólogo. E, por favor, uma vez que você se arrependeu do feito, não volte mais a este pecado para desfrutar da bem-aventurança completa (Provérbios 28.13).
      Deus te conceda sabedoria no lidar desta matéria.
      Em Cristo.

  90. Ariele disse:

    oi!!Sabe eu gostava de um rapas porém ele é 9 anos mais velho do que eu.Eu fui naminha igreja e pedia comfirmaçaõ de Deus sobre esse rapaz a irma~que horo para mim disse que Deus ia me dar o que o meu coração almejava.Mas não foi só essas profecias tevo muitas outras dizendo que Deus ia me dar ele mas por primeiro DEUS IA MODELA O VASO.Mas eu conversava com ele como amiga. dai depois de um tempo resolvi contar o que sentia po ele mas ele penso que eu fosse outra guria depois que ele viu que era eu ele me disse tantas coisas que magoaram meu corção.Sabe estou muito triste naõ consigo mais levantar a cabeça.Não poque ele não me quis mais sim porque Deus permitiu eu ser enganada.Me ajuda não sei o que fasso

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Ariele,
      “Enganoso é o coração mais do que todas as coisas” (Jeremias
      17.9). Não foi o Senhor que te enganou, foi o seu coração e o de
      quem supostamente estava falando em nome do Senhor. Deus não é
      mentiroso. Pode confiar e esperar nele.

  91. Driele disse:

    Preciso de conselhos. Namoro há 5 meses e recentemente me batizei. Ainda não entendo muito sobre a bíblia. Eu tive relações sexuais com meu namorado a pouco tempo. Depois senti culpa e um peso na alma porque errei. Meu namorado e eu pesquisamos sobre a santa ceia. Se eu poderia tomar ou não. Acabei tomando a ceia e lá conversei com Deus arrependida de tudo, pedindo perdão. Queria saber se agi certo. Se eu realmente deveria tomar a ceia. Fiz certo?
    Paz.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Driele,
      As relações sexuais são para o casamento e não para o tempo de namoro. Preserve-se para esta abençoada oportunidade. Tome o propósito de não mais ter relações até o seu casamento e, com certeza, participe integralmente das bênçãos do Senhor, inclusive da Santa Ceia.

  92. Elisangela disse:

    Pastor o que faço para ter a certeza se realmente devo lutar pela volta do meu ex marido ,ou se devo desistir ,pois queria tanto que deus me responde-se se ele é ou ñ a pessoa certa para mim.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Elisangela,
      Toda a luta em prol da manutenção de um casamento é necessária. Ore continuamente a respeito. Rogue ao Senhor para que mude o coração de seu marido. Roque também ao Senhor para que transforme o que é necessário em sua vida para o retorno dele e uma vida conjugal muito feliz. Entregue isto ao Senhor, e Ele, com certeza, tudo fará (Salmo 37.5).

  93. Antonio Azevedo disse:

    Pastor, se eu e minha namorada, aceitarmos Jesus, ela voltando a religião que estava afastada, e eu pela primeira vez, é contra as regras das leis dormimos juntos? Já que moramos longe de casa, e a mesma tem medo de dormir sozinha.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Antonio,
      Se dormir juntos significa ter relações sexuais é, sim, contra as
      regras. No entanto, o que você parece estar alegando é que é mais
      seguro ela dormir onde você mora, e vocês não pretendem ter
      relações sexuais. O risco que vocês correm estando na mesma casa é
      muito grande. Somos fracos e susceptíveis. Mesmo tendo a melhor das
      intenções, vocês poderão acabar tendo relações sexuais porque muitas coisas serão propícias para tal. Então, é melhor evitar “dormir juntos”. Além do mais, é melhor não dar aparência do mal.

  94. Carol disse:

    Olá Pastor tenho uma duvida muito grande sou evangelica da assembleia de Deus namoro a 3 anos e sou noiva a 4 meses eu me meu namorado fazemos sexo e queria saber se quando casar com ele esse pecado é perdoado? Me responda por favor abraços obrigado

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Carol, a grande questão não é esta. O que você deve
      entender é que o fato de ter relações sexuais antes do casamento é
      pecado (isto parece que você até entendeu), mas que irá prejudicar
      sua vida conjugal no futuro. Namoro não é test drive para casamento;
      são etapas distintas e crescentes, visando a plenitude da vida
      conjugal. O noivado, também, não é uma concessão. Deixe de
      imediato esta prática. Agilize seu casamento. E nele desfrute a
      benção do deleite conjugal. Aí, sim, você será alvo de um pleno
      perdão do Senhor.

  95. Denise Guesso disse:

    PASTOR,sou casada no civil eu tenho que casar na igreja tambem para participar da santa ceia do senhor,sou evanjelica mais tenho essa duvida.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Denise,
      A cerimônia religiosa não é exigível. No entanto, você pode
      solicitar do pastor uma bênção nupcial em caráter privativo, na
      sua própria casa.
      Felicidades na vida familiar.

  96. Elizabeth disse:

    A biblia relata casamento no civil, com certidão? qual o respaldo p isso? Pq a biblia só fala de divórcio? Pq duas pessoas não podem se dar em casamento como era no passado, sem certidão civil? Preciso de resposta

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Bethy,
      Somos cidadãos pautados pela Palavra de Deus e, também, pela lei
      dos homens. O casamento civil é uma conquista que dá suporte às
      famílias; não deve ser visto como empecilho, mas como segurança e
      garantia de direitos.

  97. Fabiele disse:

    Se eu me casar somente no Cartório e não na Igreja, ainda vou continuar vivendo em situação de pecado?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Fabiele,
      O casamento civil atende às exigências legais e assegura direitos
      aos cônjuges, extensivos aos filhos no futuro. A bênção nupcial e,
      não propriamente a cerimônia religiosa na Igreja, trazem a bênção
      do Senhor no lar; esta pode se dar de maneira singela, pela
      instrumentalidade de um ministro, sem maiores custos, próprios de
      solenidades.

  98. Gabriela disse:

    olá,
    gostaria de saber o seguinte: meu namorado casou-se na igreja presbiteriana, mas por motivos de traição da ex- esposa se divorciaram! agora queremos nos casar, ele pode se casar novamente na igreja?!
    Obrigada, atté!

  99. Gorette disse:

    sou evangelica e meu marido não, ele quer fazer sexo oral, como devo proceder?
    Responder

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Gorette,
      A intimidade do casal deve ser resolvida com feliz comunicação e
      entendimento. O que a Palavra de Deus proíbe, deve ser motivo da
      nossa contenção; o que ela não proíbe, não deve ser imposto por
      qualquer instituição religiosa.

  100. Josi disse:

    Pastor gostaria de saber meu marido está em adultério e eu descobrir mais ele falou que não sai de casa e pecado eu ter relação com ele?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Josi,
      Em pecado se acha seu esposo e, não você, mesmo que venha a ter
      relações sexuais com ele. Agora, o que você não pode tolerar é
      ele manter este estado de coisas; daí, sim, você estará pecando por
      consentir com o pecado dele. Conceda-lhe um prazo curto para deixar a
      prática do adultério, caso contrário, seu casamento ficará
      insustentável.

  101. Kéziah disse:

    eu e meu esposo somos evangelicos e ele leva uma amiga todos os dias para o trabalho? como vou agir diante dessa situação? sendo que já passei por essa experiencia antes e não foi boa.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Kéziah,
      Seu marido deve saber que isto a incomoda. Com todo o respeito,
      creio que a amiga dele pode arranjar um outro jeito para ir ao
      trabalho. Pessoalmente, não recomendo alguém ficar constantemente em
      companhia de alguém do sexo oposto, que não seja o seu cônjuge;
      isto é mais ou menos como andar muito na beira do precipício: uma
      hora a gente escorrega e cai; é bom guardar distância.

  102. Rayssa disse:

    Meu namorado é um propósito na minha vida, como posso explicar isso pra ele?

  103. Tiburcio disse:

    eu sou evangelico e conhece uma moça vevangelico a dois meses e ja estou em planos de casar sera que podemos ser felizes

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Tiburcio,
      Tempo de conhecimento e namoro não é o único critério para a
      felicidade. No entanto, será que realmente houve oportunidade para
      vocês se conhecerem minimamente. Recomendo mais alguns meses para
      levar avante esta tarefa de se conhecerem; não precisam esperar
      demais a ponto de ficarem abrasados, mas talvez, mais um pouco e
      vocês estarão seguros de que devem se casar mesmo.

  104. Pamela Ariana disse:

    Antes de eu aceitar a Jesus tive um namorado e engravidei só que nao fiquei com ele , dai fui pra igreja me converti , me batizei ,dai Deus me deu um homen de Deus pra namorar , tivemos um namoro Santo como manda a biblia noivamos e agora vamos nos casar posso me casar de noiva ou seja de branco ??

    • Nanny & Winston disse:

      Prezada Pamela,
      Gostaríamos de recomendar que lesse algumas das respostas que o Pastor Juarez tem dado a perguntas semelhantes à sua, que acreditamos esclarecerão suas dúvidas: a Ailton (07/11/12), a Robson Fernandes (30/12/12), a Carol (06/02/13) e a Driele (06/06/13).
      Em Cristo.

  105. Josely disse:

    Em nome de Jesus , eu estou precisando de um socorro urgente…
    Pastor , fui casada e hoje estou divorciada mas ainda amo meu ex marido ele não me perdoa por eu ter tido um relacionamento com outra pessoa , mas este relacionamento só veio depois que ele saiu de casa …passei 1 ano sozinha com meus filhos depois ele quiz voltar mas não achei que nossa vida podesse ser melhor por ele ainda gostar de beber muito …. mas sei que não foi da vontade de Deus a nossa separação …sofro muito pois a mas de 2 anos ele ta com uma mulher tenho orado ao senhor pra que ele me liberte destes sentimento que ainda tenho por ele … mas até agora nada. Deus não me responde …
    Não quero dar a meus filhos um padrasto ele me procura mas pra ele ficar comigo como a outra e a mulher que ele esta como a esposa isto eu não quero me ajude preciso de um socorro ja pensei em tirar minha vida … vendo o pai dos meus filhos com a vida de solteiro passeando e se divertindo uma mulher eu tendo todas as responsabilidades com os nossos filho sozinha me sinto injustiçada … em nome de Jesus me ajude …

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Josely,
      Situação bastante complexa a que você tem vivido. Você tem buscado a Deus e, aparentemente, Deus não tem respondido às suas orações. Deixe-me dizer: Deus está ouvindo e respondendo às suas orações, sim. Talvez, não do modo que você gostaria, mas eu asseguro, Deus sempre tem o melhor para nós, não importam as circunstâncias. “Entrega o teu caminho ao Senhor” (Salmo 37.5)
      Quanto à situação conjugal em si, o que você deve buscar é corrigir o rumo. Infelizmente, o divórcio aconteceu; não aceitamos o divórcio como a melhor, muito menos, como a única saída, mas o próprio Senhor Jesus declarou que o divórcio acontece por causa da “dureza do nosso coração” (Mateus 19.8). Não creio que um retorno ao seu primeiro casamento possa se dar nas atuais condições, pois, ele está casado com outra mulher. Você tem direito à reconstruir sua felicidade com outrem. Mas atente bem: siga os passos corretos; avalie com zelo e cuidado quem poderá preencher esta necessidade; depois, assuma o compromisso de fazer a felicidade do cônjuge, na medida em que ele também fará o mesmo por você. Casamento não é para a gente fazer a própria felicidade; esta nós já temos em Jesus; casamento é para fazer a felicidade do cônjuge, e quando isto se dá de parte a parte, então é felicidade ao quadrado. E, com certeza, seus filhos serão muito abençoados também.
      Deus te dê força e graça, sabedoria e discernimento.
      Em Cristo,

  106. Camila disse:

    Paz do Senhor pastor. Queria muito tirar uma dúvida com o Senhor, fui do mundo até os meus 22 anos, me converti à 5 anos e conheci meu noivo no ano passado, fiquei 4 anos sem namorar com ninguém pois orava a Deus para ele me enviar uma pessoa conforme os desejos do coração dele, só ressaltava que eu queria uma pessoa com temor a Deus acima de tudo, que estivesse a frente de alguma obra e que me amasse muito. Pois bem, conheci ele e oramos a Deus antes de namorarmos para confirmação de Deus, Deus confirmou nos nossos corações, começamos a namorar, e conhecendo ele descobri que ele é uma pessoa muito amorosa, que tem muito temor a Deus e ele tem me ajudado muito no meu ministério, tem me motivado, me ajudado no meu problema de baxa auto estima, e minha família toda aprova ele. Nós noivamos e pretendemos nos casar. Mais tem um problema Pastor que têm me deixado muito triste, quando eu era do mundo e gostava de alguém, só conseguia sentir atração por essa pessoa durante o tempo em que eu não criava uma certa intimidade com ela, a partir do momento que eu conhecia bem aquela pessoa eu enjoava e não conseguia deixar ela nem me tocar, ficava brava com essa pessoa, era muito ruim. Namorei 5 anos desse jeito, sem sentir vontade de ser tocada, tive relações com esse namorado porque era do mundo mais me odiava depois. Não gostei de ter relações sexuais. Orei muito a Deus durante esses 4 anos e pedi para que Deus não permitisse que isso acontecesse de novo quando eu encontrasse a pessoa certa, mais infelizmente aconteceu, no primeiro mês de namoro senti isso novamente, e tenho orado e lutado contra isso pois acredito no casamento e na familia e quero construir isso, amo meu noivo, ele sabe de tudo isso pois já falei pra ele, mais ficamos muito tristes quando voltamos nesse assunto, tenho medo de casar e não querer ter relações com ele, fico brava as vezes quando ele quer me beijar, quero muito me libertar disso, as vezes penso que não amo ele pois se amasse isso não acontecia, mais aí me lembro de como foram meus outros relacionamentos e penso que isso é um problema que eu tenho, que é independente das pessoas que me relaciono, se não fosse com ele aconteceria com outra pessoa. Preciso muito de ajuda, se puder me direcionar sobre o que eu devo fazer, quero muito lutar por esse relacionamento. Abraço

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Camila,
      Deus nos fez seres sexuados, não apenas para a procriação, mas
      para o deleite também, tudo debaixo de um casamento. Em outras
      palavras: Deus aprova uma vida de intimidade sexual do casal, ao mesmo
      tempo em que condena a intimidade daqueles que não assumiram o
      compromisso do casamento. Leia I Coríntios 7.3-5 e tenha esta
      cristalina orientação da Palavra de Deus.

  107. Cristina disse:

    Olá, Pastor
    Necessito de um auxilio.
    Namoro a 4 anos, quando conheci meu namorado eu era desviada.
    Porém começamos a ir na igreja, ele conheceu Jesus, mas não se converteu de se batizar. Saímos da igreja, pois não tínhamos força, para deixar de pecar(relações sexuais), e nós sentíamos indignos de estar na presença de DEUS. Nunca deixamos de conversar sobre DEUS e de como sentimos saudades de estar com Jesus.
    Agora resolvi voltar a igreja e me firmar na fé, eu quero muito seguir Jesus e que nada me atrapalhe.
    Conversei com meu namorado a respeito, e ele se agradou de minha escolha, porém não o obriguei a ir para igreja junto comigo, pois creio que é uma decisão somente dele, ele disse que não tem força, que quer mas tem medo de não conseguir, se sente muito distante de Deus, eu disse a ele que eu não vou mais pecar, e ele disse que me respeita, porém, não poderia me dizer que quer seguir Jesus, pois no momento ele não tem uma certeza.
    Quanto ao caráter do meu namorado não preciso nem questionar, em relação de frequentar bares e baladas, ele nunca foi disso, ele não bebe nem fuma, e em 4 anos jamais ouvi q ele tenha me traído. Ele me trata muito bem, e somos muito amigos acima de tudo.
    Então o que faço? Pensei em orar para que Deus converta o coração dele e que consigamos casar e ser felizes na presença de Deus.
    Porém penso que vai haver julgo desigual e que pode ser que ele não chegue a se converter.
    O que acontece é que ele é um homem, como poucos, porém não é de Deus ainda!
    Grata

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Cristina,
      Namoro é um período muito importante para conhecermos alguém,
      seus gostos, seu jeito de ser, seu projeto de vida; é o tempo para
      avaliar se seremos felizes se, por acaso, viermos a casar. Namoro,
      também, não é tempo para desenvolver intimidade sexual; esta virá
      no casamento. Por fim, namoro não é método de evangelismo. Rogo a
      Deus que seu namorado se converta de verdade. Mas caso isto não venha
      a acontecer, avalie até onde o casamento poderá ser absolutamente
      completo, estando você em Cristo, e ele, não.

  108. Érica disse:

    pastor,nasci no berço evangelico,mas me desviei aos 14 anos,DEUS me livrou da morte,sei pois atraveis de profecias,mas graças a DEUS eu voltei p cristo,mas quando voltei,eu ja estava amigada cm meu esposo,e tenho uma filha,nao estou indo a igreja,pois moro em um sitio,cm mnha sogra,eles sao catolicos,meu marido tmbem,entao nao vou muito a cidade,mas sinto muito a falta de ir a igreja,quando vou em cerqueira cesar,eu vou a igreja cm minha mae,enfim, minha pergunta pastor é que,eu estou amigada so cm meu marido,nos brigamos muito,ate quase todo dia,mas ,ja tentei separar dele,pois separando eu poderia servir a jesus,mas nao sei ,chega a hra,eu tenho dó dele,da familia dele,pois sao apegados em minha filha,queria saber pastor,quando jesus vier nos buscar,eu subiria p o ceu,eu sendo amigada cm meu marido?e se eu nao me dou bem cm ele,é um sinal de DEUS P QUE EU SEPARE,POIS ELE NAO É MEU PREPERADO,tenho tanto medo pastor de ir p o inferno,por favor me ajude a esclarecer,e se eu estiver pecando,fazerei o que DEUS MANDAR.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Érica,
      O que você deve fazer não é separar-se do seu companheiro, mas
      resolver a situação em que vocês se encontram. O casamento, de
      papel passado, vai ajudar a resolver as coisas. Não é a única coisa
      a considerar. Não vai poder faltar respeito, diálogo, compreensão
      e, acima de tudo, amor. Mas o compromisso é vital.

  109. Luana disse:

    Boa tarde !
    Preciso de uma ajuda , um conselho . Eu estou namorando a 3 anos só que a um tempo atrás eu me afastei do senhor e acabei traindo meu namorado só que agora eu ja voltei para Deus me arrependi verdadeiramente pelo que eu fiz , confessei a deus o meu pecado e pedi perdão . Meu namorado e eu estamos noivos agora , eu não sei se eu conto pra ele que naquela epoca eu o tria , sei que se eu contar eu vou perder ele pois ele nao aceita traição , eu devo contar ?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Luana,
      Infelizmente, você vai ter que abrir o jogo com seu noivo, até
      para que ele tenha a oportunidade de mostrar o verdadeiro amor, que
      perdoa. Se você omitir isto dele, mas por alguma razão ele vier a
      saber, não terá qualquer confiança em você. Ore a respeito, rogue
      ao Senhor que prepare o seu e o coração de seu noivo para esta
      matéria. Entre omitir uma traição para preservar o relacionamento e
      ser absolutamente verdadeira para não prejudicar futuramente o mesmo
      relacionamento, fique com a segunda opção.

  110. Michelle disse:

    Boa tarde Pastor!
    Estou passando por uma fase bem dificil, na minha relação afetiva, namorei um rapaz bem bacana… mas aconteceu dele mentir pra mim e minha familia td ficou contra ele….mas meu coração ainda bate bem forte…
    Peço por Deus… uma oração e que nosso Senhor fale comigo atraves de vc ! agradeço a ajuda….

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Michelle,
      Credibilidade é uma das coisas mais preciosas que nós temos;
      perdê-la é extremamente danoso. Ore para que seu namorado se
      arrependa e demonstre claramente isto. Quem sabe ele aprende deste
      afastamento a não usar mais da mentira, afinal, mentira é coisa do
      diabo (João 8.44).

  111. Rafael disse:

    Meu nome é Rafael.e eu namorava a 3 anos, depois de alguns meses ela comeco a ir pra igreja e eu sempre o amando como se fosse o primeiro dia. Eu a conheci na igreja. Eu era levita. E eu ela pecamos e acabamos nos afastanto da igreja. E sempre um tendo amor pelo outro. (pelo menos da minha parte ) dai ela comecou a dizer em termina e tal. Dae terminamos. Eu sofro ate hoje com isso. Por que eu ainda a amo. So que agora ela comecou a namorar o filho do pastor da igreja que ela esta indo. Eu queria saber ae isso esta correto. Se isso é coisa que Deus faça. Nao consigo entender. Nao acredito que Deus faria isso cmg. Por favor me ajude.. Obrigado

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Rafael,
      Tem por certo que Deus sempre tem o melhor para nós. No exato
      instante de nosso sofrimento temos dificuldade de compreender certas
      coisas. Mas quando andamos da verdade do Senhor, tudo se esclarece. Se
      ela já está namorando outro rapaz, não a procure mais. E espere no
      Senhor no tocante à pessoa amada.

  112. Ricardo disse:

    Bom dia. Estou começando minha caminhada para conhecer Jesus agora, e gostaria de saber algumas coisas sobre o batismo. Não sou frequentante da igreja, mas pretendo ser agora, e gostaria de tirar algumas dúvidas sobre o batismo, pois tenho muita vontade de me batizar e ser fiel a Deus.
    Tenho uma namorada e dormimos juntos, gostaria de saber se pode fazer isso ou não depois de batizado ( mas não temos mais relações sexuais, pois decidi isso e quero me entregar a Deus e fazer as vontade dele). E quero saber o que pode e não pode.
    Dez de já agradeço a atenção.
    Que a paz de nosso Deus e pai e seu filho Jesus Cristo esteja convosco.
    amém.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Ricardo,
      Você e sua namorada deitam na mesma cama e dormem juntos, mas não
      têm relações sexuais; mas se acham bem perto de ter. Vocês estão
      andando na beira do precipício; qualquer vacilo vocês vão cair. Meu
      conselho é: durmam em camas separadas; durmam em quartos separados;
      aliás, durmam em casas separadas. Aguardem a ventura do matrimônio
      para se unirem definitivamente (Gênesis 2.24, 25).

  113. Tony disse:

    Eu, vivi com uma mulher a mais de 10 anos e neste tempo eu não era Cristão e hoje graças ao Senhor estou servindo a Ele e quando aceitei Jesus eu estava separado dela e agora depois de 1 ano e meio ela mim procurou para recosntruir nossa Familia mas meu pastor fala que não posso morar com ela até ela se converter para os caminhos do Senhor e não sei o que Fazer!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Tony,
      Respeite o seu pastor. Ele deve ter algumas razões para orientar
      assim. Não vou contrariar uma orientação de um outro obreiro do
      Senhor, a menos que se configure uma realidade que fira a Palavra de
      Deus.

  114. Alexsandra disse:

    Sou Cristã e meu esposo tmb!!!Temos 4 filhos.Tenho duas ele tem dois,moramos todos na mesma casa.O filho dele mais velho leva a namorada para ter relação em seu quarto,eu não autorizo mas meu marido diz que eles são maiores de idade.Minha pergunta é:Entra algum tipo de maldição em minha casa?Como posso explicar na palavra para o meu marido???

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Alexsandra,
      O mandamento do Senhor é que nossa vida de intimidade sexual deve
      se dar debaixo do regime do casamento. Seu enteado e a namorada podem
      ser maiores de idade, mas não se casaram. Continue demonstrando sua
      desaprovação, pois ela está em conformidade com a Palavra de Deus.
      Ore para que seu marido tenha a mesma compreensão. Por fim, motive os
      jovens namorados, maiores de idade, a serem suficientemente maduros
      para não ficarem brincando de marido e mulher, e se casem de uma vez,
      já que são tão adultos assim.

  115. Ana disse:

    bom dia eu acabei de casa faz 1 e alguns dias mas estou muito arrependida queria me separa mas tenho medo pois sou evangelica

  116. Átila disse:

    Estou gostando de uma pessoa e tenho orado para o espirito santo toca-la pois tenho medo de falar e perder sua amizade pois somos da mesma igreja e nao quero um namoro e sim um desposamento pois quero algo de Deus e se ela nao aceitar,ja sonho com ela Deus nos levantando para um ministerio por favor me de um conselho pois acho que estou é amando mas nao acho justo em falar em amor cem entrar-mos no que a biblia diz.Obrigado e te aguardo um retorno fica com Deus.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Átila,
      Seu propósito é muito abençoado: unir-se em casamento com a
      pessoa amada. Mas primeiro você deve aproximar-se da pessoa, depois
      desenvolver amizade, e ai propor um período de namoro, visando
      aprofundar o conhecimento mútuo e preparando-se para o casamento. Se
      em algum ponto desta marcha houver percalço, então, a resposta de
      Deus para este relacionamento é “não”. Mas você tem que se arriscar
      um pouco, para saber se há de Deus um “sim” ou um “não”.

  117. Florinda disse:

    Vivo uma relacao marital a 7 anos mal correnspondida pelo meu marido, ele esconde me a vida dele, quem sabe sao os familiares dele e amigos. Qual sera a minha saida desse problema? Peco ajuda

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Florinda,
      Sete anos é tempo suficiente para se obter um mínimo de conhecimento mútuo. Dê oportunidade ao seu companheiro de se revelar; talvez seja exatamente isto o que ele está precisando fazer. Além disto, sete anos, também, é tempo suficiente para deixar a mera relação marital para ter um casamento completo, de
      compromisso e verdade.

  118. Gil disse:

    Olá pastor eu namorei uma jovem caimos ela se afastou da igreja eu devo voltar com ela? ela disse que me ama ela era virgem. e esta solteira!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Gil,
      Vocês podem retomar sim o namoro, mas agora em novas bases,
      especialmente, saber esperar a chegada do casamento para viverem a
      plenitude da intimidade conjugal.

  119. Jessica disse:

    eu e meu namorado somos evangelicos, e estamos juntos a 2 anos, mais ele mudou e tá mentindo pra mim, e eu to muito magoada, por favor me dê uma palavra\’ eu to achando que n é do agrado de Deus, mais eu amo ele muito e n sei o que fazer, me ajude em nome de Jesus!

  120. Amanda disse:

    olá, eu tenho 16 anos, namoro a 1 ano e 7 meses , eu e meu namorado nunca tivemos relações sexuais nem entre nós e nem com outra pessoa, porém constantemente nos imaginamos tendo relações e nos perguntamos se é pecado, pois o pensamento surge do nada , não há como evitar, mais temos medo de ser um pecado.

    • Nanny & Winston disse:

      Prezada Amanda,
      Cremos que a resposta à sua pergunta já foi dada pelo Pastor Juarez a Camila em 27/02/2013. Agradecemos sua participação.
      Em Cristo.

  121. Tanymara disse:

    Fui casada mais me separei a mais de 10 anos, e me converti a 4 anos… Posso me casar novamente?! Onde encontro resposta bíblica para essa duvida?!

    • Nanny & Winston disse:

      Prezada Tanymara,
      Queremos convidá-la a consultar as perguntas e respectivas respostas dadas pelo Pastor Juarez a Mara (23/11/2011), Cláudia Patrícia (16/10/2012), Mônica (23/11/2012) e Magali (30/12/2012). Com certeza você terá respondida a sua pergunta. Obrigado por sua participação. Deus a abençoe.

  122. Juliana disse:

    Bom dia Reverendo! Por favor preciso de um esclarecimento. Sou divorciada e frequento igreja presbiteriana. Atualmente estou morando com uma pessoa e desejo muito me casar oficialmente. Ocorre que ele, meu parceiro, não é evangélico e se recusa, acha desnecessário o casamento. Sei que deveria ter visto isso antes, mas agora, já faz 03 anos que estamos juntos e tenho vergonha de frequentar a igreja, pois sei que a bíblica condena tal situação. Por esse motivo, não me sinto mais digna em frequentar os cultos e participar da senata ceia. Decidi não ir mais aos cultos e aguardar o julgamento de meu Senhor Jesus. Gostaria de sua atenção. Deus lhe abençoe!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Juliana,
      A questão fundamental é que por que seu parceiro não acha
      importante o casamento. Vocês vivem maritalmente, então é como se
      fossem casados. O papel (civil) é o menor. Quem faz o maior, com
      certeza, faz o menor. No entanto, quem não faz o menor, será que
      fará o maior?
      Creio que você deveria voltar a frequentar a Igreja e prosseguir em
      um luta de oração para que seu parceiro se conscientizasse da
      importância do casamento; não é mera questão religiosa e
      espiritual, é social, legal e muitas outras coisas. Afinal, o que o
      impede de tomar esta decisão?
      Deus te abençoe.

  123. Mauro disse:

    Minha esposa afirmou que me odeia e que estou ainda em casa por eu quero e nem estou enganado… que posicao tomar diante a Palavra?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Mauro,
      As pessoas aprendem a amar, mas também aprendem a odiar. Pelo
      visto, sua esposa está na presente fase. Mas é possível reaprender
      a amar. Invista nisto com todas as tuas forças. Ore a Deus para que
      te dê discernimento e sabedoria para tratar com sua esposa.
      Permaneça em casa e ame profundamente a sua esposa. O amor prevalece
      sobre o ódio.

  124. Amigo disse:

    Ex-marido pode dormi na casa de sua ex-esposa, por causa de seu filho de 16 anos mesmo ela tendo um novo relacionamento

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Amigo:
      É uma situação estranha. Poder, pode. A questão é como o novo
      casal encara esta presença. Talvez, a prudência recomendasse que o
      pai, quando fosse visitar seu filho, se hospedasse em outro lugar. Mas
      é questão de prudência, não de lei, nem de justiça

  125. Ana Leticia disse:

    eu tenho um namorado e é promessa de DEUS , mas a gente anda brigando mt, nao estamos nos dando tao bem, mas queremos muito se dar bem , me de conselhos biblicos , ou acha melhor se separar ?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Ana Letícia,
      Promessa de Deus, sim, mas não exime você e seu namorado de
      cultivarem a tolerância, o respeito, a paciência, ingredientes
      fundamentais num relacionamento. Você sabe o que é necessário para
      se fazer uma guerra? Resposta: nada, é só deixar o ser humano ser
      aquilo que ele é. Agora, você sabe o que é necessário para fazer a
      paz? Resposta: muita coisa, dá bastante trabalho buscar viver em paz
      uns com os outros.

  126. André Luiz disse:

    apaz gostaria de saber duas coisas, o casal pode participar da santa ceia quando ouver um desentendimento comum no lar? a segunda é o espirito santo se afasta do casal quando estão fazendo sexo desde ja grato gostaria de resposta com referencias biblica, paz de cristo.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado André Luiz,
      A presença do Espírito Santo no coração do crente é um selo
      permanente (Efésios 1.13); não tem jeito dEle ficar entrando e
      saindo do crente; é habitação permanente (Romanos 8.11); quando o
      crente peca, (porque crente, infelizmente, ainda não alcançou a
      impecabilidade) traz tristeza ao Espírito Santo (Efésios 4.30), mas,
      mesmo triste, o Espírito permanece no seu coração. Quanto à
      relação sexual do casal, ela não é, em absoluta, pecaminosa; é um
      ato de amor, realizado com deleite, para o qual o Senhor nos
      constituiu.
      Quanto à participação da Ceia, recomendo que o casal que teve um
      desentendimento e, no momento, de participar da Ceia, é sugerido um
      auto-exame (I Coríntios 11.28), faça a referida avaliação, e,
      então, “coma do pão, e beba do cálice”, até como um gesto da
      decisão que estarão tomando naquele momento de fazer as pazes.

  127. Débora disse:

    Eu e meu namorado batizamos agora e somos evangélicos firmes , quantos meses temos para nos casar dentro da Lei do Senhor ? E podemos casar só civil ?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Débora
      A adesão à Igreja, pelo batismo, e o casamento não mantêm uma
      relação direta. Vocês devem casar, quando entenderem, pela
      direção de Deus, que é tempo de casar. O casamento civil pode vir
      acompanhado de uma bênção religiosa, sem necessidade de um rito
      muito pomposo, que pode trazer muitas despesas. E parabéns por
      estarem firmes no Senhor.

  128. Isac disse:

    fisso sexo com minha namorada ja passei uma santa ceia sem tomar e agora posso continuar a tomando ?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Isac,
      A Santa Ceia você pode tomar. O que você não deve é ter
      relações sexuais com sua namorada. Deus reservou a vida conjugal
      para desfrutarmos a bênção da nossa sexualidade; fora dela, sempre
      haverá conflito com o propósito de Deus. Deixe esta prática, assuma
      um compromisso com Deus e participe da Ceia do Senhor.

  129. Juce disse:

    disse para o obreiro da igreja que estou gostando dele ele pediu para eu orar para DEUS significa tenho nchance mas ele tem 18anos eu 35anos não e loucura estou pensando em batizar mas ele me disse que tem que ser por vontade minha não pór causa dele o que faço

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Juce,
      Ore muito mesmo. Nossa vida afetiva precisa estar em absoluta
      consonância com o propósito de Deus. Diferença de idade, não é
      tudo, mas é preciso levar em consideração. Agora, se ele está
      servindo com um líder da Igreja, você não apenas deve se batizar
      (suponho que você tem a Cristo como seu Salvador pessoal), mas
      dispor-se ao sacrifício do ministério junto de seu futuro marido.

  130. Larissa disse:

    tenho um primo adotivo, ou seja, não somos parentes de sangue… Seria pecado namorar/casar com ele?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Larissa,
      Não há nenhuma consaguinidade entre vocês; portanto, o risco de
      eventual enfermidade nos filhos fica descartado. No entanto, para
      namorar/casar considere outros fatores: respeito mútuo, boa
      comunicação entre vocês, um projeto de vida a dois, e o mais
      importante, ambos andando no temor do Senhor.

  131. Leny disse:

    sou casada ha tres anos e meio e sonhei que estava vestida de noiva para casar de novo com o meu marido e na hora de casar o noivo era outro ,o ex marido da minha irmã caçula ?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Leny,
      Foi só um sonho. Viva a sua realidade conjugal junto ao seu esposo.
      É com ele que você está casada. Nem de longe, cogite qualquer outro
      pensamento. Deus abençoe a sua família.

  132. Luana disse:

    sou evangelica casada mas meu marido me traiu e me abandonou ja faz 11 meses e ele continua com a outra mulher o que devo fazer posso dar o divorcio a ele

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Luana,
      Desconheço as circunstâncias da sua separação, mas afirmo, você não tem mais vínculo com seu marido, porque ele tomou tal iniciativa(Mateus 19.9), então, providencie a separação definitiva.

  133. Patricia disse:

    Olá pastor, preciso de uma ajuda..
    Sou evangélica desde o berço , meu pai é pastor , sou batizada e eu sou do grupo de louvor da minha igreja mais por esses dias eu cai na carne com meu namorado (estamos juntos a 9 meses) e ele tambem é batizado, uns profetas já disseram que nosso namoro é confirmado.. mais eu e meu namorado estamos na dúvida se devemos ou não tomar a Santa Ceia, o que devemos fazer? Por favor nos ajude a tirar essa dúvida! a paz

  134. Raquel disse:

    pastor, casei-me c/ uma pessoa espirita n crente sou de berço evangelico estava viuva algum tempo n quis esperar o senhor preparar um esposo hoje ele me regeita é bom educado me faz tudo mas me ignora estaria eu ja pagando o preço faz só 5 meses que me casei.

    • Rev. Juarez disse:

      Raquel,
      Deus almeja que nossos lares sejam sede da sua presença; nossa casa é, por assim dizer, Igreja do Senhor. Evidentemente, a sua Igreja está incompleta, pois você professa a fé em Cristo e, seu marido não. No entanto, você casou-se com ele, e agora deve permanecer no matrimônio (I Coríntios 7.12-13). Ore muito pela conversão do seu marido. Ame-o profundamente e viva uma vida que testemunhe a salvação em Cristo, para que ele seja impactado pelo seu procedimento (I Pedro 3.1).

  135. Simone disse:

    Pastor meu nome é simone e eu estou com meu namorado a 4 anos e moramos juntos logo em seguida, comecei namorar ele traindo o meu marido, mas no ano passado encontrei jesus e agora eu não amo mais ele… só que ele me ama,, e ele se converteu tbm,,, ja orei e quanto mais oro mais não amo ele como homem…. oq faço,,,por favor me ajude

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Simone,
      Se entendi, você traiu seu marido (e também o deixou) e se uniu a um namorado, em convivência marital, o qual, agora, você não ama mais. Você deveria tomar o rumo de efetivar seu casamento, num compromisso definitivo; a questão de amar e não amar mais, precisa ser gerida por um compromisso e não por sentimentos.

  136. Thata disse:

    Pasto, eu namoro com um garoto que não e crente e eu sou evangelica, uns dias atrás eu falei para ele que eu so iria continuar namorando com ele só si ele fosse evangellico ai ele fikou meio assim na hora, ai depois ele disse que vai mim acompanhar em tdas as reunião, ele disse tambem que ele vai tentar entra para igreja,, Pastor o que vc acha disso e o que devo fazer??? eu gosto muitoo dele e ele tbm gosta muito de mim,,!! quais dicas vc mim dar para ajudar ele si converter???

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Thata,
      O que o seu namorado precisa é conhecer a Cristo como Salvador pessoal; ser evangélico, frequentar Igreja, isto não quer dizer muita coisa. Mas se ele estiver em Cristo, então, as demais coisas se ajustam.

  137. Thayla disse:

    Olha pasto, graça e paz..!! eu sou evangélica faz 4 anos, eu namoro com uma rapaz que não é evangélico, meus pais não são de acordo com o nosso namoro pq ele não é evangélico, ai eu tive uma conversa pra dizer que ele tinha que entra para igreja para nos podemos viver felizes , pasto a gente se gosta muitooo , ele disse que pode tentar a cer evangélico, cm eu posso ajudar a ele si converter??? vc acha errado um pessoa evangelica e outra não namora??? Pasto mim ajude eu gosto muito dele e tenho certeza q Deus mim mando ele..!!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Thayla,
      Evangélico ou não, não é questão. O importante é você e ele serem do Senhor Jesus, terem a Cristo como seu Salvador pessoal. Se você está em Cristo, conduza seu namorado ao conhecimento de Jesus como Salvador pessoal. Agora, atente bem: namoro não é método evangelístico. Melhor seria, primeiramente, evangelizá-lo, então ele se entregar a Cristo, e, daí, sim, vocês começarem a namorar.

  138. Marcos disse:

    fui traido antes de sermos casados e evanjelicos devemos continuar juntos

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Marcos,
      A traição é algo muito forte, mas o amor é mais forte ainda (Cantares 8.6). O amor cobre multidão de pecados. Ame profundamente sua esposa e reconstruam seu casamento em bases sólidas.

  139. Rita Oliveira disse:

    A igreja que congrego começou a celebrar casamentos entre pessoas divorciadas.
    Ainda ontem conversei com meu esposo que não vejo legalidade bíblica para isto e que, daí não seria positivo compartilharmos com tal prática., o que incluiria não participarmos destas cerimônicas porque estaríamos concordando com o erro.
    Um dos exemplos é este: Um irmão da igreja abandonou o lar pelo motivo da sua mulher ser uma pessoa rixosa. Ambos eram crentes, ela dirigente de oraçaõ, mas segundo ele o ameaço Ele agora, passados uns 10 anos, está morando há 8 com uma mulher e vai casar com ela. Ela é separada, ele divorciado.
    Não vejo legalidade para este casamento ser abençoado por Deus, qundo leio I Coríntios 7.39.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Rita,
      Creio que sua opinião é repeitável, principalmente, à luz de Romanos 14.22, 23. No entanto, o próprio Cristo, quando indagado acerca do divórcio, não o proibiu, apenas, lembrou que a dissolução de um casamento tem a ver com a “dureza dos corações” (Mateus 19.8).

  140. Rosana Rosa disse:

    No estatuto da igreja evangelica mulheres q ja cometeram atos sexuais nao podem casar de branco pq?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Rosana,
      Até onde eu sei, não há qualquer determinação a respeito da cor do vestido da noiva. Se alguma igreja mantém esta regra, não tirou isto da Bíblia. A referida pureza que o branco do vestido evoca, está no coração, não na roupa.

  141. Nayara disse:

    Bom dia Pastor,
    A ex-mulher do meu marido me odeia muito, ela pois na cabeça dela que foi que acabei com o casamentos deles, sendo que eu conheci meu companheiro ja tinha 1 ano que dois nao estava mais junto, a irma do meu esposo me disse que ela ta fazendo de tudo para ter ele de volta e acho que ta fazendo ate feiticiraia, pois tem dia que eu nao consigo nem olhar na cara do meu esposo e tem dia que ele fica assim comigo, estou fazendo a capanha do salmo 91 por sete dias eu e meu esposo lemos o salmo todos os dias de manha hoje estou no quarto dia. E eu gostaria pedir muita a sua oração, e que me mandasse uma oração que eu possa mandar para a ex-mulher do meu esposo via sms para ela ler, e quebrar todo esse odio que ela senti por mim, o nome dela é Cyntia Rubia Atanasio. E o meu nome é Nayara Moreira dos Santos e do meu esposo Cleiton de Jesus Bueno, peço muita a sua oração, obrigada.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Nayara,
      Estou orando por você e sua família. Permito-me aconselhar que você intensifique seu amor por seu marido e por toda a família. O amor é mais poderoso do que o ódio e qualquer maldade que se faça contra nós.

  142. Ana disse:

    A Paz.
    Eu tenho 36 anos e tenho 4 filhos de relacionamentos que não deram certo. A minha filha caçula tem um ano e o pai dela me persegue, mas não estamos juntos, pois não sinto mais nada por ele. Estou firme com o Senhor, desci as águas, estou em Santidade, oro, faço jejum e estou muito feliz com o Senhor. Não quero mais me relacionar sem a direção de Deus. Minha dúvida é: será que um dia Deus vai preparar alguém para que eu possa ser feliz na minha vida sentimental??? É pecado eu casar, pois já tenho filhos, com alguém???

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Ana,
      Louvado seja Deus que lhe deu a oportunidade de agora estar em Cristo. Você agora é uma nova criatura, as coisas antigas já passaram (II Coríntios 5.17). Sendo assim, mais do que pensar em encontrar a pessoa certa, você tem por alvo ser a pessoa certa. A partir daí, se surgir a pessoa dirigida por Deus, você também estará preparada para desenvolver um relacionamento que te leve ao altar em santidade e amor.
      Deus oriente os teus passos.

  143. Carol disse:

    pastor, tem uma menina na igreja que só fica olhando pro meu namorado, ela tem inveja de mim, ela não gosta de mim (no ano passado foi mt usada pelo inimigo pra tentar em abater, aí eu estava em uma comunhão muito grande com o Senhor e não quis q aquela situação atrapalhasse meu relacionamento com Deus, então td q essa menina falava, eu orava pra Deus e não queria briga com ela! aí outro dia foi uma pastora la na igreja e eu nunca tinha visto ela, ai ela disse tudo o q essa menina tava fazendo comigo, e disse pra eu nao me preocupar mais porque a partir daquele dia Deus ia calar a boca dela… dito e feio!!!)
    mas assim, ela ainda me olha com a cara ruim, e eu ainda sinto um sentimento negativo quando passo perto dela… e já foi afim do meu namorado no ano passado….
    ai agora quando a gente vai pra igreja ela só fica olhando pra ele, acho q ela ainda está a fim dele. isso em incomoda muito pastor! não quero perder minha comunhão com Deus deixando entrar ódio e criando contendas por causa disso, mas está difícil aguentar essas coisas!!
    eu estava pensando em ficar orando só em casa quando visse meu namorado, ler a bíblia juntos em casa, e ver umas pregações na internet… justamente pra não ter q ficar aturando essa menina!! (a propósito, meu relacionamento com meu namorado é muito abençoado e ele não gosta dessa menina, por td o que ela falou de mim, ele não gosta dela, ele tem repúdio a ela, o problema não é eu ter medo que eles fiquem juntos, eu nem cogito essa hipótese, o problema é que estou cansada de invejas e intrigas, tá difícil pra mim ter q ficar vendo a cara dela, pior ainda é ela ser crente e invés de ser usada pra abençoar, está sendo usada pra trazer coisas ruins!!!)
    não sei o que fazer, podes me dar algumas dicas sobre como lidar com isso?
    mt obrigada!!
    inclusive parabéns pela pagina, pois Deus te usa muito pra compartilhar essa sabedoria com a gente, eu tenho visto outras perguntas daqui e suas respostas acima tem respondido algumas questões minhas e isso tem me ajudado mt!!!
    fique na paz!!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Carol,
      A inveja só faz mal para quem a sente, não para quem é invejado. Provavelmente a jovem que inveja seu abençoado namoro vive em crise. Duas dicas: primeiro, ore por ela (Mateus 5.44); depois, esteja confiante no Senhor quanto ao seu namoro; ciúme é sinal de insegurança.
      Deus te abençoe.

  144. Cristina disse:

    Bom dia, Pastor
    Voltei faz um mês para a igreja, mas meu namorado não quis ir comigo, namoro a 4 anos com ele, e quando o conheci eu estava desviada, porém fomos algumas vezes na igreja mas paramos. Agora decidi seguir a Cristo e não pecar mais, disse a meu namorado e ele disse que me respeitava, namorariamos, conforme cristãos, mas ele não quer ir para igreja agora, pois diz não ter forças.
    Bom eu vinha muito bem na caminhada com Deus, até que pequei, cometi atos com meu namorado, que não agradam a Deus, fornicação não cometemos o ato mas sim caricias.
    Sei que fiz por que quis, me arrependo pois sei que as consequências virão.
    Não sei mais se meu namoro é de Deus, pois me faz pecar. Me sinto arrependida e com medo das consequencias, não sei o que fazer. Setermino meu namoro, afim que isso não aconteça mais, ou se oro a Deus para que converta meu namorado e venhamos nos casar, pois no momento meu namorado não quer casar, se diz muito novo para este passo muito sério (20 anos).
    Me auxilie, não sei o que fazer, não quero ficar longe de Deus, por nada e nem por ninguém.
    Obrigada, pela atenção.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Cristina,
      O tempo do namoro é apropriado para avaliar se vamos construir uma vida a dois com outrem ou não. Infelizmente há namoros que são como casamento, os namorados já têm convívio marital. Vocês foram além do que compete ao namoro, mas você, arrependida, retomou o fio da meada, nos padrões da Palavra de Deus. Amém. No entanto, seu namorado aceita esta nova condição, mas nem quer te acompanhar na Igreja (é de se perguntar se ele ia à Igreja com você por outros motivos), e não visa casamento, quando vocês já tinham convivência marital. Se ele não pretende um namoro que leve ao casamento, então, a resposta já está dada. Ore, sim, pela conversão dele, mas não use o namoro como método evangelístico. A ordem lógica é: que ele se entregue a Cristo, então, sim, dirigido pelo Senhor, tenha um namoro cristão com você.
      Deus te dê sabedoria.

  145. Josefina disse:

    o meu marido, só pensa em trabalho, fico nervosa cobro ele, porque não temos atenção dele em casa, desconfio dele não acredito nele, ele grita muito os vizinhos todos ouve e as vezes ele me agride fisicamente preciso tomar um decisão assim não dá p continuar.
    detalhe somos batizados na assembleia de deus.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Josefina,
      Vamos separar as coisas: 1) a ausência de seu esposo em casa: ore para que ele se sensibilize com a necessidade de ser um marido presente, e que a presença dele seja de boa qualidade; 2) se há violência física da parte dele, procure uma delegacia especializada no atendimento a mulheres; isto é simplesmente intolerável. Já temos a Lei Maria da Penha. Basta de violência.
      Deus oriente os teus passos.

  146. Luiz Romualdo disse:

    pastor sou crente batizado mas a minha mulher não e crente e não quer casar legalmente posso tomar santa ceia?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Luiz Romualdo,
      O que impede você de casar-se legalmente? Ore para que sua esposa mude de ideia quanto ao casamento. Ore para que ela conheça a Cristo como seu salvador pessoal. Tendo o propósito de resolver esta pendência, tome a Santa Ceia.

  147. Átila disse:

    depois do casamento entre quatro parede existe alguma restricoes que nao se deve fazer

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Átila,
      A vida conjugal deve ser provada com todo o respeito e amor, pois quem ama não faz o que quer, mas o que o amor determina (Agostinho de Hipona). Tendo a orientação da Palavra de Deus com certeza você saberá como viver um casamento abençoado e feliz.

  148. Danielle disse:

    Saldo com a paz do senhor costaria de saber uma coisa meu marido ja foi casado na igreja e esta separado da es mlher a 3 anos ela ainda espera ele faiz 2 anos que eu estol com ele e tenho um filhor com ele de 5 meses a outra mulher que ele tinha nao tem filhor com ele o que devo fazer

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Danielle,
      Você está casada. Cuide bem do seu marido e de sua família. Cultivem os dons e talentos que Deus deu a vocês no âmbito da família e sejam muito felizes. Nada pode contra uma família bem alicerçada em Deus (Salmo 127.1).

  149. Fabiano Pires disse:

    Minha companheira virou evangelica e se batizou sem me consultar,agora me disse que so poderemos fazer sexo, so quando eu me batizar tambem lhe pergunto isso e verdade?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Fabiano,
      Talvez esta consulta eu deveria responder à sua esposa. Mas respondo a você mesmo. Que bom que ela se tornou crente em Cristo e já se vinculou à Igreja, pelo batismo. Quando à abstinência sexual, recomendo a leitura de I Coríntios 7.3-5, que orienta os cônjuges a manterem o convívio sexual regularmente, a fim de não darem lugar à infidelidade. Aproveito para conclamar você a ter um encontro pessoal com Cristo.

  150. Francisco Pereira disse:

    Rev. Aceitei Jesus e me casei. O casamento não vingou por minha culpa. Segundo a biblia posso me casar ou tenho que me manter solteiro. Isso me atormemta muito.
    Obrigado.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Francisco,
      A separação conjugal não concorre com a vontade perfeita de Deus; mas a própria Palavra de Deus assegura o divórcio por causa da dureza dos nossos corações (Mateus 19.8). Por consequência, o novo casamento é fruto da misericórdia de Deus. Estou certo que você não foi feito para permanecer solteiro. Você pode casar-se novamente.

  151. Marcela disse:

    Oiie pastor, eu gostaria dé saber
    eu estou, apaixonada pelo pastor da minha igreja, e eu contei pra ele, e ele nao reagiu quando eu falei, eu nao seii óque eu faço, o senhor podi me ajudar ???

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Marcela,
      Imagino que o seu pastor seja solteiro. Sendo assim, aguarde uma reação mais positiva dele para contigo. Se não houver, desista, e continue esperando no Senhor acerca de sua vida afetiva. Deus sempre tem o melhor para nós.

  152. Márcio Aparecido disse:

    sou divorciado a 3 anos sou cristao sinto muitas vontades deter relaçoes sexoais as vezes sinto muitas dores me a tra palha a trabalha as pessoas me perguntam o que esta aconteçendo nao ha o que eu devo fazer, não sei o que dizer pois fico com vergonha.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Márcio,
      Você apresenta vários temas de uma só vez: 1. Sua condição de divorciado: creio que você deve buscar um novo casamento e considerar as orientações da Palavra de Deus para viver neste matrimônio, para que ele não se extinga jamais. 2. Desejo sexual: é bastante natural ter; não nos casamos, apenas, para ter relações sexuais, mas o casamento também nos beneficia nesta área. 3. Suas dores: pode ter alguma coisa a ver com o fato de você não estar tendo relações sexuais, mas pode ser algo diferente; procure um médico

  153. Maria disse:

    o que fazer se dois casais de namorados evangelicos consumarem o amor antes do casamento?E pecado se se amarem tanto?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Maria,
      O amor jamais é pecado. Sexo, antes ou fora do casamento, é que é. A prova maior de amor de um namorado para com o outro é saber esperar.

  154. Pedro disse:

    Pastor, minha namorada quando frequentava outras igrejas e era mais jovem tinha relações sexuais com seu ex-namorado e teve outros parceiros, conheci ela a menos de um ano quando começou a frequentar minha igreja, me guardei para o casamento e agora que descobri que ela tinha relações com outros homens não tenho certeza se me casarei com ela. Me apaixonei e ela tem se mostrado arrependida, mas não consigo tirar isto da cabeça. Será errado me casar com ela?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Pedro,
      Não será errado casar com ela, uma vez que ela está arrependida de sua vida pregressa e quer ter uma vida pura e santa com você. Deus já a perdoou e está abrindo um novo caminho para ela, com você. Agora, será errado você casar-se com ela, sem também, perdoá-la; O perdão implica em nunca mais tratar desta matéria com ela.

  155. Rebeca disse:

    A Paz Pastor!
    Sou noiva ha 2 anos e gostaria de me casar com ele, mas nao vejo isso nele… No inicio ele fazia muitas planos, mas quando soube do meu passado ficou jogando as coisas na minha cara… E outra sempre achei que ele fosse a promessa de Deus para mim mas hoje tenho duvidas… Pois ele nao se declara mais para mim e ainda fala que fico olhando para outras pessoas… Nunca gostei desse comportamento… Penso omesmo dele pq ele eh muito ligado a corpo feminino… Enfim o fato eh q eu tenho orado sempre mas nao sei o que fazer… E n
    Onde eu estudo percebo q tem u rapaz se aproximando aih fico super em duvida jah q nao vejo mais a co.viccao em meu noivo sobre nosso casamento… Sempre fiz e faco de tudo para agrada lo…

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Rebeca,
      O namoro é um tempo precioso para nos levar ao casamento. Se dúvidas surgem neste período, então, ou elas são resolvidas, ou melhor é romper o compromisso, antes do casamento. Converse franca e decididamente com seu noivo; se tiverem que romper, que rompam agora; ou, então, que o noivado seja levado com a maior seriedade, visando o casamento.

  156. Talita disse:

    Pastor se pedirmos algo para deus e o senhor confirma o que nos pedirmos \’eu sei que devemos ir adiante mas so que eu tenho vergonha de fazer isso \’ e ten um jovem na igreja que eu amo muito ele e pedi o senhor que se fosse da vontade dele eu gostaria muito de casar com ele e o senhor me confirmou o que devo fazer depois que o senhor comfirmou pude perceber algo ele so fica me olhando o que devo fazer.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Talita,
      Uma das decisões mais importantes na vida de uma pessoa é acerca de com quem ela vai se casar; casamento é uma aliança para toda a vida. Portanto, tomar esta decisão em consonância com a vontade de Deus é mais importante do que tudo. Você orou, Deus está confirmando. Amém. O que é necessário agora é você e seu “príncipe” desenvolverem um namoro sadio, dentro dos princípios da Palavra de Deus, e um namoro começa com uma amizade sincera, que vai perdurar pela vida toda. Com certeza, você sabe fazer amigos.

  157. Vanessa Gestal disse:

    Gostaria de um esclarecimento ….me converi a algum tempo , mas vivo maritalmente com uma pessoa a 5 anos , temos uma filha de 7 anos , mas nao somos casados legalmente , queremos muito isso , mas por enquanto nao temos condiçoes financeiras pra iso , estamos economizando para conseguir fazer o casamento em breve , mas como já moramos juntos a tempo , gostaria de saber se posso ou nao continuar tendo relações sexuais com meu companheiro ?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Vanessa,
      Você já vive maritalmente com seu companheiro; vocês são como casados, vivendo a plenitude do matrimônio. Penso que vocês devem resolver a questão da legalização o mais rápido possível; vão a um cartório e façam o casamento; se quiserem uma bênção religiosa, procurem um pastor para fazê-la em caráter particular. O custo a que você se refere, e impede vocês de casarem, tem mais a ver com uma festividade, que pode ficar para outra ocasião.

  158. Lili disse:

    meu marido saiu de casa nos dois samos evangelicoe tenho um filho com ele que so tem 6meses e nao sei oque faco nosso casamento terminou sem motivo

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Lili,
      De fato, há momentos que não sabemos o que fazer. Com certeza, você está vivendo um destes momentos. Você investiu profundamente em seu casamento e, de repente, a casa parece estar ruindo. A primeira providência, quando não sabemos o que fazer, é procurar Aquele que sabe exatamente o que devemos fazer, o nosso Deus. Ele conhece os corações, e é pródigo em graça e misericórdia. Só o Senhor para nos acudir em tempos como este. Estou orando por você e pelo seu marido. Rogo a Deus para que o coração dele seja tocado e ele volte para casa e seu casamento seja totalmente renovado. Espere em Deus (Salmo 42.5).
      Deus te abençoe.

  159. Jéssica disse:

    moro junto,estou com a data do meu casamento marcado para agosto.
    mas o batismo lá da igreja será em julho,o pastor disse que eu posso mim batizar por que assumir o compromisso de mim casar,mais eu estou com duvidas se posso ou não posso,pelo fato que o meu casamento vai ser um mes depois do batismo

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Jéssica,
      Você está prestes a tomar duas importantes decisões: casamento e batismo, que vincula você à família de Deus. Em ambas, você deve
      considerar a vontade de Deus para sua vida. Com certeza, Deus quer sua felicidade conjugal e, também, que você seja uma bênção na Igreja em que se acha filiada.

  160. Cris disse:

    Bom dia, Pastor
    Estou em uma situação bem delicada… namoro a com um moço a 4 anos, vamos noivar e casaremos em abril/2014… sou desviada a 2 anos…conheci ele no mundo. Porém voltei para igreja no inicio deste ano(não tomei ceia só ia nos cultos e demais atividade). Ele foi junto, mas esta acontecendo alguns problemas na igreja. Isso enfraqueceu muito minha fé e a de outros irmãos. Meu namorado já havia frequentado igrejas porém ele não é convertido nem batizado. Parei a umas 2 semanas de ir na igreja pois a situação tá complicada tanto na igreja quanto espiritualmente. Pois como viemos do mundo tínhamos relações sexuais sempre… e agora tentamos parar porém passamos um tempo, depois voltamos a fazer pedimos perdão mas voltamos a fazer… não sei mais o que fazer como agir… pois quero Deus mas não consigo parar de pecar.. não consigo falar com meu pastor pois a esposa dele faz fofoca sobre as pessoas da igreja, e não quero minha vida exposta desta forma!!!
    Ta complicado não quero desistir, quero ter um casamento abençoado!!!
    Sei como é bom viver com Deus mas tô cansada de lutar, e não vencer.
    Me ajude se possível.
    Obrigada

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Cris,
      A questão é bastante difícil, mas, ao mesmo tempo, simples: você
      quer provar um namoro cristão, sem convivência sexual; seu namorado,
      não; fique firme no seu propósito, até para avaliar se ele quer
      casar com você pelos seus valores mais elevados, ou simplesmente
      porque vocês estão tendo intimidade sexual. Um aspecto a ser
      considerado é o alargado tempo de namoro que, ainda, vai perdurar por
      mais um ano; não é uma boa medida tal prolongamento; tente antecipar
      o casamento, mas independentemente, não abra mão do seu objetivo de
      vivenciar um namoro em moldes genuinamente cristãos. Saber esperar é
      sempre bênção.
      Deus te dê graça.

  161. Joelma disse:

    Boa Noite Pastor, aqui em casa ta gerando uma polemica e me perdoe a espressão da palavra quase uma separação de ambas as pasrtes.
    Sou evangélica e meu esposo também, nos casamos e antes ele disse para mim que a mae dele morará conosco, pois ele nunca vai abandonar a sua mãe. Até então por achar q dariamos certo, pois agente se dava bem aceitei, me casei hoje tenho 6 meses de casada, e bato na tecla com o meu esposo de morar na edicula da casa. ele bate o pé dizendo q nao, pois ele nao a regeitaria, eu nao acho que seja regeição é o memso quintal, a diferença seria o teto q nao é o mesmo. Ele disse que preferivel eu ir em bora do que ele magoar a mae dele dizendo q vai para a casa de cima do quintal.. disse q ex-mae nao existoi mais existe uma ex mulher. Pastor por favor me ajude para que posso ser sabia, pois me dói ouvir q ele nao ver o sentimentos da esposa como deveria ver e acha q seria desonrrar a sua mae se agente morar em tetos diferente mais no mesmo quintal, e por ver a pouca importancia q eu sou na vida dele, penso em jogar tudo pro alto, mais sei que desagradaria ao senhor Jesus. Por favor me ajude pastor

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Joelma,
      Me solidarizo com sua dor, no presente momento. Rogo a Deus que possa dar sabedoria a você e a seu marido, para que cheguem a um entendimento. A Bíblia desenha o perfil do matrimônio, considerando que ele acontece quando o homem e a mulher, cada qual de per se, deixando seus progenitores (Gênesis 2.24). O “deixar” aqui referido não diz respeito a abandono, mas autonomia, ou seja, os filhos não devem mais ficar na dependência dos seus pais para decidirem sua vida; a eles sempre ficarão devedores de respeito e atenção, amor e carinho.
      Sugiro a você que tenha paciência com seu esposo, para que ele tenha discernimento acerca do ponto de equilíbrio entre respeitar sua digníssima mãe e, ao mesmo tempo, ter em mente de que a família dele é você. Ore neste sentido. Estarei orando da mesma forma por vocês.
      Em Cristo,

  162. Patrícia Ferreira disse:

    Bom dia!gostaria de saber se uma pessoa q ja foi da igreja batizada e hoje se encontra afastada e resolve se relacionar com uma pessoa presa,existe a possibilidade de da certo?o q as escrituras pode dizer a respeito disso?obrigado!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Patrícia,
      Estar pagando pena em uma prisão não desqualifica a pessoa para
      reconstituir a vida, inclusive formando uma família. Dar certo vai
      depender de muitos fatores, tais como, compreensão, diálogo, muito
      amor, cooperação.

  163. Saulo disse:

    um amigo me disse que namora a 5 anos e fez recentemente uma viajem e se interessou por uma outra garota da igreja onde ele foi,mas nao teve nenhum contato com ela.como devo responde-lo?nao conheço muito a biblia mas ele se abriu comigo e nao sei responder

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Saulo,
      Tanto no casamento, como no namoro, devemos buscar a fidelidade. Se seu amigo descobriu uma outra pessoa a quem dedicar seu afeto, deve desmanchar o namoro atual, antes de iniciar o novo. Namoro é para isto mesmo, porque no casamento, não podemos ficar casando e descasando. Repito: namoro pode ser desmanchado, casamento, não.

  164. Girlane disse:

    Pastor queria um conselho seu saber,meu namoro tem 21 anos é eu tenho 17,faz 2 meses que estamos namorado,só que ele venho com uma conversa que está confuso em seus sentimentos e venho mim perdi um tempo só que eu não dei pq nos cristã não damos tempo queria um conselho seu ??

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Girlane,
      Acredito que as pessoas devem namorar à sério, pensando no
      casamento; no entanto, namoro não é casamento; se durante a
      vigência do namoro surgirem dúvidas no tocante à continuidade do
      mesmo, o rompimento é natural. De fato, “dar tempo” é um
      subterfúgio; ou há um namoro, ou não há; não há alguma coisa
      como “meio namoro”. Então, se seu namorado está nesta situação,
      proponha o encerramento do namoro; ou bem lá , ou bem cá; nossa
      palavra é sim, sim, ou não, não.

  165. Telma disse:

    tenho desesete anos de casada ajusei muito no chamado de meu esposo que hg ele é pastor da assembléia de Deus missões. já é a terceira vez q ele me traiu. agora satanás riu dele descaradamente ele escondeu mas a mulher confessou pois o esposo dela . fez vasectomia e ela engravidou do meu esposo .pior q eu tambem estou Uigravida do terceiro filho e muito ferida e desacreditada. queria ser levada aos ceus para ficar somente com jesus. nao consigo nem de me imaginar peedoando ele. qual louco arrisca familia uncao salvacao ministerio e ate dar mal exemplo pras almas ganhas por causa deste pecado? e o pior se envolve com membros.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Telma,
      Deus tenha misericórdia de sua família e te dê força para enfrentar esta hora difícil. Confia os teus cuidados ao Senhor e ele te dará graça abundante. Estou orando por você e sua família. Que o Senhor abra os olhos de seu esposo, para que ele reconheça os caminhos tortuosos que tem seguido e os deixe para trilhar o caminho do Senhor.

  166. Ellen disse:

    Boa tarde, Pastor
    Me desviei a 3 anos, voltei para igreja fui direto 3 meses, estava firme (porem não ceava ainda) …via a gloria de DEUS. Porém ocorreram problemas pastorais, e decidi por sair desta igreja, bem como mais 6 membros, pois aconteceram muitos problemas, a igreja infelizmente virou clube social .
    Faz um mes que não vou mais. Nem meu namorado, que estava se convertendo.
    Porem quero Jesus, e vou casar ano que vem em março.
    Porém estamos lutando contra o pecado da fornicação, uma vez que namorávamos no mundo a 4 anos.
    Quero ter um casamento abençoado, bem como ver meu namorado se convertendo e eu me firmando novamente. E longe de um auxilio pastoral, esta bem difícil. Precisamos andar com as pessoas que nos auxiliam na fé.
    Mas não sei o que fazer, sei que tenho que congregar em outra igreja mas não sei qual.
    Já te pedi alguns auxílios, e o Sr me ajudou muito, quem dera eu pudesse frequentar uma igreja com lideres tão dedicados e de Deus.
    Obrigada pela atenção.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Ellen,
      Grato pela confiança. Quanto ao que você pede, minha orientação é que você mantenha o propósito de evitar relação sexual antes do matrimônio, mesmo que antes da conversão vocês tenham mantido tal prática. Gastem este tempo de preparação para o matrimônio para se conhecerem melhor no que tange aos seus ideais, ao projeto de vida que vocês desejam ter. Quando nos damos à prática sexual neste período, não gastamos o tempo para este conhecimento, prejudicando em muito a saúde matrimonial no futuro. Por outro lado, procurem casar-se no mais curto espaço de tempo. Por fim, há com certeza uma igreja que vocês possam frequentar, que lhes dê a orientação bíblica e o alimento espiritual que vocês precisam. Ponham-se nesta procura.
      Deus te abençoe.

  167. Jilvania disse:

    Boa noite pastor,por favor,gostária de saber do senhor,meu ex-marido se converteu a
    assembléia de deus,ele e o pastor querem que agente se case mas só que eu ñao quero
    não me sinto segura,pra casar pq eu acho ele muito encostado,eu pergunto a ele pra que casar só pra ter relaçoes sexuais?ele mora com a mãe dele,pq me separei dele por ser preguiçoso,ele bebia e usava drogas,agora que se converteu quer que eu me case pra morar onde? com a mãe dele? ele se sente sujo pq transamos sem casar,mas insisto não vou casar só pra transar,ele nunca foi um marido bom,de assumir uma esposa,uma casa eu que sempre assumi a casa,outra coisa ele joga video game,playstation isso é certo? joga futebol no video game,eu acho errado já que ele agora é evangelico,eu acho ele muito preguiçoso pastor,não tenho mais vontade de ficar com ele,ele quer casar eu não pq não acho ele responsável,me dé uma luz por favor,obrigada.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Jilvania,
      Casar-se com alguém só por conta do contato sexual é muito pouco. A motivação para o casamento envolve o querer bem um ao outro, o terem um projeto de vida a dois, o ser bênção mútua. Vocês poderão voltar ao casamento, mas em novas bases.

  168. Mônica Castilho disse:

    ola pastor tenho muitas duvidas sou crente a muito tempo fiquei viuva em 2004 em 2006 conheci um rapaz que tbm frequentava depois de 6 meses de namoro fomos mora junto ja se passou 7anos temos uma filha ele parou de ir a igreja mas nao impede de ir tenho outras filhas do primeiro marido cuida muito bem de todas nos temos um relacionamento muito bom so nao oficializei minha situaçao porque recebo pensao por morte mas pretendo concerta e hoje eu ouvi que estou em fornicaçao e que eu nao vou para o ceu se morrer se jesus voltar nao me vejo dessa forma GRATA!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Mônica,
      Seria muito bom que você regularizasse sua situação matrimonial. Não vejo qualquer obstáculo para tal. Deus te abençoará nesta empreitada.

  169. Mariana disse:

    ore por mim e pelo meu namorado
    mariana pereira e leonardo guilherme presciso tanto de ajuda na minha vida sentimental .

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Mariana,
      Estou orando por você, seu namorado, e a vida sentimental de vocês, especialmente, para que a vontade de Deus se realize na vida de vocês.

  170. Tereza disse:

    eu gosto de um rapais maiele nao gost de mim sou evanjelica deve faser o que

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Tereza,
      Se o seu amor para com o rapaz que você quer bem não for correspondido, peça a Deus para tratar o seu coração de maneira a que você não se prenda a ele, deixando o coração aberto para a pessoa que Deus tem preparado para você.

  171. José Augusto disse:

    pastor sou separado ha 8 anos da minha primeira esposa,só que até hoje não fiz o divorcio no cartório,e minha atual companheira se converteu e me abandonou pois viviamos em fornicação, mesmo eu querendo acertar tudo de acordo com a lei ela prefere sofrer e me deixar sofrendo pois foi revelado a ela que se tentarmos nos casar deus vai nos castigar e um de nós vai morrer ou a nossa filha. amo muito ela e gostaria muito de uma orientação . GRATO.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado José Augusto,
      A conversão de sua esposa foi a melhor coisa que aconteceu a ela. Conhecer a Cristo é a experiência mais importante da vida de qualquer ser humano. Creio que você pode provar desta bênção e ter sua vida transformada. Creio, também, que havendo a conversão a Cristo por parte de vocês dois, então verdadeiramente poderá surgir um lar cristão. A sua disposição para regularizar a situação civil é muito importante. E ela deverá ser levada a efeito.
      A tomada de posição de sua esposa de deixar o relacionamento de vocês, sob argumento espiritual, a mim me parece estranha, a menos que haja outras questões envolvidas, que desconheço. Nada obstante, você não pode forçá-la a nada. Você deve deixar nas mãos de Deus, suplicando que Ele possa tocar o coração dela, bem como o seu, para que vocês se reaproximem. Rogo a Deus que as coisas possam ficar esclarecidas, inclusive com reflexo muito positivo na vida de sua filha.
      Deus te dê sabedoria, paciência, e muita esperança. E que Cristo seja Salvador e Senhor de seu coração.

  172. Juliana disse:

    Pastor minha historia e a seguinte,quando criança meu pai ele bebia muito,ele ficava um pouco agressivo,me batia cresci assim,minha mãe nada fazia para impedir…com o tempo acabei me distanciando dele por raiva de tudo que ele ja tinha feito comigo,parte do amor que sentia por ele acabei transferindo para meu tio que era um homem de Deus pregava,falava sempre calmo,totalmente diferente do meu pai…certo dia na minha própria casa ele(tio)tenta abusar de mim eu com 12 anos(na época) quando contei para minha família todos disseram que era mentira que ele jamais faria isso comigo pois era um homem de Deus,fiquei revoltada alem do medo que sentia de ficar perto dele(na época vizinho)sai da igreja conheci um rapaz problemático que bebia muito,perdi minha virgindade com ele(tinha 15 anos)brigávamos muito,em uma dessas brigas terminamos,fiquei com raiva dele frustada, fiquei com outro rapaz al umas vezes,com o passa do tempo me senti fraca,doente ,fui ao medico descobri que ele tinha me passado Herpes Genital,fiquei muito triste com isso chorei demais…depois disso não tive mais relações com ninguém,fiquei totalmente traumatizada com todos os homens que confiei na minha vida,chorava quase todos os dias por pensar que não poderia casar ,ter filhos,pois homem nenhum me aceitaria assim doente,atualmente tenho 22 anos,curso Química em uma universidade publica,não consigo interagir com meus colegas de sala,sou taxada como estranha,pensei em desistir do curso por causa disso,gosto muito da área de ciências,me dediquei aos estudos depois que essas coisas aconteceram comigo,pedi um homem de Deus que me aceitasse,nesses dias me reconciliei,muito feliz de sentir Deus de novo em minha vida,no dia que isso aconteceu o rapaz foi usado por Deus(eu acredito que sim)ele disse\”Deus esta preparando um homem para ti\” senti que foi comigo que ele falou,mas sinto falta de alguém comigo,encontrei um rapaz na faculdade que é líder de célula,bonito(muito bonito),homem de Deus,como eu quero,ele é mais jovem tem 18 anos.A questão é…tive uma historia de vida tão problemática…ainda tenho essa doença,o que faço pastor?tenho vergonha de falar com meu pastor sobre isso…tenho medo de todo tipo de relacionamento ate para socializar com outros jovens da minha igreja não consigo,eu realmente estou desesperada e muuito triste,quero muito namorar serio,mas tenho consciência que preciso contar tudo ao meu(quem sabe)futuro parceiro,e agora o que faço pastor?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Juliana,
      Desde já, estou orando por você. Deus sempre tem o melhor para nós. Devemos confiar nas suas promessas e aguardar nelas o propósito de Deus para a nossa vida. Primeiro de tudo, apesar das agressões, dos abusos que você sofreu, você revela um caráter bem intencionado e uma personalidade capaz de suplantaros revezes. Você hoje se acha com 22 anos, faz curso superior e, com certeza, poderá realizar a felicidade conjugal.
      Neste particular, permita-me dizer uma coisa muito importante: antes de pensar no namorado ideal, que será seu esposo, procure ser a pessoa ideal, de bem consigo mesma, capaz de querer bem a si mesma (sem o exagero do egoísmo); se nos achamos mal, os outros dificilmente vão nos achar bem; se não aprendemos a amar a nós mesmos, não damos oportunidade a que os outros nos amem. Não se precipite. Um namoro deve ser levado a efeito, passo a passo, isto é, sem açodamento; infelizmente, em nossos dias, as pessoas se conhecem hoje e hoje mesmo já se entregam a todo tipo de liberdades; a afetividade deve ser desenvolvida parcimoniosamente.
      Outra coisa muito importante: cuide de sua saúde; seu problema tem cura, desde que você tome as devidas providências.
      Por fim, não se preocupe com o modo como as pessoas estão vendo você. O importante é como você é vista por Deus e como você se vê a si mesma.

  173. Agda disse:

    eu vivo com um homem a uns 10 anos sem casar nem nada e acoteceu que eu o trai isso é pecado gravissimo sem perdão

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Agda,
      Todo o pecado é perdoável. A Bíblia ensina que o único pecado não perdoável é contra o Espírito Santo (Mateus 12.31), que é a contumaz resistência à obra de Deus. No entanto, o perdão somente tem efeito, mediante arrependimento, e este significa não somente o sentimento de que se fez algo errado, mas a mudança de atitude.
      Aproveito o ensejo para sugerir a regularização de sua situação conjugal. Nada impede de que seja feito e, com certeza, abençoará muito a vida de vocês.

  174. Maria Castro disse:

    hola! me tire uma duvida: uma pessoa que è evangelica da igreija universal do reino de Deus ela vive junta com um homen a tempo divorciado,ela solteira,mas ja levan 12 anos juntos essa pessoa esta vivendo fora da vontade de Deus?pois esa pessoa sò vive junta,isso è estar em pecado ou nao?pois nao sou eu è uma cunhada minha e eu digo isso p ela e ela diz que ela estar bem com Deus e que esatr salva,pois nao casam ,ele nao è um homen crente.iso estar certo pr me responda.a paz…

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Maria,
      A pergunta que se faz é: o que leva uma pessoa a preferir uma convivência marital a um casamento pleno? O entendimento que se trata apenas de um papel? Medo de efetivamente casar-se e ter problemas que se resolveriam melhor caso não fosse casada? Casamento é compromisso, quem não está disposto a casar-se não tem compromisso. Tal situação se reveste de maior seriedade quando se trata de pessoa que conhece a Palavra de Deus, seus mandamentos, e acha que está tudo bem viver assim. Deus tenha misericórdia. Ore para que haja mudança de mente em sua cunhada.

  175. Eloisa disse:

    paz pastor!o divorcio é aceito por Deus?sei q ele deu a carta de divorcio,mas nao é por um coraçao duro? mas a vontade de Deus nao é a restauraçao da familia? sobre tudo isto..qual a melhor posiçao para um pastor aconselhar o casal?ficar imparcial ou procurar com a ajuda de Deus resolver?

    • Nanny & Winston disse:

      Prezada Eloisa,
      O Pastor Juarez tem respondido algumas questões semelhantes a esta que você coloca, como por exemplo: a Priscila T. Rosa (30/05/2012), a Daniela (11/09/2012), a Elisângela (06/02/2013) e a Mauro (06/03/2013). Por favor, consulte as mencionadas respostas, que achamos podem esclarecer suas dúvidas, mas caso você necessite de mais orientação, volte a escrever.
      Deus a abençoe.

  176. Renata disse:

    Pr.. estou gravida de 4 meses, trabalho com meu marido.. mas com a gravidez sinto muitas dores e não consigo mais trabalhar, ele fica me cobrando… eu estou com ódio dele, n gosto nem de ficar perto dele mais… venho na minha mae na hr de voltar para casa me da coceira no corpo inteiro. Eu quero me divorciar, estou muito arrependida de ter me casado

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Renata,
      A gravidez muda muito o nosso humor. Seu marido deve também ter a compreensão do seu estado e não exigir coisas que você não pode fazer. Mas continue firme em seu casamento, especialmente, com a chegada de seu filho. Com certeza, será bênção na vida de vocês.

  177. Ester disse:

    Pastor, sou evangélica, tenho 53 anos viúva e conheci um homem também viúvo, porém não evangélico. Gostaria de saber sob a luz da palavra de Deus o que devo fazer? Fico a pensar e se Deus o colocou no meu caminho para que ele seja salvo? no momento o único ponto positivo entre nós é que eu sou viúva e ele também, até aí tudo bem. Oriente-me por favor! Obrigada Pastor.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Ester,
      Primeiramente, entenda bem, casamento não é método evangelístico. Evangelize a pessoa que você conheceu; ore para que ela se converta ao Senhor. Em segundo lugar, busque a direção de Deus para ver se esta é a pessoa para você casar-se. É bom não misturar os canais.

  178. Keila disse:

    Q a paz do Senhor Jesus seja convosco;
    Pastor Juarez
    Aceitei Jesus há 4 anos e recentemente estou na Assembléia de Deus há 4 meses, meu companheiro é novo convertido fazem 2 meses que ele aceitou, e pra glória de Deus me pediu em casamento depois de anos de convivência, tem sei q não posso casar-me de branco porém tenho duvidas em relação ao véu. Qual o conceito bíblico em relação não ser mais virgem e pura?
    O vestido pode ser um cor neutra sem ser branco?
    Não quero desagradar Deus. Quero viver os preceitos do ensinamento da bíblia. com ordem e decência.
    Com a Graça de Deus e seu conhecimento bíblico, o senhor pode me orientar? Em nome de Jesus.
    Agradeço desde já!
    Fica na Paz!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada irmã,
      Parabéns pela sua conversão e de seu companheiro também. Parabéns pelo casamento que será realizado. Quanto à cor do vestido, se preferir casar-se de branco, case, sempre com bom gosto. Não é a cor do vestido que purifica nosso casamento, mas Jesus dentro dele.

  179. Leticia Maria disse:

    pastor eu namoro com um homem casado, e que é pastor. e ele me diz que um dia vai casar comigo porque é da vontade de deus.nesse caso é pecado

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Letícia,
      Rompa de imediato este relacionamento. Este homem com que você está se relacionando, precisa antes se converter, para depois pretender ser pastor de almas. Ele está traindo a esposa, a Cristo e a você, também, mentindo a respeito da vontade de Deus. Com certeza, esta não é a vontade de Deus para você.

  180. Ohlif disse:

    Acabo de me casar e já penso em separação. Sou cristão, amo a Deus, mas sei que uma mulher precisa de cuidados, carícias, conversas, saídas, enfim, não gosto nem mesmo de beijá-la, sexo pode acontecer, porém é só, não passa disso, evito contato, quero distância. Então sei que ela vai requerer algo, para tanto poderá encontrar em outro, e já sabendo disso poderia evitar problemas futuros e deixá-la, a fim de que ela se encontre em Deus e Este a coroe com novo casamento. Comente a respeito, please.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Ohlif,
      Nossa sexualidade ganha no casamento a plenitude. Deus abençoa o leito sem mácula (Hebreus 13.4). Nada há de pecado nisto. Não deixe sua esposa, busque alguma ajuda especializada nesta área e desfrute deste maravilhoso deleite que Deus nos confiou.

  181. Patrícia disse:

    Deus vai mim castiga pois eu vivo com meu noivo mais nos vamos casa em breve

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Patrícia,
      Procure ver Deus de um modo diferente, não como o Deus que castiga. A orientação de Deus em sua Palavra, quanto ao nosso convívio marital visa beneficiar-nos. Converse com seu noivo a respeito e busque casar-se o mais rapidamente possível.

  182. Samuel disse:

    o pastor falou para me separar, por incompatibilidade com a minha esposa

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Samuel,
      Marido e mulher complementam-se, razão pela qual não são iguais. Diferenças e divergências são comuns no casamento; incompatibilidades podem ser sanadas e superadas. Continue firme no matrimônio. Busque o diálogo e a compreensão.

  183. Natércia disse:

    A paz pastor me envolvi com meu marido por causa de dinheiro sem amor e agora que conheci a Deus, aquela mentir esta sempre na minha cabeca nao tenho paz ando muito aflita por que tudo que eu vivo e mentir e tenho sinto já orei pedir a Deus direcao mas o que vem a mente e que devo sair de casa por que tambem amo outra pessoa e estou com o meu marido a quase 12.anos por favor pastor me ajude a minha vida esta deseorganizada nao sei o que fazer. Devo continuar viver essa vida ou desistir. ele sabe já conversei com ele mas xis que me ama a pesar de passar noites fora e descucoes constante diz que tenho que ficar junto para fazer crescer as criancas. nao enxiste amor respeito, confiança e nem complicidada entre nos quando falo com ele a cerca da relacao, ele diz que se nao estou feliz na cama posso sair procurar um homem para me satisfazer com preservativo e volta para casa. Me ajuda nao sei o que fazer.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Natércia,
      A solução está na restauração do casamento. Nem a separação que você sugere, nem viver do que jeito que está como o seu marido quer. Vocês precisam revitalizar os laços, redescobrir a paixão e viver a plenitude do amor conjugal. Depende de vocês, antes de tudo. Conversem a respeito, orem pedindo direção de Deus, e invistam neste objetivo.

  184. Anônimo disse:

    pr.se uma pessoa estão juntos á mais de 5 anos e que já se relacionavam desde o mundo agora aceitaram a jesus se batizaram nas águas e são batizados no e. santo, porém não podem ceiar é correto isso. já que hoje pela lei dos homens quem vive á partir de 5 anos tem direito a repartição de bens,poderiam esse casal ceiar até se regularizar com o casamento.
    pr.tenho uma mulher que tivemos um relacionamento há mt tp e agora vivemos na mesma casa sem termos mais um relacionamento,sou evangelico isso me impede de dirigir um culto para deus.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado amigo,
      Vocês não estão longe de resolver a situação. Se já há a disposição em oficiar o casamento, e passos estão sendo dados nesta direção, é justo que vocês participem integralmente da comunidade, inclusive da Ceia do Senhor. No entanto, há comunidades mais restritivas e outras mais abertas.

  185. David disse:

    Bom quero me casar,porém minha namorada é da igreja católica totalmente fiel e eu não sou de nenhuma igreja mas ja ui batizado na católica…iremos nos casar mas não quero seguir totalmente a igreja por motivo pessoal não significa q vou abandonar tbem apenas acho que não estou preparado ainda o q posso fazer?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado David,
      Casamento é bênção em nossa vida. É a primeira instituição divina na face da terra. A Igreja também é bênção. Ambos devem ser encarados com a maior seriedade. Não se deve casar parcialmente, não se deve, também, unir-se à Igreja só parcialmente. Pense a respeito.

  186. Catarina disse:

    pastor antes de ser crente eu perdi minha virgindade e agora o que vou fazer, poderei eu casar na igreja-tenho medo que meus pais saibam ate sinto uma culpa muito grande queria ter nascido num lar cristao pastor me ajude isso pra mim é vergonha será que algum homem de deus vai querer uma impura feito eu me ajude

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Catarina,
      Vejo que você se acha arrependida de não ter esperado o matrimônio para desfrutar a plenitude da vida conjugal. Deus não despreza o coração arrependido (Salmo 5.17). Estou orando por você para que encontre um homem de Deus na sua vida e vocês possam casar-se debaixo da bênção do Senhor.

  187. César Augusto disse:

    pastor apesar de ser casado e ser batisado nas aguas eu acabei caindo em tentação e pratiquei fornicação tem como eu ainda ser perdoado

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Cezar,
      “coração compungido e contrito Deus não despreza” (Salmo 51.17). A todo que se arrepende, Deus perdoa e purifica (I João 1.9). Lembre-se da expressão dita por Jesus à mulher flagrada em adultério: “vai e não peques mais” (João 8.11)

  188. Cláudia disse:

    Pastor sou virgem e no momento estou namorando um rapaz que não é evangélico e ele quer fazer sexo comigo o que devo fazer pra não cair em tentação.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Cláudia,
      Não podem andar juntos aqueles que pensam diferente. Você se acha em grande perigo, pois, de fato, a tentação na área sexual sempre é muito grande. Creio que você e seu namorado não pensam apenas diferente na área da sexualidade; outras áreas também fazem vocês divergirem, por exemplo, você crê que Cristo é seu único e suficiente Salvador, ele, não. A primeira coisa que deveria acontecer com ele é uma mudança neste princípio de vida, pois, a partir disto, ele também pensará diferente a respeito da vida sexual. Pense nisto.

  189. Daiane disse:

    Partor me separei tem 2 meses. E posso dizer que tudo que pedi a Deus ele me deu: um colégio integral para o meu filho de 10 anos, publico, Deus preparo,Dinheiro para eu poder por minha filha de 1 ano e 9 meses em uma creche particular Deus preparo. Um emprego que consilia-se com a creche, horarios, feriados etc. Deus me deu . O problema é que a minha filha não se adaptou com a creche e é um sofrimento deixar ela lá. Então meu ex: marido teve a brilhante ideia de ficar com ela, e eu pegar ela finais de semana , feriados etc. Por um lado eu ficaria com muito tempo para fazer cursos tirar minha abilitação que eu tanto queria, poderia fazer tudo que o casamento me tirou ex:carreira uma vida melhor para mim e meus filhos estudo e etc.E ele é um ótimo pai pra ela. Só que o meu coração de mãe diz não! que minha obrigação e zelar por ela. E eu não sei oque fazer? Só me vem na cabeça aquele olhar de abandono..Uns dizem logo,logo ela se acustuma com a creche, ou deixa ela com o pai dela ela vai ficar bem com ele e você pode trabalhar mais tranquila. Na visão de Deus oque devo fazer?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Daiane,
      A separação de um casal acarreta muito transtorno aos filhos. A guarda compartilhada é a melhor opção, porque nossos filhos precisam de ambas as figuras, a mãe e o pai. Cheguem a um consenso sobre a melhor forma de vocês, ao mesmo tempo, seguirem suas carreiras e atenderem sua filha, aliás, como fazem muitos casais, que precisam cuidar da profissão e da família ao mesmo tempo.

  190. Eliane Cristina disse:

    tenho uma duvida sobre salvação, sou crista, filha única meus pais já morreram, casei com um rapaz com 5 irmãos e uma sogra que se diz crista, ela e doente, faz hemodiálise e não enxerga. Eu e meu marido somos os únicos que frequentamos uma igreja, ele e muito grudado na família, e eles usam a igreja para estar o tempo todo junto, estou cansada querendo me divorciar. Ele quer buscar e levar sua mae e irmãos para igreja, eles so incomodam, sou obrigada a continuar e principalmente leva-los a igreja. Eu não quero mais estar o tempo todo junto, quero começar a contruir minha família, brigamos sempre pois ele defende a família me acusando, pois trabalho na obra, vou prdir dispensa da igreja, estou desistindo de servir a deus, me ajude por favor.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Eliane,
      Estou orando por você e seu marido. No tocante a você, para que você não desista nem do casamento, nem de Cristo, nem da Igreja. No tocante a ele, para que seja mais prudente, sabendo dosar o tempo dado à família e a você. Que tal orarmos juntos por estes motivos?

  191. Glaydson disse:

    Pastor, tive relações sexuais antes do casamento, qual o mais correto a fazer, me casar com essa pessoa ou me afastar dela, apesar de eu Ter um Sentimento forte e verdadeiro por ela ?
    Obrigado

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Glaydson,
      Mais do que sentimento, precisamos de compromisso. Não mais tenham relações sexuais, namorem de maneira apropriada, conforme a Palavra de Deus, preparem-se para o casamento, e quando casarem-se vivam a plenitude das bênçãos de Deus reservadas para vocês.

  192. Jeniffer disse:

    meu marido se impota só com as filhas dele tudo q eu falo ele vai contra mim,e ela nem mora com a gente. Falei várias vezes em casar e ele nunca responde e só fala da filha dele o que eu faço?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Jeniffer,
      Seu marido precisa entender que o amor de pai é um e o amor conjugal é outro. A ambos ele deve dar a devida atenção. Ore para que ele se aperceba disto.

  193. Anônima disse:

    BOA NOITE PASTOR, GOSTARIA QUE O SENHOR ME RESPONDESSE SE É PECADO OU NÃO TER RELAÇÕES SEXUAIS COM O MEU MARIDO NA SEMANA OU NA DATA DA SANTA CEIA DO SENHOR, PORQUE SEMPRE QUE É DIA DE CEIA MEU MARIDO DIZ QUE NÃO VAMOS TER RELAÇÕES POIS É PECADO POIS PARTICIPAMOS DA CEIA DO SENHOR. EXISTE UM PRAZO ANTES DA CEIA, OU DEPOIS DELA DE ABSTINÊNCIA SEXUAL COM O CONJUGE? QUERO MANTER MINHA IDENTIDADE NÃO REVELADA NO SITE POR FAVOR. OBRIGADO

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Anônima,
      As distorções da sexualidade é que são pecado. O deleite sexual dentro do casamento não é pecado. Se fosse pecado, não poderia ser praticado, não apenas antes ou depois da Ceia do Senhor, mas em nenhuma situação; não sendo, inexiste esta regra. Você e seu marido devem dialogar a respeito e viver a intimidade conjugal com alegria e respeito.

  194. Kamila disse:

    Olá a paz do Senhor bom pastor , eu sempre fui da igreja desde pequena , mais durante esse periodo estive desviada por alguns meses , ainda quando estava na igreja eu comecei a namorar um garoto que não é evangélico porem sempre me deu apoio na igreja , nesse tempo que estive desviada pequei , tive relação sexual com ele , só que agora está voltando para igreja , porem ele não , o que eu faço para obter o perdão do Senhor e seguir agora com um namoro segundo a palavra de Deus ! Eu tenho 15 anos e meu namorado 17 , o nome dele é Matheus ! Ele está desposto a ter um namoro segundo a palavra de Deus porem não vai na igreja , o que devo fazer , por um tempo cai na tentação e acabei pecando e perdendo uma coisa muita valiosa minha virgindade , mais quero me redimir , quero seguir agora com um namoro correto , quero ser cheia do espirito santo novamente , quero viver e se r a igreja , bom espero que me ajude !

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Kamila,
      Tudo o que você quer coincide com a vontade de Deus: um namoro cristão, que sabe esperar o casamento para desfrutar da intimidade sexual, uma vida de louvor e serviço a Deus no âmbito da Igreja. Você está bem. Apenas, entendo que o Matheus precisa conhecer a Cristo como seu salvador pessoal; as demais coisas se encaixarão. Apenas, cuidado: namoro não é método evangelístico. Ele precisa primeiro se converter a Cristo, depois, namorar uma serva do Senhor, que é você.

  195. Larissa disse:

    a paz pr.
    estou namorando a 2 anos e vivo um namoro santo, porém antes de sua conversão meu namorado teve uma relação sexual com uma garota, depois disso ele se converteu e se arrependeu, tempos depois nos conhecemos e começamos a namorar no primeiro instante ele me relatou o fato e disse que me respeitaria e que se conservaria puro até o dia do nosso casamento e é exatamente isso que ocorre, ele me respeita extremamente, nunca tentou nenhuma investida sobre mim, ele tem me honrado e juntos temos tido mais intimidade com Deus, e buscamos mais sua palavra, porém já ouvi pastores dizerem que quando uma moça é virgem e casa-se com um rapaz que já teve relações com outra mulher, mesmo que única, peca juntamente com ele pois “tem relações com a outra pessoa”, isso é verdade pastor? Mesmo depois de uma conversão e verdadeiro arrependimento e mudança de atitudes?
    me ajude pois estou confusa
    Que Deus o abençoe grandemente!!!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Larissa,
      No Salmo 51.17 lemos: “coração compungindo e contrito, não o desprezarás, ó Deus”. Se Deus não despreza o arrependido, não serão os homens e determinar tal condição. Seu namorado ganhou uma nova oportunidade e está desfrutando dela, no temor do Senhor. Que você e ele possam aguardar em Cristo para uma vida conjugal plena no futuro.

  196. Luzianne disse:

    Pastor gostaria muito de tirar essa dúvida que está em meu coração
    eu amo uma pessoa que está querendo se separar da esposa pra viver comigo,ele é evangélico e a esposa dele também e eles tem um filho,mas ele sofre muito estando com ela porque não existe mais amor,ele tentou de várias formas restaurar esse amor mas ela sempre se negava a ele,não estava nem ai para o casamento deles,e quando ele contou a verdade que me amava ela ficou louca porque ai ela percebeu que por causa dela ela poderia perde-lo e não quis aceitar a separação.Pastor ele traiu ela comigo,sei que sou culpada mas todos temos culpa até ela,pastor ele tem que viver com ela mesmo sem amor,por ter se casado na igreja?se ele se casar comigo seremos infelizes para sempre?Se ele por ser evangélico e eu também ficarmos juntos Deus nunca vai nos perdoar?Os evangélicos só podem se divorciar e casar novamente por motivo de traição ou morte?e se não existir mais amor a pessoa tem q ser infeliz?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Luzianne,
      Afaste-se definitivamente deste homem. Ele é casado, ele deve buscar restaurar o seu casamento e não desistir do casamento. Você admite que erraram, mas para tirar a culpa é preciso mudar a atitude. Amor verdadeiro implica em compromisso; tudo o que ele demonstra no momento é um amor descompromissado, o que equivale a um não-amor.

  197. Marcos Solino disse:

    gostaria de saber se uma pessoa que congrega regularmente,mais não é casada ´na igreja e nem civilmente.Ela pode participar da santa ceia?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Marcos,
      O que impede tal pessoa de regularizar sua situação? Sugiro que a situação seja regularizada e para marcar isto, tome, na primeira oportunidade, a Ceia do Senhor, assumindo o compromisso de arrumar as coisas.

  198. Maria Farias disse:

    Por favor pastor me responda. Morei com um companheiro durante 14 anos e hoje estamos separados, porém eu e o sobrinho dele estamos nos envolvendo em um relacionamento. Isso é pecado?Ressaltando não fui casada apenas morava com o tio dele.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Maria,
      Você não foi casada, mas viveu maritalmente com o tio de seu atual namorado. Em nossos dias criou-se uma figura de descompromisso muito perigosa: se as pessoas não se casam efetivamente, não importa se eles vivem um relacionamento marital, pensa a maioria. As coisas não são assim. Você tinha uma vida de casada anteriormente; você não explicitou, mas temo que você também esteja já vivendo uma vida de casada com o sobrinho de seu ex.
      Independente de qualquer coisa, é preciso ter compromisso matrimonial sério. É isto que tem faltado aos casais em nossos dias.

  199. Nomyas disse:

    Pastor, Deus me ama mesmo, me deu uma varoa abençoaderrima rs’…. Nós oramos e Ele nos confirmou.. Deus disse que estava juntando nossas maos e nossos coraçoes em favor das almas, e sou muito grato a mulher que ele me deu, Ele disse nos faria grande nessa terra e que seriamos grandes missionarios.. hoje, quero casar, quero me unir literalmente a mulher abençoada que o Senhor me deu. Queria saber pastor, é possivel ligarmos o nosso casamento apenas com Deus??? pq diz a palavra que o que é ligado na terra é ligado no céu, e quero assumir esse compromisso primeiramente com Deus, em segundo, com ela… Eu a amo muito bastor, sou muito grato a Deus pela pessoa que Ele me deu para estar ao meu lado, eu posso pastor?? posso ligar com ela esse compromisso aqui na terra e perante Deus???.. sem que haja serimonia e todas essas coisas… quero apenas lançar-me perante Deus, pra que Ele faça a sua vontade na minha vida… eu posso, assim , ligar isto com ela????

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Nomyas,
      Quanto à cerimônia e festas e tudo o mais, isto é completamente dispensável. O que não se dispensa é o registro civil realizado no cartório e a bênção religiosa que um Pastor pode fazer no próprio Cartório, orando pela vida de vocês.

  200. Raquel disse:

    Pastor o casamento quando o homem nao conhece a cristo e divocia no mundo , depois aceita a jesus ele pode casar de novo

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Raquel,
      O divórcio acontece pela dureza dos corações (Mateus 19.8). Não deve ser uma válvula de escape para toda a dificuldade que se interponha no casamento. O novo casamento é um bendita oportunidade que deve ser aproveitada com muita sabedoria e bom senso, para evitar-se os erros cometidos anteriormente. O crente não está isento de uma separação conjugal, infelizmente. Portanto, o novo casamento é uma possibilidade para o crente, mas com uma responsabilidade adicional, pois ele tem o temor de Deus em seu coração.

  201. Thais disse:

    pastor eu e meu ex namorado estavamos juntos 7 meses dentro da presença de Deus mais acabo acontecendo e tivemos relaçao sexual e por alguns desentendimentos terminamos, ele foi viaja pra outro estado por um tempo e nesse meio tempo Deus me falo no meu coraçao que iriamos ficar juntos mais quando estivessemos na presença Dele verdadeiramente, mais eu tive medo d perder meu ex e me entreguei novamente e ele volto pra essa cidade de novo e tivemos um namoro fora da presença, e hj nao estamos mais juntos frequentamos a msm igreja pq decidimos acabar td e viver so pra Deus, mais nós nos gostamos ainda .. Mais uma duvida q tah atormentando meu coraçao nos podemos ficar juntos ainda, pq Deus me falou q iriamos ficar juntos quando tivesse na presença dEle mais eu tomei outro rumo por medo eu nao tive fe e hj me arrependo mto, mais agr to firmada na presença d Deus eu e ele e queria saber se essa promessa pode se cumprir na minha vida ou se eu perdi essa bençao?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Thais,
      Vocês tomaram a decisão acertada. Vocês se achavam abrasados, mesmo que querendo-se bem. É preciso saber esperar. Hebreus 13.4 diz: “Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula; porque Deus julgará os impuros e adúlteros”. Aguardem o casamento para desfrutarem das bênçãos que Deus tem reservado para vocês.

  202. Yasmin disse:

    Conheci um rapaz (Cristão e Diácono) que foi casado por 5 anos. Mas, se separou, pois sua ex-mulher o traiu. Ela foi embora para outro estado,por isso eles continuam casados judicialmente. Poderia namorar com ele sem antes ter saído o divórcio, ou não tem impedimento já que ele foi traído? Ficarei grata pela resposta.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Yasmin,
      Sua pergunta precisa ser respondida com outra: o rapaz em questão deseja namorar com você visando casar-se? Se este é o caso, seria importante que ele encaminhasse todos os passos no sentido de ver-se definitivamente divorciado, a fim de poder casar com você. Em nossos dias, a legislação ficou bastante facilitada, não há mais razão para ficar aguardando anos a fio; em semanas tudo se resolve.
      Caso o interesse dele seja outro, para que você namorar com ele?

  203. Kaira disse:

    Pastor, eu nasce no berço cristao. Quando eu tinha 18 anos eu me afastei da igreja, nesse periodo conheci meu namorado e eu cai em pecado, tive relaçao sexual com ele e continue mantendo. estamos juntos a 4 anos. Agora eu voltei para o caminho do senhor, conversei com meu namorado e ele nao quer ir pra igreja, mas tambem nao me impede de ir. falei do namoro santo, mas ele nao entende e disse que nao consegue ficar sem relaçoes sexuais. entao terminamos, mas eu o amo muito e nao estou conseguindo ficar longe dele. minha duvida é o seguinte, quando eu voltei pra igreja eu ja estava com ele, temos uma historia e tudo mais, eu ja cai em pecado. tenho mesmo que terminar com ele????? me ajude nao sei mais o que fazer

    • Nanny & Winston disse:

      Prezada Kaira,
      Sugerimos que leia as repostas que o Rev. Juarez deu às consulentes Thais e Kamila, ambas em 11/12/2013, pois trata-se de respostas que se aplicam ao seu caso. Obrigado por participar do blog.
      Em Cristo.

  204. Wellington disse:

    Dormi com a namorada antes do casamento é Pecado?

    • Pr. Toni disse:

      Prezado Wellington,
      A Palavra diz em 1 Coríntios 10.23 que “todas as coisas são lícitas, mas nem todas convêm”.
      Pecado é tudo aquilo que foge dos padrões bíblicos.
      Dormir com a namorada é coisa do mundo e devemos nos afastar das coisas do mundo e daquilo que nos afasta de Deus. Antecipar o processo do casamento é fazer a nossa vontade, em vez esperar o tempo de Deus em nossas vidas.
      Quem ama sabe esperar.

  205. Adriele disse:

    PAZ DO SENHOR
    pastor eu queria saber se eu sou a prometida do meu namorado. ele é assembleiano a 1 ano e eu me converti a pouco tempo atras. nós nos amamos muitos e temos medo de perder um ao outro como faço pra saber qu sou a prometida dele?
    OBRIGADO FIQUE NA PAZ DE DEUS

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Adriele,
      Um relacionamento afetivo deve ser construído com base na confiança e no companheirismo. Vocês se amam, com certeza, se respeitam, agora, precisam cultivar uma amizade e um projeto de vida comum. Lembre-se do que diz em I João 4.18: “o perfeito amor lança fora o medo”.

  206. Aline disse:

    a paz pastor! tenho uma filha de 4anos mais nunca fui casada com o pai dela amo muito ele, todos falam que os planos de deus e familia , estamos separados a 7meses mesmo nao sendo casada com ele devo continuar a lutar pela minha familia?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Aline,
      Você não é casada no papel, mas teve convívio conjugal com o pai de sua filha. Creio que todo o esforço para recompor o relacionamento que vocês tiveram deve ser levado a efeito. E, não havendo impedimento, resolver a situação legal, também.

  207. Andréia disse:

    Rev. Juarez, estou conhecendo um pastor há 2 semanas para um compromisso de ser casar, qual seria o tempo apropriado para podermos nos apresentar oficialmente?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Andréia,
      Não existe um tempo máximo ou mínimo neste particular. O que deve preponderar são os objetivos que vocês têm. Casamento é coisa séria, o suficiente para não sermos precipitados demais ou delongados em exagero. Tudo tem uma medida certa, mas que somente vocês vão poder decidir. Penso apenas que 2 semanas é um tempo exíguo para se conhecerem o suficiente.

  208. Anônima disse:

    Pastor boa tarde!
    tem 17 anos que moro com um homem tenho 2 filhos com ele.era separada e fiquei viuvá mais já estávamos juntos a 9 anos,ele e divorciado.pastor não temos um dialogo aberto pois não posso falar o que sinto e nem o que meus filhos setem para ele pois fica nervoso e sempre me culpa de tudo.ele não me ajuda em nada,nem remédios roupas causados enfim não se importa com meus problemas mais me cobra quando não me importo com ele.não tenho mais desejos por ele e nem por ninguém.agora pastor somos evangélicos e eu quero participar da santa seia pois não acho certo se não somos casados,porem estou pensando se devo me casar se a gente não tem dialogo e eu não posso reclamar de nada que eu não sou cristã ,tenho vontade de me separar pois tenho medo de dar mal exemplo depois de casada ,com brigas dentro de casa.são 17 anos assim mais não eramos evangélicos.tenho medo de cometer um outro erro me casando só por causa dos filhos e ter de levar uma vida reprimida ele me r eprime.não se importa de consertar nada dentro de casa,me deixou 1 més sem chuveiro. eu acho que ele só pensa nele,como vou poder contar com uma pessoa que nem se preocupa com meus remédios ?me de uma luz por favor.ele também não tem tempo para os filhos.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada,
      Vocês não são casados no papel, mas convivem maritalmente. Não será o papel a garantia da melhora ou piora do seu casamento. Seu casamento precisa, antes de tudo, de muita oração. Ore por ele, para que compreenda os caminhos do Senhor. Ore por você e seus filhos, para que saibam como responder à insensibilidade dele. Continuem juntos, buscando o melhor. Não havendo impedimento, oportunamente, legalizem a situação de vocês.

  209. Anônima disse:

    Rev. Vou resumir minha historia a voce para que voce possa me dar algum conselho pois ja nao sei o fazer. Comecei namorar muito cedo com um garoto que não era da igreja, sendo eu evangelica e ele não. Por muito tempo sofri, pois ele saia, bebia, e tinha má influencias chegou até me trair. E eu por gostar dele e sentir que ele gostava de mim também,apesar de fazer tais coisas perdoei. Depois disso nosso relacionamento ficou mais serio, e começamos e ter relações sexuais. Então ele por vontade propria decidiu aceitar a Jesus e aceitou, e ele se tornou um namorado exemplar, assim, pude perceber que a inveja em relação a nós comecou a fluir, pois ele tinha mudado da agua para o vinho. Então ele se interessou bastante pelas coisas de Deus, e eu de certa forma estava um pouco distante dele e de Deus, devido ter ido embora da minha cidade e morar meio distante da igreja. Mesmo assim , estavamos praticamente morando juntos, pois passavamos a semana separados mais o final de semana estavamos juntos sempre e vivenciamos felizes. Até que ele comecou a trabalhar, e , a ter menos tempo para mim. Todos finais de semanas com ou sei dinheiro ele dava um jeito de vim me ver e ficar comigo. E hoje faz 8 finais de semanas q nao ficamos juntos. Ela ja não fica muito tempo comigo, não me liga como antes consegue dormir sem falar comigo, anda sempre com muito sono. E aos poucos foi se afastando da igreja e ele me culpa por ter mais experiencia com Deus e nao ter incentivado e dado exemplo para ele conitnuar. E devido a essas e outros problemas, e erros do passado ele teve uma recaida, e voltou a beber. Estou suspeitando que ele ele esteja me traindo também. Ele ja conversou comigo pareceu sincero disse que estava assim e queria que eu tivesse paciencia, por que ele está tentando mudar, e me prometeu que ia parar de beber, e jurou não está me traindo, segundo e le se tivesse ja teria me falado e não taria mais comigo. E mesmo em meio a isso tudo ele fala que quer casar cmg, a muito tempo ele quer até por que a gente ja tentou parar de ter relacoes mas nao conseguimos, e, e pelo o fato da gente ja se conhecer taõ bem cairia bem o casamento, mas nn casei ainda por eu sou estudante e ele trabalha, mais o que ele ganha nao dá p me sustar pois devido aos meus estudos e a distancia ele iria gastar muito e nn quero que meu pai nos banque. Apesar de se a gente resolver casar tanto o meu pai como o dele pode nos dar uma de suas casas pra morarmos. Estou nesse dilema, não sei o que fazer, quero que ele volte pra Deus, mas nn sei como fazer, ele está com um vazio e ele está tentando preencher mais ainda nn prencheu pois so jesus pode prencher, mas ele sabe disso só não tem forças pra seguir sem olhar pra tras. E hoje em dia eu quero muito casar com ele e estava disposta a fazer isso , mas com esses ultimos acontecimentos, não sei o que fazer. Já pedi pra ele terminar comigo, mais ele disse que não quer por que me ama e quer eu tenha paciencia. E tenho medo de perdo-lo pois estou tao ligada a ele, temos uma vida juntos. E eu sei que se eu deixa-lo ele so vai se afundar mais na perdicao. Como faço pra saber se ele realmente vai mudar, que não está me traindo?O que faco pastor?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada,
      Vou direto ao ponto da sua questão: ninguém muda ninguém; pessoas amadurecem e chegam à conclusão que devem mudar; no entanto, não somos capazes de mudar os outros. Por outro lado, sempre é importante fazer auto-avaliação, verificando em que áreas cada um de nós deve passar por mudanças.
      Por outro lado, você não tem responsabilidade direta para com ele, no sentido de que caso você não permaneça com ele, ele ira “afundar”. Pessoas são instrumentos de Deus para nos ajudar a mudar um estado de coisas, mas não podemos gerar dependência; isto acaba levando à imaturidade. Pense a respeito. Agora, ore muito por ele, e por você também.

  210. Laci disse:

    ola Pastor..me casei muito jovem..ainda de menor (com o consentimento de minha mãe) em uma igreja evangelica..cantava louvores desde os meus 12 anos logo após minha conversao..(era um sonho meu) mas tinha vida dura e acho q me precipitei pois no dia seguinte ao meu casamento ja levei um tapa na cara…meu Deus….imagine se puder o q senti..entao apos meu casamento só derrotas..me entristeci muito…acabei abandonando tdo…fiquei doente(sindrome do panico)e por fim sai da Igreja por decisao do marido…bom..passaram 30 anos..minha derrota espiritual foi completa..descobri q uma irmã teria sido ordenada por Deus pra me fazer desistir d casar..mas ñ apareceu..tbm q outra pssoa q cantava tbm deveria ser meu esposo….q uma irmã idosa disse em revelação pra minha mãe: a Laci se casou com seu inimigo!!1 sem eu nunca ter falado nada pra ela…hoje percebo bm tdo isso…ele me escandaliza..desmoraliza..só me põe pra baixo…diz q ñ sou nada..nunca serei nada…etc….puxa….preciso eu continuar do lado d uma pssoa q faz infeliz todos os dias?? pois a tristeza e infelicidade ñ é uma brecha e ao mesmo tempo um impedimento pra Deus e o espirito santo em minha vida?? por favor..preciso d uma luz…ja tentei tirar minha vida 2 vezes..me esclareça por favor.. E??? se eu me separar nunca + poderei louvar ao Senhor novamente??? pois isto me angustía profundamente..obrigada desde já!!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Laci,
      Deus sustentou sua vida espiritual nestes 30 anos, com certeza, não te abandonará agora. Continue firme, orando especialmente pelo seu esposo, para que ele se converta. Para Deus não haverá impossíveis.

  211. Lázara disse:

    quero saber o siguinificado do meu sonho tenho 58 anos estou esperando no senhor um esposo sonhei que ia ser madrinha de um casamento e que nao tinha roupa adequada

    • Nanny & Winston disse:

      Prezada Lázara,
      Esperar no Senhor é sempre uma experiência maravilhosa, especialmente, no que tange à vida conjugal. Deus honrará sua expectativa. Quanto ao sonho, nossos desejos acabam se revelando muito fortes quando sonhamos; você deseja muito casar-se e, por esta razão, sonha com casamento. É bastante natural.

  212. Maria Laura disse:

    Pastor, queria saber sou evangélica porém cai na tentação e tive relações sexuais com meu namorado, será que ainda estou nos projetos de Deus, e ainda ter direito a redenção?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Maria Laura,
      Hebreus 13.5 orienta: “Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula”. Devemos nos guardar para o deleite sexual nos limites do casamento. Infelizmente, vocês cederam à tentação. Mas se se mostram arrependidos, Deus derrama o perdão e vocês devem se manter na expectativa do casamento para desfrutarem a plenitude da vida conjugal (Provérbios 5.15-20).

  213. Raquel disse:

    A paz .. Gostaria de tirar uma dúvida, estou noiva! Meu noivo é divorciado e vai casar novamente comigo, porém fui expulsa de casa pelos meus familiares por eles serem ímpios e eu evangélica. Como não tinha para onde ir tive que morar com ele, temos uma excelente convivência e nos amamos demais, tenho plena certeza que nossa união é da vontade de Deus, porém as vezes fico pensando sobre essa questão de ter sido obrigada a aceitar essa decisão de morarmos juntos. Não me sinto condenada pois não sai de casa, e sim fui expulsa pela minha fidelidade a Deus! O pastor acha possível essa união ser abençoada e minha linha de raciocínio é coerente ?
    Deus abençoe.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Raquel,
      Sua situação é excepcionalíssima, afinal, você foi expulsa de casa. Apenas, sugiro que vocês apressem a realização do casamento. Temo que vocês imaginem que nem precisem se casar, pois já vivem muito bem na condição em que se acham. Não deve ser este o raciocínio. Casamento é, antes de tudo, compromisso, e isto precisa ser firmado.

  214. Sabrina disse:

    pastor,este ano orei a DEUS e pedi um namorado,pois eu estava sozinha á dez anos.e DEUS me enviou um namorado como pedi mas sou muito insegura em relação a fidelidade dele porque estamos em estados diferentes e nos vemos muito pouco.minha pergunta é:eu devo acabar tudo por não confiar nele ou deve agir como a cristã q sou e usar minhas orações para DEUS trabalhar na vida dele e transformá -loem um namorado fiel?porque não tenho duvidas de que ele é um presente de DEUS para mim.posso agir com emoção e acabar tudo e perder a benção,porque eu creio que DEUS tem o poder de transformá-lo.me responda por favor.JESUS TE AMA e DEUS É FIEL.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Sabrina,
      Um relacionamento só se constrói com confiança. São fundados os seus temores acerca do seu namorado? Se, sim, então não há porque levar adiante o relacionamento. Se não são fundados, então, a própria distância fortalecerá os laços.

  215. Santos disse:

    Boa tarde, eu do mundo estava namorando com uma crente segundo ela temente a Deus, no tempo que passamos juntos todas as vezes que nos encontrávamos era pra ter relação sexual, ela porém veio dias antes de se batizar nas águas conversar comigo e terminou o namoro, eu fiquei sem entender por que ela fez isso, mais 3 dias depois eu aceitei Jesus na minha vida como meu Salvador, com issó antes do Natal dei flores para ela e pedir perdão, pedir pra ela voltar pra mim, para pedirmos perdão juntos a Deus por tudo que fizemos de errado, pois ela me respondeu, Deus só fez me usar na tua vida, pra vc conhecer ele através de mim. Como agora eu sou um varão temente a Deus e sigo seus mandamentos, falei pra ela: està repreendido em nome de Jesus, o Deus que eu sirvo não usa seu servos praticando coisas erradas. E sim coisa boas para a sua obra, quem te usou foi satanás, porque ele que é sujo e imundo e nada que vem dele presta, com essa resposta ela ficou Sem falar com migo, ela quis dizer que Deus mandou ela pra me conhecer e ter relação sexual pra eu conhecer o poder de Jesus, eu queria saber quem está certo dos dois eu ou ela.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Santos,
      Os meios não justificam os fins. O meio certo e o fim certo. O diabo levou vocês a um relacionamento que Deus não aprova. Mesmo assim, Deus teve misericórdia de você e te alcançou com sua bendita salvação. Você e sua namorada deveriam perdoar-se mutuamente e construir um relacionamento sadio, visando a vida conjugal. A levar em consideração o raciocínio que ela propôs, o namoro com intimidade sexual vira método evangelístico. Que tragédia!
      Mas, uma vez que o relacionamento terminou, aguarde no Senhor aquela que o Senhor tem reservado para você.

  216. Beatriz disse:

    Pr. estou numa situação que não sei mais o que fazer há um ano e meio atrás eu não era cristã e conheci meu atual namorado, no começo tudo era perfeito pelo menos eu achava que era só vivíamos saindo pra baladas bebendo não queríamos saber de outra vida só que depois de uns meses começamos a nos desentender e brigar por tudo todos os dias brigávamos e ele queria sair sozinho ficava bêbado com os amigos e eu estava sofrendo muito a cada dia que passava nosso relacionamento ficava pior eu menti pra ele depois ele descobriu e terminou comigo foi horrível sofri muito praticamente fiquei em depressão foi ai que comecei a ir pra igreja mais só visitava fiz de tudo pra reconquistar a confiança dele mais foi muito difícil voltamos mais ele vivia desconfiando de mim tudo que eu fazia ele jogava na minha cara o meu erro e continuávamos brigando muito mais eu nunca desisti aguentei todas as humilhações as acusações pra ficar ao lado dele por o amo muito o tempo
    foi passando e eu fui me firmando cada vez mais na igreja e ele não conheci muito a palavra de Deus e decidi que era o caminho que eu queria seguir na minha vida só que ele não ia comigo e as nossas brigas continuavam não tínhamos mais vontade de ficar um com outro pq sempre brigávamos mais eu sempre continuava com a esperança que tudo melhorasse mais nunca mudava eu chamava ele pra ir a igreja e ele nunca ia mais também não quer que eu saia da igreja só que ele não quer seguir o mesmo caminho que eu cheguei a terminar com ele duas vezes mais não consegui e voltei atrás meu amor por ele é muito forte e estou sofrendo por que já não sei mais o que fazer estamos em caminhos diferente e ele não enxerga isso diz que podemos ser felizes assim eu cristã e ele não mais não estamos sendo e ele não me entende já não sei mais o que falar pra ele pq ele não gosta quando fico cobrando ele pra ir a igreja preciso de ajuda por que o amo e não quero desistir dele
    mais não estou conseguindo ser feliz assim me de um conselho me ajude !

    • Pr. Toni disse:

      Beatriz:
      Baladas, bebidas, brigas e mentiras não são ingredientes adequados para um relacionamento. Aproveite os acontecimentos para fazer uma reavaliação na sua vida.
      Questione este sentimento de amor que não traz felicidade.
      Dê um tempo neste relacionamento para ver qual é a vontade de Deus para a sua vida. Depois converse com o seu namorado e estabeleça padrões para o namoro de vocês.
      Tenha como padrão de vida e conduta o texto de Romanos 12.2 : “Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês serão capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”.
      Não olhe para o passado, firme-se nas promessas de Deus para sua vida, e eis que tudo se faz novo. Deus tem o melhor para a sua vida.

  217. Cryslaine disse:

    gosto do filho do pastor ele tem 18 anos e eu tenho 13 anos gostaria muito q ele me espera-se fazer 18 e orasse comigo o que devo fazer

    • Pr. Toni disse:

      Cara Cryslaine,
      Que bom que você percebe que ainda é cedo para assumir um compromisso. Continue agindo desta forma e se for da vontade de Deus as coisas vão acontecer no tempo certo.

  218. Carol Ferreira disse:

    Gostaria que a minha duvida fosse esclarecida. Se um casal de namorados que eram crentes, mas se desviaram dos caminhos do Senhor, mas se reconciliam mais tarde. Um deles não é batizado em aguas, porem quer ser batizar, mesmo eles não serão casados pelo civil, só namoram, porem dormem juntos. Minha duvida é se ele pode ser batizado, não seguindo a lei de Deus? Desde já agradeço pelo esclarecimento!

    • Pr. Toni disse:

      Carol,
      sugiro que você responda a estas perguntas:
      a- Desviaram-se dos caminhos do Senhor, mas se reconciliaram sobre quais bases?
      b- Qual a motivação de ser batizado para não seguir a vontade de Deus?
      c- Não ser casado, mas dormir juntos é o padrão de quem obedece a Deus ou aos valores do mundo?
      Reavalie estas questões. Coloque-se perante Deus, peça perdão e ore para recomeçar este relacionamento sobre novas bases. Lembre-se que o pecado é pior do que uma doença, pois ele nos afasta de Deus e nos impede de ver a verdade. “Pois são os pecados de vocês que os separam de seu Deus, são as suas maldades que fazem com que ele se esconda de vocês e não atenda suas orações” (Isaias 59.2), mas lembre-se também de que “Deus é fiel e justo para nos perdoar todos os pecados e nos libertar de toda injustiça” (1 João 1.9).

  219. Débora Alves disse:

    Pastor. Se uma mulher cristã praticar sexo antes do casamento, mesmo se arrependendo e pagando as consequencias. Ou seja
    Cumprindo com todas as normas da sua igreja. Esta será proibida de usar véu e grinalda em seu casamento?

    • Pr. Toni disse:

      Débora,
      Normas de usos e costumes são valores humanos. Quais foram as normas da igreja? Perdão, reconciliação, restauração e reintegração são normas de Deus e estas é que devem ser praticadas. Você pode sim, casar de véu e grinalda só que o seu noivo precisa saber que você não é mais virgem. Não dê muita importância à aparência externa, pois “O Senhor não vê como o homem: o homem vê a aparência, mas o Senhor vê o coração” (1 Samuel 16.7) e “um coração quebrantado e contrito, ó Deus, não desprezarás” (Salmo 51.17).

  220. Maria disse:

    moro com meu marido 23 anos a 2 me converti me batizei e agora como fica nosso relacionamento?

  221. Vinicius disse:

    tenho duvida se em caso de minha esposa me trair Deus ainda tem um plano pra nós??? Mas se ela me trair só beijando outro homem, Deus perdoa ela ou eu poço me separar dela pela dor que vou sentir?

    • Pr. Toni disse:

      Caro Vinicius:
      A dúvida não vem de Deus, é artimanha do inimigo.
      Deus sempre tem um plano para as pessoas quando existe confissão de pecado e arrependimento genuíno. Veja o que diz o texto de 1ª João 1.9: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça”.
      Não existe pecadinho ou pecadão. Traição é a quebra de princípios, valores e promessas feitas quando do casamento.
      Saiba que a dor de Deus é muito maior do que a que eventualmente você vai sentir.
      Em vez de pensar em separação veja qual papel você tem exercido como sacerdote, cabeça do lar e provedor. Você tem dado a devida atenção à sua esposa? Qual tem sido o nível de comunicação entre vocês? Como vocês têm tratado com os conflitos?
      “Não se amolde ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”. Romanos 12.2
      Coloque perante Deus, em oração, todas estas questões e peça direção a Ele.

  222. Ana disse:

    Olá Pr. Tenho 15 anos e namoro faz 1 ano e 5 meses com um rapaz que cresceu no evangelho mas nunca aceitou Jesus . Ele me respeita e não me força a nada , tenho uma boa relação com a família dele e ele com a minha pois o namoro eh autorizado pelos meus pais e eu continuo pura . Só que , surgiu uma dúvida se era realmente de Deus ou não esse namoro . Devo continuar lutando por ele , ou devo terminar meu relacionamento ?

    • Pr. Toni disse:

      Ana:
      Você não tem certeza dos sentimentos de vocês? Porque você precisa lutar por ele? De onde surgiu esta dúvida agora?
      Cuidado com o jugo desigual. “Não se juntem com descrentes para trabalhar com eles. Pois como é que o certo pode ter alguma coisa a ver com o errado? Como é que a luz e a escuridão podem viver juntas?”2ª Coríntios 6.14.
      Aconselho que você responda às perguntas feitas acima e depois coloque toda questão, em oração, perante Deus. “Ponha a sua vida nas mãos do SENHOR, confie nele, e ele a ajudará.”Salmo 37.5.

  223. Cristina disse:

    meu marido me critica i axa so porque agenti e crenti nao pode te momento de raiva e estresi eli tanbem e crenti

    • Pr. Toni disse:

      Cristina:
      A palavra ensina: Irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sob a vossa ira. (Efésios 4.26)
      Isso quer dizer que se os momentos de raiva e stress não resultarem em pecado, não há nada de errado com isso. Mas, cuidado para que estes momentos não virem rotina. Deus abençoe.

  224. Mayra disse:

    tenho uma filha de 4 anos,fui abandona pelo pai dela,hoje em dia namoro com um rapaz de 28 anos ele quer si casar comigo,mais gostaria de saber si posso me casar de branco ,não fui casada com o pai dela .mais tipo Deus ,mi mostrou a pessoa certa em minha vida ,quero saber sua opinião sendo que é meu sonho poder me casar .obrigada pelo atenção

    • Pr. Toni disse:

      Mayra:
      Casar de branco foi uma convenção social, estabelecida no passado, que simbolizava a pureza, mas que na atualidade não tem nenhum significado. O que vale é a pureza do coração. Pois Deus vê o coração é não a aparência exterior. Conforme 1ª Samuel 16:7.
      Agora, mais importante do que casar de branco é ter certeza de que o rapaz confessa a mesma fé que você tem e de que ele aceita a sua filha também.
      Converse com o seu pastor sobre o assunto. Seja feliz e que Deus a abençoe.

  225. Vinicius Santos disse:

    Pastor Juarez, eu tenho namorada, sou Diacono, somos evangélico, a pergunta que eu te faço, tem problema agente dormir juntos sem manter relação sexual ou não? eu e minha namorada pretendemos nos casar, ela falou que quer casar só na igreja pois no cívil ela não por medo do filho dela parar de receber a pensão do falecido pai. falei com ela que ela pode casar no cívil sim pois o filho dela enquanto ele estudar ele sim continua a receber a pensão dele.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Vinicius,
      Não brinque com fogo, se não você pode se queimar. Deitar com a namorada só para dormir, sem ter relações sexuais, é um exercício bastante difícil, é colocar-se em absoluta tentação. Não faça isto. Quanto à pensão para o filho, você está correto; vocês podem casar-se no civil que não vai haver nenhuma cessação da pensão.

  226. Izamara disse:

    Pastor eu ja tenho uma filha e sou amigada, e eu poderia casa n igreja e com vestido de noiva? meu sonho eh casa n igreja e cm vestido branco……..
    posso? Agradeço pela resposta…………………………….. obrigada

    • Pr. Toni disse:

      Querida Izamara:
      Você pode casar de branco, de amarelo e até de vermelho. Agora, mais importante do que a cor do vestido é regularizar sua situação perante Deus e a lei civil.
      Converse com o seu pastor sobre o assunto. Seja feliz e que Deus a abençoe.

  227. Patrícia disse:

    Sou casada com outro no papel e deixei ele ,me ajuntei com outro e estou com atual ja um ano minha pergunta e posso tomar santa ceia estando nessa situacao e cantar no ministerio de louvor .

    • Pr. Toni disse:

      Patrícia:
      Antes de querer assumir ministério na igreja e antes de participar das ordenanças estabelecidas por Jesus Cristo (batismo e ceia) é importante que você resolva a situação do seu casamento.
      Quanto à Ceia do Senhor, a Bíblia diz que é a própria pessoa quem deve decidir se participa ou não. Ela deve examinar-se a si mesma e decidir à luz desse autoexame. (1ª Coríntios 11.23ss).
      Não creio que ninguém tenha autoridade para proibir alguém de participar da Ceia do Senhor, até porque as consequências por participar indevidamente são da própria pessoa.
      Quanto ao participar do ministério de louvor, cuidado para não ser pedra de tropeço.
      Converse com o seu pastor sobre esses assuntos, regularize sua situação e seja feliz!

  228. Jamille disse:

    sonhei que estava vestida de noiva o que isso significa

    • Nanny & Winston disse:

      Prezada Jamille,
      Sugerimos que você verifique a resposta que o pastor deu a Emely em 18 de abril de 2013. Aplica-se bem ao seu questionamento.

  229. Anônima disse:

    pastor boa noite to precisando muito de ajuda,nao sou evangélica mais tenho muita fé em Deus, ja nao sei mais o que fazer.tenho um companheiro a seis anos,ele e uma otima pessoa.mais ja faz algum tempo que agente nao esta bem.quando agente ficou junto a familia dele foi contra ele nunca quis ter responsabilidade com a casa com os moveis e nao pensar em construir uma familia comigo,nao me dá carinho acabei sentindo carencia e encontrei uma pessoa que tem o mesmo objetivo que o meu e me apaixonei por ele so que ele ja foi convertido e nao quer ficar nessa situação pediu a mim que eu desse outra chance para o meu esposo eu dei mais ele nao esta levando a serio.entao preciso tomar uma atitude mais nao sei o que fazer.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada irmã,
      Você vive há 6 anos maritalmente com uma pessoa; é como se vocês fossem casados. A pessoa que você conheceu, tem toda a razão, e mais, você não deve apenas dar uma chance para o seu companheiro/marido; você deve dar uma chance para você mesma.
      Você aparenta estar desistindo de seu casamento. Tome a restauração de seu casamento como uma missão, incluindo a legalização do relacionamento. Peça ao Senhor para colocar em seu coração um profundo amor pelo seu marido, e também, que Deus lhe dê, em resposta, amor igual. Não desista.

  230. Fabiana disse:

    Pastor, boa tarde! Sou cristã, estou fazendo discipulado pra me batizar nas águas falta um mês e estou com uma dúvida tremenda…Eu ainda não casei, tenho namorado e estamos ajeitando algumas coisas ainda pra nos casar, portanto nós aceitamos Jesus, vamos nos batizar mas nos relacionamos como homem e mulher…se acontecer o período a qq momento do arrebatamento eu serei levada? Período antes da tribulação…Grata

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Fabiana,
      Se você aceitou a Cristo como seu único e suficiente Salvador você tem a vida eterna (João 3.36).
      Agora, a vida marital que você e seu namorado mantém presentemente está em desacordo com a Palavra de Deus. Se você quer fazer a vontade do Senhor, tome o propósito de afastar-se deste abrasamento, para desfrutar da plenitude da vida conjugal no âmbito do matrimônio.

  231. Isa disse:

    sou crente desviada , estou a viver maritalmente com um homem que não acredita em Deus. o que fazer??
    Sei que estou errada, mas não sei o que fazer.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada irmã Isa
      Primeiramente, esteja convicta da sua salvação em Cristo. Nossa comunhão com Deus é algo muito pessoal, e precisamos estar certos disto. Volte-se para Jesus, que morreu pelos seus pecados; não ande mais pelos caminhos que não agradam a Deus.
      Que pena que seu companheiro não crê. Ore por ele. Testemunhe a ele. Que o Senhor possa se revelar a ele, por seu ministério.
      Vocês não são casados, mas vivem maritalmente, o que tem o mesmo efeito. Seria muito desejável se vocês pudessem resolver esta pendência, diante de Deus e dos homens.

  232. Israiany disse:

    oi meu nome e israiany e queria saber uma coisa sou evangelica a pouco tempo 1 ano e meio na sou casada no papel tenho meu marido dois filhos na me casei a inda por que meu marido foi ja casado mas tem muito tempo que ele e desquitado a ex não quiz da o divorcio ele foi casado com uma mulher poderosa na magia negra a na macuba etc entao ese divorcio esta muito amarado ele tambem se converteu ai eu recebo oportunidades pra cantar todos sabem que não sou casada mas alem disso ja recebi oportunidades em outras igreja que nao seja onde congrego sera que devo continuar a aceita porque muitos pastores ja me falaram quem nao aseita as oportunidades dadas esta rejeitando a jesus mas quero muito me casa e passa pelas aguas

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Israiany,
      Maior é o que está em nós do que o que está no mundo (I João 4.4). Não tem magia negra ou macumba que resista ao poder de Deus. Seu marido precisa resolver esta pendência jurídica o mais rápido possível (hoje, isto é bastante célere). Resolva esta situação e tudo se encaixará em sua vida. E viva com seu marido, no temor do Senhor, e jamais, de deuses que deuses não são.

  233. Jaurina disse:

    Pastor Juarez, A PAZ DO SENHOR SOU VIUVA QUERO CASAR NOVAMENTE PRA N FICA ERRADA COM JESUS NEM COM A IGREJA SERA QUE DEPOIS DO NOVO CASAMENTO EU FICARE RECEBEDO MINHA PENÇÃO SOU PESSIONISTA DO INSS MIM RESPONTAR EM NOME DE JESUS

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Jaurina,
      Mesmo não sendo advogado, creio que você não fará mais jus à pensão do seu falecido marido, caso venha a contrair novas núpcias.
      Infelizmente, muitos não se casam legalmente, mas vivem maritalmente, para não perder tais benefícios. É duplo engano: primeiro de tudo, diante de Deus, que fez o casamento para ser ambiente de bênção em nossa vida; depois, diante do Estado, que acaba sendo ludibriado, por este ardil. Como você quer estar no centro da vontade de Deus, encontrando uma pessoa de Deus para constituir um novo lar, case-se; certamente, o Senhor suprirá suas necessidades de ordem material, independente da pensão.

  234. Lorenna disse:

    Boa tarde Pr , eu namoro a quase dois anos , e tinha um relacionamento muito perturbador , mais resolvi entrar pra igreja há quase um mês , gostaria de saber se devo terminar com meu namorado ou não ? Sim, ele vai na igreja comigo , estamos procurando mudar ; Outra questão também é a ALIANÇA ‘ Tenho uma aliança de compromisso , tive a ideia de pedir o Pastor da minha igreja pra abençoa-la, mais antes gostaria de saber se é certo , ou se devo esperar a de casada ? Abraços desde já agradeço e fique com Deus

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Lorena,
      Que bom que você e seu namorado estão frequentando a Igreja. Rogo a Deus que você e ele possam ter um encontro muito pessoal com Cristo. É deste encontro que todas as demais coisas vão tomar o rumo certo na vida de vocês.
      Quanto à bênção sobre a Aliança, na verdade, nós oramos para Deus abençoar, não os objetos, mas o significado deles, que o compromisso que vocês tem um com o outro.

  235. Luara disse:

    Ola pastor! Pastor estou avastada dos caminhoes do Senhor (Jesus) e estou gravida e meu esposo nao e cristao. Meu esposo quer batizar nosso filho na igreja dele, so que nao sou a favor e eu quero consagrar nosso filho na “minha “igreja. Me ajude o que faco? Que argumentos uso para nao batizar na igreja dele?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Luara,
      Situação bastante difícil. Imagino que seu marido quer batizar seu filho numa igreja que não professa a fé evangélica. É a isto que Paulo alude quando fala acerca de não se colocar em jugo desigual (II Coríntios 6.14).
      Primeiro de tudo, você deve voltar-se para Deus; quem sabe o advento do filho tenha vindo como um alerta para você. Então, ore ao Senhor, pedindo que Deus toque o coração do seu marido, para que ele também se volte ao Senhor. Deus há de fazer um milagre no seio do seu lar. Estou orando por você e sua família.

  236. Lucélia disse:

    meu namorado e evangelico e eu nao frequento igreja alguma quero saber para nao prejudicar ele deveiria deixa_lo?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Lucélia,
      O que impede você de acompanhá-lo na casa do Senhor? Deus colocou seu namorado em seu caminho para que você conheça o caminho do Senhor. Não perca esta oportunidade.

  237. Miguel disse:

    Boa Noite Pastor.
    Graça e Paz em nome de Jesus Cristo nosso Senhor!
    Gostaria de saber a posição do senhor referente algo que está acontecendo em minha vida…; Sou um jovem de 21 anos e me juntei com uma mulher divorciada e com 3 filhos de antigo casamento.
    o ex cônjuge dela ainda vive e eu ja estou morando com ela (não sou casado no cartório nem nada só moramos juntos) a 2 anos e meio tive um filho com ela que hoje tem 9 meses..
    E eu me sinto muito culpado por está vivendo nessa situação estou quase que entrando em depressão por causa disso …;
    São brigas e mais Brigas… realmente nós cometemos um grande erro
    será que posso me separar? não penso no momento em encontrar outra pessoa e me casar e tal.. mas eu estou depressivo não consigo mais orar não consigo mais mergulhar nas escrituras só tenho vontade de chorar e chorar ..
    de acordo com 1 cor 7 Deus permite uma separação pedagógica ?
    mas na verdade nós nem somos casados de verdade e sim só moramos juntos então eu não vou está pecando se eu me separar… ?
    e gostaria de saber o que devo fazer?
    devo me separa? qual deve ser minha atitude?
    pois sei que cometi um grande erro diante de Deus …
    Mas eu não aonde estava com a cabeça pra entrar dentro dessa… pois conheço a palavra e sou praticando mas agora não sei o que fazer…
    me ajude .. dê-me uma direção…
    se eu me separar vou está em grande pecado?
    pois eu não aguento mais viver assim…;
    Desde já espero a sua resposta..
    Deus abençoe.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Miguel,
      Me solidarizo com você. Rogo a Deus que lhe dê a direção certa.
      Alguns aspectos precisam ser levados em consideração. Você não está casado no papel, mas vive maritalmente, o que equivale a um casamento. Casamento é, antes de tudo, compromisso. Quem não quer compromisso, não pode querer o casamento, então, também, não pode viver maritalmente.
      Além do mais, você tem um filho com sua esposa. Isto não é pouca coisa. É mais compromisso ainda.
      Avalie se a sua depressão não tem a ver com o medo de assumir responsabilidade e compromisso.
      Por fim, vejo que o caminho mais correto é a solidificação de seu casamento e não o contrário. Mas há um longo caminho a ser percorrido, que envolve diálogo, compreensão, perdão, mudança de comportamento, e a construção de um novo lar.

  238. Nivaldo disse:

    boa tarde, moro com uma pessoa a 23 anos´,tenho até uma filha com essa pessoa vivemos muito bem e na paz sou evangélico batizado ela também,ela já era evangélica a muito tempo e eu só a um ano,eu não quero me casar ela quer,o que eu devo fazer,um abraço e fique na PAZ

  239. Rosângela disse:

    Pastor, conheci a Jesus aos 18 anos. Tinha um chamado em sua obra , fiquei na igreja durante 3 anos , desviei pq me apaixonei por um rapaz não evangélico , em q estou casa a 14 anos temos uma filha de 14 (engravidei).Hoje meses atrás voltei pra igreja , a mesma q congregava a anos atrás. Não sou casada no papel . nunca dentro do meu coração esqueci jesus ,sempre me lembro do meu chamado . Devo casar com meu marido mesmo? ou me separar? na época Deus mandou me falar q exisitia um laço q inimigo estava armando, e agora? Depois de tantos anos? Não sei o q fazer! já tenho orado….

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Rosângela,
      Com certeza, o Senhor honrará o seu chamado, mesmo depois de tanto tempo. Antes, porém, resolva sua situação conjugal, casando-se legalmente com seu marido. O chamado que Deus tem para você, não pode ser aparte de seu marido. Vocês hão de servir a Deus juntos e toda a família.

  240. Tatiara disse:

    Eu gostaria de souber,eu namorava 6 anos um rapaz,e larguei ,sou cristao ,ai pela internete conheci outro rapaz,ele diz que gosta de mim,ele e da mesma igreja ,que eu,mais estou em duvida ,oque devo fazer em relacao a isso,e meu ex quer voltar comigo ,nao sei oque faco ,ja sofri muito com ele,ele nao frequenta a minha religiao….oque faco em relacao a tudo isso? Me ajude ,,,obrigado

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Tatiara,
      Deus quer para você um namoro cristão, que implica não só em namorar um rapaz que conheça a Cristo como seu Salvador pessoal, mas que viva o padrão determinado na Palavra de Deus. Escolha certo. Não volte aos caminhos equivocados que só fizeram você sofrer.

  241. Isabel disse:

    Minha sogra tem todas as caracteristicas do espirito de jezabel e ela domina meu esposo q conseguiu ate faze-lo sair de casa, o que eu devo fazer? Meu esposo era lider de louvor n igreja e instrumentista

    • Pr. Toni disse:

      Isabel:
      Fica difícil responder completamente porque faltam respostas que mudariam o entendimento do problema e a orientação de uma possível solução, como por exemplo: por qual razão seu marido saiu de casa? Por qual razão ele deixou de ser líder e instrumentista do louvor?
      Sugiro que você faça uma reavaliação de todos os fatos ocorridos e qual papel você exerceu nos acontecimentos.
      Ore pelo seu marido, por sua sogra e por você mesma, pedindo que Deus traga à luz tudo o que precisa ser revelado para reestabelecer a paz, “e a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus.” (Filipenses 4.6-7)

  242. Michele disse:

    um dia um Homen usado por deus disse; que via deus forjando uma aliança entre eu e meu namorado oque ele quiz dizer com isso?

    • Pr. Toni disse:

      Querida Michele:
      Não sei quem era, nem o que este ‘homem usado por Deus’ quis dizer com ver “Deus forjando uma aliança entre você e seu namorado”.
      Faltam informações para dar uma resposta para você. Por exemplo: quando ele disse isso você perguntou o significado? De onde era este homem de Deus? Há quanto tempo isso aconteceu? Você ainda continua com seu namorado?

  243. Tainá disse:

    Pastor estou prestes a me casar, mas tenho uma dúvida, fui desviada da igreja assembléia durante dois anos, e nesse período pequei contra o Senhor tive relação com um ex namorado, hoje faz 1 ano e 3 meses que voltei a casa do Pai , meu namoro graças a Deus é uma benção, mas estou em dúvida se posso me casar na igreja porque não sou mais virgem, por favor me ajude.

    • Pr. Toni disse:

      Querida Tainá:
      O que é o casamento na igreja?
      Um testemunho público, de uma decisão pessoal, onde se assume os votos do matrimônio e se recebe as bênçãos de Deus, dos pais e dos amigos, convidados para este evento.
      O importante é você saber que se você se arrependeu e pediu perdão a Deus, “ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça” (1ª João 1.9), e que não há nenhum impedimento para o casamento.
      Agora, é importante que o seu namorado saiba do acontecido e que você peça perdão a ele também, para que haja transparência no relacionamento de vocês e que o inimigo não venha usar o fato futuramente.
      Deus abençoe.

  244. Luanna disse:

    Moro com uma pessoa a 16 anos não somos casados oficialmente temos 3 filhos e fazemos parte do ministério do louvo de nossa igreja. A dúvida é podemos?o que devemos fazer, como proceder corretamente aos olhos de DEUS? Me ajudem por favor.
    Obs: Planejamos nos casar em Maio deste ano.

    • Pr. Toni disse:

      Querida Luanna:
      O primeiro passo vocês já deram que é regularizar a situação relacional de vocês, e isso é um procedimento que agrada a Deus, apesar de que, na prática, vocês já vivem como casados.
      Quanto a fazer parte do ministério de louvor da igreja, leve em consideração que neste ministério há muita exposição dos participantes e o importante é não ser pedra de tropeço para outras pessoas.
      Sugiro que vocês solicitem afastamento do ministério de louvor, até o casamento.
      Em todo caso levem esta sugestão à apreciação do seu pastor.

  245. André disse:

    prezado Pastor a pelo menos 3 anos convivo com uma mulher que tem 4 filhos de outros homens todos tem um defeito moral, por não ser pai deles não tenho autoridade para educalos como deveria hoje carnaval minha mulher se arrumou e saiu com uma amiga, antes de ela sair pedi para que não fosse, ao que ela me respondeu que eu sou chato e foi embora com a amiga

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado André,
      O Profeta Amós indaga: “Andarão dois juntos se não houver entre eles acordo?” (Amós 3.3). Este é o ônus do jugo desigual (II Coríntios 6.14-15). De fato, você não é o pai dos filhos de sua companheira, mas em alguma medida, é justamente o que eles precisam. Por outro lado, a autonomia que ela revela, no fundo é um escamoteamento da necessidade que ela tenha de companheirismo, que pode ser suprido pelo convívio conjugal. Peça a Deus muita sabedoria para lidar com este universo em rota de colisão; ore ao Senhor no sentido de que, tanto ela, como seus filhos, sejam sensibilizados pelo Espírito do Senhor. Haja com doçura e paciência, amor e tolerância, ao mesmo tempo em que você deverá manter firme o seu padrão de valores.

  246. Laline disse:

    Pastor eu nao sou evangelica mais tenho um namorado que e da igreja batista, Nos conhecemos em um momento magico e muito dificil de minha vida, era era comprometido e eu tambem, porem o amor nos tocou de uma maneira, mais tivemos problema pois tinha surgido uma gravidez dela nos separamos pois ele tinha uma responsabilidade depois descobrimos que isso era uma invensao, voltamos a namorar, estavamos bem mais ontem ele chego pra mim e falo que queria um tempo no comeco nao explicou bem o motivo eu perguntei se ele queria termina pela falta de amor, ele falo que nao que ele me avama e depois falou que ele estava participando do banco.da igreja antes ele estava fora mais agora ele entro e na igreja nao e permitido o ato sexual sem ser casado e como uma tipo penitencia ele falo que o paator dele falo que era bom ele se afastar esse tempo de mim, e ele me falo que esse tempo era de reflexao que t alvez alguns dias eu que iria que ter de decisir, ai eu perguntei porque ele nap tinha terminado ele me falo que tinha um proposito ai eu perguntei se iamos ficar juntos ele pediu para deixa-lo refletir mais que havia um proposito, pastor me ajude a entender por favor.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Laline,
      A intimidade sexual é bênção de Deus para nós dentro do regime do casamento (Hebreus 13.4); fora do mesmo, é problema e angústia. O amor de um casal não pode ser sustentado pela conjunção carnal; talvez seja aqui que seu namorado percebeu, a tempo, o equívoco. Ele pediu tempo para refletir. Aproveite o mesmo tempo para refletir também. Em que base vocês tem sustentado o seu amor? É um amor preparado para enfrentar os revezes da vida? Quando vocês puderem responder afirmativamente estas e outras questões, creio que vocês poderão retormar o namoro, e preparar-se para o casamento.

  247. Marcos Souza disse:

    Deus o abençoe na inspiração desta resposta.
    Pois bem, o senhor ficasse viúvo e encontrasse uma cristã casariasse com ela mesmo sabendo ser ela uma divorciada e ter sido abondanada pelo marido? O que diz a bíblia a respeito desse ato conjugal?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Marcos,
      A viuvez é uma contingência; ela não é impeditiva da constituição de um novo casamento. A hipótese do novo casamento ser constituído com uma mulher divorciada, que foi abandonada pelo marido, também não é impeditiva. Superadas estas questões, é preciso entrar em outras mais profundas, que dizem respeito ao amor e ao compromisso.

  248. Maria Daniely disse:

    eu sou evangelica ha 1 ano e conhecí um evangelico que tem 7 anos de cristão,ja fez 1 ano que eu e ele estamos namorando e fez 1 mês que estamos noivos ele viajou pra São Paulo para preparar tudo para o nosso casamento mas sinceramente eu descobri que não o amo o suficiente para casar com ele ou seja eu sinto no fundo do meu coração que ainda não é o tempo de mim casar,e procuro uma palavra para de DEUS mim dizer o que estar acontecendo comigo,eu ja orei e ja pedi a DEUS que usasse um vaso para falar comigo e nada e tempo tá passando e ele liga pra mim todos os dias e tenho que continuar fingindo que gosto dele até que DEUS mim dê um sinal.pastor estou desisperada mim ajude o quê que eu faço com essa situação.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Maria Daniely,
      Você pediu um versículo; deixo com você Romanos 14.23: “Aquele que tem dúvidas é condenado se comer (Paulo se refere a comer carne sacrificada a ídolos, mas o princípio se aplica a todas as áreas da vida), porque o que faz não provém de fé; e tudo o que não provém de fé é pecado”.
      Namoro e noivado é justamente um tempo precioso para avaliar todas as questões e decidir com segurança. Se você não está segura, não case, pelo menos por enquanto não. Amadureça mais todas as questões envolvidas.

  249. Simone Aires disse:

    fui casada em uma igreja evangelica depois me divorçiei e agora depois de um ano queremos voltar pela lei de Deus somos casados entao quero saber se podemos morar juntos e depois se casar na lei dos homens sim ou não

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Simone,
      O que impede vocês de legalizarem o seu casamento? Hoje isto é muito fácil. Resolva isto o mais rápido possível e assim vivam em absoluta obediência ao Senhor.

  250. Anônima disse:

    pasto eu sou junta com um homem a 18 anos e eu ja não sinto nada por ele so carinho pois eu sou evangelica e estou seintdo amor por meu pastor mais não é pastor presidente não é a segunda pessoa dele e o que eu faço me ajuda

    • Pr. Toni disse:

      Cara irmã:
      Não sei o que você quis dizer com não sentir mais nada pela pessoa que esta com você, pois você é evangélica.
      Se você tem valores do evangelho na sua vida, então você deve ser capaz de discernir que para viver 18 anos com uma pessoa tem que haver muito mais do que carinho.
      Tem que haver compromisso; respeito; parceria e principalmente amor. Se estes ingredientes não estão presentes no dia-a-dia do seu relacionamento, então faça uma avaliação para ver o que aconteceu e qual é a sua responsabilidade nisto tudo.
      Acho que uma das coisas que precisam ser consertadas na sua vida é regularizar a sua situação relacional.
      Quanto ao fato de estar “sentindo amor” por seu pastor, saiba que amor é muito mais que sentimento, conforme mencionei acima. Repreenda este sentimento, pois ele não procede de Deus. Cuidado, pois muitas pessoas confiam em suas emoções como um guia para sua vida.
      A bíblia ensina que nosso “coração é mais enganoso que qualquer outra coisa e sua doença é incurável. Quem é capaz de compreendê-lo? Jeremias 17.9.
      Mas Deus diz que Ele: “sonda o coração e examina a mente, para recompensar a cada um de acordo com a sua conduta de acordo com as suas obras.” Jeremias 17.10.
      Ore a Deus e peça para que Ele coloque amor no seu coração, mas pela pessoa com quem você vive há 18 anos.

  251. Sheylla disse:

    ola! pastor gostaria de perguntar se posso orar pelo meu ex: noivo, mas ele é junto com outra pessoa , não e casado perante lei; perante Deus e sua palavra posso orar para ele voltar para min ?

    • Pr. Toni disse:

      Sheylla:
      Pode e deve interceder pela vida dele, mas para que ele seja feliz no seu relacionamento, para que ele regularize sua situação civil e para que ele se volte para Deus.
      Quanto a você, ore para que Deus aquiete o seu coração e que prepare uma pessoa para você.
      Seja feliz!

  252. Neide disse:

    meu marido tem uma amante e so que sabe de festa bailao so prostituicao ele viro a cabeca nao que mais trabalha eu nao sei mais oque faze ele me falo que esta apaixonado por a amante que a amante nao que que ele venha me ve eu tenho um mercado e trabalho sozinha ele nao me ajuda foi mora em curitiba ele falo que tem que larga de mim que senao ela larga dele nos senpre fomos conpanheiro e hoje ele mudo total mente parese que ele me odeia eu vo senpre na igreja asenbleia eles falam que eu tenh que luta por meu casamento pastor me da uma orientacao eu amo meu marido mais nao aguento mais sofre

    • Pr. Toni disse:

      Neide:
      Algumas informações importantes não foram mencionadas, como por exemplo: Vocês são casados? Há quanto tempo? Seu marido é convertido? Ele frequenta ou frequentava a igreja? Vocês têm filhos?
      Avalie que sua luta não é contra pessoas e sim contra o diabo. Veja o que diz o texto de Efésios 6.12 “Pois nós não estamos lutando contra seres humanos, mas contra as forças espirituais do mal que vivem nas alturas, isto é, os governos, as autoridades e os poderes que dominam completamente este mundo de escuridão”.
      Em vez de você lutar com suas forças, entregue a questão ao Senhor, porque “o Senhor vai conosco, para lutar por nós contra os nossos inimigos, para nos salvar”. Deuteronômio 20.4.
      Ore a Deus, e ao mesmo tempo ordene que o diabo saia da vida de vocês. Peça a Deus que liberte seu marido e que renove seu coração.
      Agora, é importante que você também faça uma avaliação das suas atitudes com o seu marido. Onde aconteceu a brecha que o inimigo esta usando? Você tem sido uma auxiliadora idônea? Veja se sua conduta não tem sido aquela da mulher mencionada no texto de Provérbios 14.1 “A mulher sábia constrói o seu lar, mas a que não tem juízo o destrói com as próprias mãos”, e Provérbios 21.19 “É melhor morar no deserto do que com uma mulher que vive resmungando e se queixando”.
      Saiba que nas questões de relacionamento marido/esposa a responsabilidade pelo sucesso ou fracasso do casamento é de 50% para cada um.
      Aprenda com os ensinamentos de 1ª Pedro 3: 1 – “Assim também você, esposa, deve obedecer ao seu marido a fim de que, se ele não crê na mensagem de Deus, seja levado a crer pelo modo de você agir”. Não será preciso dizer nada2 – porque ele verá como a conduta de você é honesta e respeitosa. 3 – Não procure ficar bonita usando enfeites, penteados exagerados, joias ou vestidos caros. 4 – Pelo contrário, a beleza de você deve estar no coração, pois ela não se perde; ela é a beleza de um espírito calmo e delicado, que tem muito valor para Deus. 8 – Finalmente, que todos vocês tenham o mesmo modo de pensar e de sentir. Amem uns aos outros e sejam educados e humildes uns com os outros. 9 – Não paguem mal com mal, nem ofensa com ofensa. Pelo contrário, paguem a ofensa com uma bênção porque, quando Deus os chamou, ele prometeu dar uma bênção a vocês. 10 – Como dizem as Escrituras Sagradas: “Quem quiser gozar a vida e ter dias felizes não fale coisas más e não conte mentiras”.11 – “Afaste-se do mal e faça o bem; procure a paz e faça tudo para alcançá-la”.Leia todo o texto de 1ª Pedro 3.1-11.
      Coloque estas questões também em oração e espere no Senhor.

  253. Thais disse:

    a paz do senhor, pastor morro com o meu esposo a 3 anos mais não somos casados no papel, desde que fomos morar juntos usamos aliança agora ele diz que esta errado porque não somos casados e que devíamos tirar a aliança e casar primeiro vc acha que tem algo ave?

    • Pr. Toni disse:

      Thais:
      Com certeza tem muito a haver. E este deve ser o primeiro passo para regularizar a situação do relacionamento de vocês.
      O segundo passo é buscar orientação do seu pastor para as próximas ações.
      O terceiro passo, e não obrigatoriamente nesta ordem, é desfrutar das bênçãos de Deus na vida de vocês.

  254. Edvane disse:

    e pecado casar sem amor

    • Pr. Toni disse:

      Edvane:
      Qual a motivação para um casamento se não há amor? Lembre-se que amor é mais do que um sentimento, como a paixão. Amor é compromisso, parceria, companheirismo. Amor é uma decisão entre duas pessoas, de compartilhar da vida em comum, com suas alegrias e dificuldades. Veja o que dizem alguns versículos do texto de 1ª Coríntios 13 (leia o capítulo inteiro para maior compreensão): 13.1 Eu poderia falar todas as línguas que são faladas na terra e até no céu, mas, se não tivesse amor, as minhas palavras seriam como o som de um gongo ou como o barulho de um sino. 13.2 Poderia ter o dom de anunciar mensagens de Deus, ter todo o conhecimento, entender todos os segredos e ter tanta fé, que até poderia tirar as montanhas do seu lugar, mas, se não tivesse amor, eu não seria nada. 13.8 O amor é eterno. Existem mensagens espirituais, porém elas durarão pouco. Existe o dom de falar em línguas estranhas, mas acabará logo. Existe o conhecimento, mas também terminará. 13.13 Portanto, agora existem estas três coisas: a fé, a esperança e o amor. Porém a maior delas é o amor. Espero que com esta leitura você entenda melhor a importância do amor na nossa vida e principalmente no casamento.

  255. Liziomar disse:

    tem 3 meses que me casei meu esposo tem 3 filho que eu cuido ele é presbitero eu sou evangelica tambem mas ele tem poblema e nao temos relaçao sexesual ele passou pelo medico o medico receitou viagra mas estou me sentindo muito mal com essa situaçao o que devo fazer me responda com urgençia pr favor

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Liziomar,
      Não há mal nenhum em seu marido usar alguma medicação que o ajude na vida sexual, desde que acompanhado pelo receituário médico.

  256. Aline disse:

    Fui traída pelo meu marido com todas as minhas vizinha, fui buscar no Senhor, e Deus falou pra mim perdoar, só que agora depois de 5meses eu consigo perdoar e sofro muito com isso posso divorciar ou Deus me condenará?

    • Pr. Toni disse:

      Cara Aline:
      Malaquias 2.16 afirma: Pois o SENHOR Todo-Poderoso de Israel diz: – Eu odeio o divórcio; eu odeio o homem que faz uma coisa tão cruel assim. Portanto, tenham cuidado, e que ninguém seja infiel à sua mulher. A única permissão específica para um segundo casamento após um divórcio é no caso de adultério, conforme Mateus 19.9: “Portanto, eu afirmo a vocês o seguinte: o homem que mandar a sua esposa embora, a não ser em caso de adultério, se tornará adúltero se casar com outra mulher”. Isto tem gerado muitas controvérsias entre os cristãos, mas duas coisas sabemos com certeza: Deus odeia o divórcio e é misericordioso e perdoador. É preciso também que consideremos que cada divórcio é resultado do pecado, seja da parte de um cônjuge ou dos dois. Deus perdoa o divórcio? Claro que sim, pois o divórcio não é mais ou menos pecado do que qualquer outro pecado. Se Deus perdoa o pecado do divórcio, isto então significa que você está livre para se casar novamente? Não necessariamente. Mas a Palavra de Deus nos diz que… “se vocês não podem dominar o desejo sexual, então casem, pois é melhor casar do que ficar queimando de desejo.” (1ª Coríntios 7.9). Talvez, pela graça de Deus, isto se aplique a um segundo casamento após o divórcio.
      É importante entender que Deus não é um Deus que está pronto a nos condenar quando pecamos, porém a consequência do nosso pecado é nos afastar do amor de Deus, e por isso não desfrutarmos de tudo que Ele tem para nos dar.
      Quanto à situação que você vive é compreensível que tenha sentimentos de dor e perda, pois, afinal, houve uma quebra das promessas feitas no casamento e da vida em comum, tudo acompanhado de muitos sonhos frustrados e talvez também de um sentimento de “onde foi que eu errei”.
      Agora, o perdão quando concedemos em obediência à vontade de Deus não deve trazer sofrimento, mas sim o propósito da restauração, por isso antes de pensar em divórcio pense e ore pela reconciliação e restauração do seu casamento.

  257. Ana disse:

    pastor vivo com um homem a 15 anos e temos um filho nao me casei no civil e nem religioso e agora me converti e ele nao entendi que sexo fora do casamento é pecado e ele nao quer casar o que faço

    • Pr. Toni disse:

      Cara Ana:
      Fica uma pergunta: ele se converteu? Se vocês vivem como casados, mas não são casados, falta regularizar a sua situação civil e perante Deus. Neste caso é preciso conversar com o seu marido sobre a importância de regularizar a situação, inclusive por causa do seu filho. Ore a Deus para dar o mesmo entendimento ao seu companheiro e converse com o seu pastor.

  258. Aristarco disse:

    se eu adulterei com uma mulher casada devo pedir perdão ao seu marido mesmo que ele não ficou sabendo/

    • Pr. Toni disse:

      Caro Aristarco,
      Antes de qualquer coisa, é importante que haja um arrependimento genuíno de sua parte pelo ocorrido; depois você deve pedir perdão a Deus pelo pecado que cometeu envolvendo uma mulher casada. Deveria também pedir perdão à mulher casada pelo pecado cometido em conjunto, mas é possível que você vá causar mais mal do que bem, o que pode acontecer também se for pedir perdão ao marido.
      Ore a Deus confessando arrependimento e rogando pela manifestação da vontade dEle na sua vida.

  259. Carlos Jr. disse:

    Pastor sou cristão, porém minha esposa me umilhava muito e com tantas lutas acabei caindo em adultério. Me separei me arrependo muito, quero saber se posso me casar a luz da palavra de Deus com outra pessoa. Minha ex pediu divorcio pois soube eu eu adulterei. Posso me casar novamente e servir a Deus do lado de minha nova esposa?

    • Pr. Toni disse:

      Carlos Junior:
      A sua pergunta é difícil de responder, pois você não forneceu alguns detalhes, como por exemplo, se ela também é cristã, e o porquê da humilhação que você passou que entretanto, não justifica o adultério. Em geral, o adultério acontece por causa da dureza do coração dos cônjuges, que não são capazes de manter um bom nível de comunicação, fundamental para aqueles que decidiram assumir a vida em comum por meio do casamento. Permita-me fazer uma pergunta para sua reflexão: do que você se arrepende, do adultério ou da separação? É importante que você reveja toda situação e onde realmente houve uma ruptura do relacionamento. Também é importante que você peça perdão a Deus, à sua ex-esposa e a todos envolvidos pelo seu ato, e faço esta recomendação para que você conserte seu passado e não incorra no mesmo erro futuramente. Deus odeia o divórcio, como podemos ler em Malaquias 2.16, e além disso Jesus ensinou em Marcos 10.2-5: “E, aproximando-se alguns fariseus, o experimentaram, perguntando-lhe: É lícito ao marido repudiar sua mulher? Ele lhes respondeu: Que vos ordenou Moisés? Tornaram eles: Moisés permitiu lavrar carta de divórcio e repudiar. Mas Jesus lhes disse: Por causa da dureza do vosso coração, ele vos deixou escrito esse mandamento.” Assim sendo, algumas certezas podemos ter: Deus permitiu o divórcio por causa da dureza dos nossos corações, mas odeia o divórcio, porém é misericordioso e perdoador. O divórcio é sempre consequência do pecado, seja da parte de um dos cônjuges ou dos dois, mas Deus pode perdoar o divórcio, que não é mais ou menos pecado do que qualquer outro pecado. Então, se Deus perdoa o pecado do divórcio, isto então significa que você está livre para se casar novamente? Não necessariamente. Mas a Palavra de Deus nos diz que… “se vocês não podem dominar o desejo sexual, então casem, pois é melhor casar do que ficar queimando de desejo.” (1ª Coríntios 7.9) Talvez, pela graça de Deus, isto se aplique a um segundo casamento após o divórcio, mas esta resposta você deve obter de Deus, da sua futura esposa, de você mesmo e do seu pastor. Ore a Deus e peça sabedoria para os seus próximos passos.

  260. Jonielson disse:

    gostaria de saber a respeito de adulterio no casamento cristaõ?
    adulterio esse por ambas as partes e por todo o tempo de casamento.
    será que ainda há tratamento e/ou salvação para o nosso casamento???

    • Pr. Toni disse:

      Jonielson:
      Sempre há tratamento, conserto e salvação para um coração arrependido, como lemos em 1 João 1.9: “Se confessarmos os nossos pecados Deus é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda a injustiça.” Então o procedimento para este conserto é confessar o pecado cometido e pedir perdão a Deus, haver perdão mútuo entre marido e esposa e até para os filhos e outros eventuais envolvidos. O segundo passo, a restauração do casamento, deverá ser feita com a ajuda de um terapeuta familiar e de um pastor. Ore sobre isso e creia que o maior interessado nesta restauração é Deus.

  261. Mainara disse:

    Uma amiga minha teve relações antes do casamento, e ela teve muitos parceiros, ela se arrependeu, e esta presta a namorar com uma pessoa cristã, o que ela deve fazer, dizer a ele, ou deixar o passado pra trás e começar uma nova vida?

    • Pr. Toni disse:

      O passado a gente deixa para trás, quando confessa a Deus os pecados cometidos, pois Deus “é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda a injustiça.” (1 João 1:9). Agora, as consequências do pecado devem ser tratadas, pois poderão ser usadas contra a sua amiga futuramente. Quanto ao fato de contar ou não ao namorado, ela deve orar a Deus e pedir direção e sabedoria de quando e como apresentar o assunto a ele. Lembre-se que relacionamento conjugal está baseado em confiança mútua e que nada deve ficar “escondido”, ou seja, tudo deve ser trazido à luz.

  262. Mary Alcântara disse:

    Eu e meu namorado nos convertemos a Jesus e ñ queremos mais seguir os caminhos pecaminosos, como o sexo fora do casamento,estamos namorando um ano.O que devemos fazer se casar ou se separar?

    • Pr. Toni disse:

      Cara Mary Alcântara:
      Parabéns pela decisão tomada. Firmem um propósito de se manterem nos novos caminhos, se preparem para o casamento, marquem uma data e evitem condições que favoreçam os desejos da carne. Orem a Deus pedindo ajuda para as decisões que vocês precisam tomar. Sejam felizes.

  263. Sueli disse:

    Pastor; fui casada no Brasil e na Argentina, mas por viver na Arg. me divorciei la,voltei para o Brasil mas por motivos de tanta burocracia não pude fazer meu divorcio aqui,estou vivendo 10 anos com outra pessoa diante de Deus eu estou divorciada e posso continuar vivendo assim? porque diante dos homens sei que não mas não tenho condições de fazer meu divorcio porque é tudo a preço de dólar para traduções et….esclareça-me por favor Um ABRAÇO E A paz DO SENHOR.

    • Pr. Toni disse:

      Cara Sueli:
      Dentro deste assunto, de duas coisas sabemos com certeza: Deus odeia o divórcio e Deus é misericordioso e perdoador. Cada divórcio é resultado de pecado, tanto da parte de um cônjuge ou dos dois. Deus perdoa o divórcio? Claro que sim, pois o divórcio não é mais ou menos pecado do que qualquer outro pecado. Agora, para regularizar a sua situação creio que você pode recorrer ao Ministério Público. Ore para que Deus a ajude encontrar o melhor caminho, converse com seu companheiro sobre o assunto e se acerte com Deus, sobre o divórcio.

  264. Ana Maria disse:

    Paz do Senhor!
    O que uma mulher evangelica casada deve fazer quando o marido quer fazer teologia mas com católicos, devo ir ou não? Ele fala que vou fazer o curso com ele. Quero fazer sempre a vontade do Pai. Estou em duvidas porque faz quase vinte anos que oro para que DEUS transforme o meu marido, que minha vida mude, eu sou uma crente fervorosa, casamos na Igreja Batista Restauração, mas só eu sou batizada. Muito obrigada por me ouvir. Deus te abençõe.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Ana Maria,
      Creio que a motivação de seu marido para estudar teologia é boa; não deve ser desperdiçada. Há sérias discrepâncias entre o ensino católico romano e a teologia evangélica. Mas, quem sabe, estudando junto com você, seu marido poderá abrir o coração para entender melhor a Palavra de Deus. Não vejo, em princípio, mal em acompanhá-lo; esteja firme em sua posição bíblica, mas acessível para interagir com ele.

  265. Karina disse:

    Boa noite pastor.
    Estou passando por uma situação muito difícil. Desde pequena sou salva e sempre fui a igreja. Conheci um rapaz na minha faculdade, começamos a conversar e cresceu um sentimento forte entre nós e começamos a namorar só que ele nunca fez parte de nenhuma religião e nem era salvo mais sabia que eu frequentava a igreja. Fizemos um acordo de ele ir e se não gostasse ele seria sincero comigo e então não iria mais. (E se ele falasse pra mim que nao tinha gostado dai eu ja entenderia que ele nao era de Deus para mim.)Ele foi disse que gostou, nosso namoro foi ficando cada vez mais firme e ai ele \”aceitou a Jesus\” mas com o passar do tempo ele começou a contestar tudo o que eu falava sobre a biblia demonstrando cada vez mais incredulidade sobre as coisas de Deus. Perguntei a ele um dia se a decisão que ele fez foi verdadeira e ai ele disse pra mim que pensou sobre isso e concluiu que na verdade nao tinha sido. Resumindo, depois de tudo isso que eu soube eu venho orando pra que não mais somente através de mim ele venha a se converter, mas também através de outras pessoas. Mas ele ja nao me ouve mais e toda vez que a gente conversa sobre isso a gente discute feio. Não quero me casar com alguém que nao fala a mesma língua que eu (Amós 3:3). Quero um servo do Senhor que esteja do meu lado na casa de Deus adorando à Ele junto comigo. Pastor o que devo fazer? Continuar orando e esperar que Deus faça uma obra na vida do meu namorado ou terminar com ele e nao mais \”dar pérolas aos porcos\”, pois ele recusa a bíblia as coisas de Deus…
    Eu o amo muito me dói só de pensar nisso, mas já devo entender que ele não é para mim?
    Desde já agradeço,
    Deus o abençoe e à esta página também!!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Karina,
      Namoro não é método evangelístico. Você fez sua parte, falando de Cristo para ele. Infelizmente, ele ainda não tomou uma posição firme ao lado do Senhor. Continue orando por ele, mas não se sinta obrigada a continuar o namoro.

  266. Camila disse:

    se uma pessoa evangelica se casar sem amor e depois se divorciar e se casar denovo ela perdera o direito a sua salvaçao?por favor estou sofrendo muito com tudo isso..

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Camila,
      A salvação é dom da graça de Deus. Se estamos em Cristo, estamos seguros (João 10.27-29), mesmo que resvalemos neste ou naquele pecado, que pode ser confessado e deixado (I João 1.9).

  267. Elaine disse:

    Amo um rapaz que por sinal passou a frequentar a igreja CONGREGAÇÃO CRISTÃ DO BRASIL sendo assim passamos um tempo separados quando nos encontramos ficamos juntos só que ele havia se batizado na mesma , gostaria de saber se ele precisa de uma confirmação da palavra pra nos dois casarmos pois desse nosso encontro estou esperando um filho, como ele diz me amar tbem queria saber se precisamos dessa confirmação ou se ja podemos nos casar quando quizermos , gostaria que o senhor me falasse se na biblia tem uma passagem que possa me responder essa dúvida .Desde já agradeço se puder me esclarecer essa minha situação eu o agradeço muito.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Elaine,
      A confirmação a que você se refere tem a ver com a responsabilidade dele providenciar o casamento o mais rápido possível e assumir a condição paternal que já está a caminho.

  268. Francielly disse:

    olá pastor, vou contar um pouco da minha história, pq não vejo ninguém para confiar e dizer alguns conselhos para mim.
    Pastor namoro há 10 meses e amo muito meu namorado uma vez na igreja um pastor revelou que meu ungido ele morava bem longe de mim mas que estava tão perto de mim e que nem desconfiava mas ele estava pertinho de mim eu ainda duvidei, e pensei pode até ser mais vai demorar e o pastor falou não,não vai demorar e assim fui levando,faço faculdade de licenciatura de matemática numa universidade pública há 3 anos e já conhecia a 1 e meio quando começei namorar o “bendito” conheci ele no primeiro dia de aula,mas pra namorar começamos depois,começamos a se conhecer nos falavamos riamos tudo juntos e assim começei a lembrar da revelação do pastor e cabia certinho nele, pois mora uns 10 a 12 Km da cidade que tem a universidade e 60 + 12 Km da minha cidade.Hoje pastor me sinto mais feliz do que quando eu era solteira, antes eu percebo que eu era uma pessoa mais hipócrita e preconceituosa. Ele é católico vai as missas é religioso,estudioso gosta de jogar muito futebol é a pessoa ideal que penso pra mim ele também faz licenciatura de matemática inclusive ele vai formar esse ano ele já conhece meus pais vem em casa todo final de semana e não conseguimos ficar um longe.
    Pastor o que venho a perguntar é tenho 20 anos e ele tem 23,me guardei até o dia de hoje mais com o passar do tempo percebo que não conseguirei segurar a santidade por muito tempo a questão é ?o que eu faço, ele também é virgem e eu também, ele fala que sempre se guardo pra uma pessoa especial sempre foi mais quieto que os outros meninos porque não queria se viciar no sexo.
    Eu percebo isso pelo jeito dele desde quando éramos amigos até hoje,Pastor se eu me entregar como estou pensando,Deus pode me perdoar e depois me responda com sinceridade se nos separarmos tenho a chance de me casar ainda de vestido de noiva com alguém da igreja ou os irmãos preferem as irmãs mais em santidade.Terei chance de ser feliz sem ser virgem ou seja casar construir uma família ter um emprego e ainda assim servir a Deus.
    Obrigado.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Francielly,
      Rapazes e moças não se guardam um para o outro, guardam-se para o Senhor, para fazer a vontade do Senhor. Se nos achamos no centro da vontade do Senhor, Deus nos resguarda de pecar contra ele. A castidade do namoro visa justamente nos levar ao altar do casamento, prontos para desfrutar o deleite da vida conjugal na absoluta vontade de Deus. Interromper este roteiro, para antecipar procedimentos, é na verdade cercear a bênção de viver uma vida conjugal que você sempre almejou. Em outras palavras, aguarde o casamento para a intimidade sexual.

  269. Izak disse:

    eu tem 22 anos e namoro uma menina que tem 21,tou namorando a 5 meses o pai dela descobriu sem ajemti falar eu e ela ja ate dormimos juntos ja ,a minha prepcupassao e serar que quando eu ir falar com o pai da menina ele vai achar ruim comigo?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Izak,
      Se eu fosse o pai, acharia ruim, sim. De duas uma, ou você termina este relacionamento impróprio, ou caminha para resolver o casamento rapidamente. Namorar como seu fossem casados é um brincadeira que não dá certo.

  270. Patricia disse:

    Rev. Juarez a paz; sou evangélica e estou casada à 4 anos com uma pessoa q ñ é e agora me apaixonei por um rapaz evangélico o que fazer nessa situação

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Patrícia,
      Ore ao Senhor pedindo para amar profundamente seu marido, inclusive reapaixonando-se por ele. Por outro lado, fuja do rapaz evangélico em questão. Sua aliança é com seu marido.

  271. Alex disse:

    Ola Pastor preciso de ajuda, toda minha familia é católica e eu conheci uma moça evangélica e estamos namorando a 2 anos e eu gosto de ir aos cultos com ela, estou começando a conhecer a verdade e questionar a doutrina católica mas se falo pra minha familia que eu quero ser evangélico não sei oq eles fariam, a minha mãe é muito devota de Maria, preciso de ajuda, não tenho muito conhecimento biblico por isso não posso questionar diretamente, preciso de um conselho.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Alex,
      O que você e todos nós precisamos é de Cristo como nosso Salvador pessoal. Ser desta ou daquela Igreja faz muito pouca diferença. A diferença vai ser se, estando em Cristo, temos uma Igreja que nos ensine a Palavra de Deus. Acredito que a Igreja que você está frequentando esteja te ajudando neste sentido. Quanto à sua família, ore por ela, para que toda ela venha a conhecer verdadeiramente a Cristo.

  272. Célia Ostroski disse:

    Pastor,moro a um ano com um rapaz,antes disso ja estava indo a igreja hoje,continuo indo.So que nao somos casados,tenho medo de perder minha Salvaçao por estarmos juntos. só poderei casar daqui a 2 meses ,pois me divorciei e tenho alumas documentaçao pra fazer.Mas ate la me preucupo com minha salvaçao. Tenho dormido em outro quarto ate sair nosso casamento,ta certo ?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Célia,
      Tenha mais um pouco de paciência. Quero orar junto com você para que os papéis saiam logo e você possa casar-se no civil. Sua salvação depende da graça de Deus e não de seu esforço pessoal de fazer isto ou deixar de fazer aquilo. No entanto, preservar-se para desfrutar da plenitude da vida conjugal no casamento é uma bênção de Deus para nós. Então, fique firme no propósito. Tenha mais um pouquinho de paciência.

  273. Débora disse:

    Pastor namoro a quase dois anos com um rapaz, nos conhecemos na igreja, fui criada na igreja e ele é novo convertido. Sempre vamos aos cultos porém nós vivemos no pecado da prostituição, já tentamos vários vezes parar de praticar mas não tem dado certo. Ele já me traiu e eu já o trai mas nos perdoamos.
    agora queremos nos casar. Estamos com medo porque um amigo disse à ele que porque nós já pecamos praticando o sexo se nos casarmos vamos viver em maldição pro resto da vida, e que dificilmente conseguiriamos nos arrepender das vezes que fiilcamos antes do casamento! Minha dúvida é: tem chances desse relacionamento dar certo, ou esta muito manchado? E se nos casarmos viveremos em maldição por causa do pecado passado?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Débora,
      Não há nada que o sangue de Cristo não purifique, desde que haja verdadeiramente arrependimento e desejo de mudança de vida. Você e seu namorado precisam assumir uma postura de buscar a pureza em Cristo. Arrependam-se não só das traições mútuas, mas também de viverem maritalmente antes de se casarem. Busquem uma orientação especializada para orientar seus passos daqui para frente. O casamento de vocês só não vai dar certo se vocês não quiserem.

  274. Erica disse:

    Pastor estou em divorcio mais ja convivo com outra pessoa a qual estou gravida e meu ex marido insiste em voltar mesmo estando gravida de outro. E falou que Deus vai obrigar eu voltar com e fica me jogando pragas para mim não ser feliz. Eu não amo ele eu sou obrigada a voltar mesmo estando gravida de outro mesmo sem ama-lo ?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Erica,
      Se você se divorciou de seu marido, você não está mais casada com ele, portanto, não tem obrigação de voltar para ele. Agora, busque solidificar um novo lar em novas bases; você deve casar-se com a pessoa que você convive, a bem de vocês e, também, da criança que vai nascer.

  275. Erika disse:

    pastor sou evangelica namoro com um irmao da igreja a 1 ano e 6 meses… Nos terminamos fazendo sexo antes do casamento agente sempre perde perdao a deus a nossa conciencia pesa mais agente sempre cai de novo , e nao temos condicoes de casar falta casa moveis e tudo… Na hora agente faz empolgado mais quando terminamos vem o peso na nossa conciencia…preciso de conselhos…agente fika com mt medo pq nosso pastor falar mesmo q errado o q faco?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Erika,
      Você e seu namorado estão tendo intimidade sexual que é reservada para a vida conjugal. Ela acaba trazendo justamente este sentimento de desconforto. Não é uma boa medida. Vocês não precisam de móveis para se casar; precisam de princípios. Tomem um propósito de casarem-se no mais breve espaço de tempo; os móveis virão na sequência.

  276. Lucimara disse:

    SOU CASADA E FREQUENTO UM MINISTERIO EM UMA IGREJA ..MAIS ESTOU SENTINDO ALGO DIFERENTE PELO PASTOR DA IGREJA ELE TAMBEM É CASADO SEI QUE ISSO É ERRADO MAIS NAÕ CONSIGO EVITAR OQUE DEVO FAZER?

    • Pr. Toni disse:

      Querida Lucimara:
      Ore. Ore e ore. Repreenda este sentimento, lembre-se de que o coração é enganoso (Jeremias 17.9). Talvez seja interessante você dar um tempo no ministério da igreja e concentrar-se no seu casamento. “Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.” (Marcos 14.38)

  277. Paula disse:

    Pastor,
    Tenho um relacionamento de 20anos, um filho de 18, porém nunca oficializamos a união…. Cometo pecado?
    Obrigada!

    • Pr. Toni disse:

      Querida Paula:
      Se você tem um relacionamento de 20 anos, você já vive como casada. Agora, para efeito civil e perante Deus, é importante que você regularize a sua situação. Tome esta decisão e seja feliz!

  278. Poliana disse:

    CONHECI UM RAPAZ POR QUEM DESPERTEI UM GRANDE SENTIMENTO ,DEPOIS DESCOBRIR QUE ELE MORAVA COM OUTRA PESSOA ,UM RELACIONAMENTO DESTRUIDO ,ELE DIZ QUERER SAIR MAIS N CONSAGUE A VIDA DELE É UM INFERNO ,ELA DESCOBRIU E ME PERTURBA DISSE Q TA MAIS FACIL EU VER ELE NO CAIXAO Q CASAR COM ELE Q ELA N VAI DXA-LO ,Q SE EU QUISER DIVIDIR Q ELA DIVIDI PQ ELA ASEITA DIUVIDIR ELE E ELE DIVIDE ELA ,O Q EU DEVO FAZER? GODTO MTO DELE

    • Pr. Toni disse:

      Querida Poliana:
      Este relacionamento está muito conturbado e o fim dele não é nada promissor. Cuidado! Você já avaliou se não há uma manipulação da parte do rapaz? Aconselho que você busque orientação de Deus sobre o assunto e repreenda este sentimento, lembre-se de que o coração é enganoso. (Jeremias 17.9)

  279. Éder disse:

    Sou filho de pastor e por esses dias eu e minha namorada nao conseguimos vigiar e praticamos o sexo , ela disse estar gravida e nao sei como falar isso pros meus pais , nem como reagir a isso?

    • Pr. Toni disse:

      Caro Eder:
      Abordar o tema com seus pais e com os pais da sua namorada não vai ser nada fácil de fazer. Mesmo assim, o quanto antes você falar para eles, mais rápido você irá tirar o peso de suas costas. O primeiro passo é confirmar a gravidez e na sequência você deve pedir perdão para sua namorada, e ela pedir perdão para você e você dois pedirem perdão a Deus. Ao contar para os seus pais peçam perdão também por vocês terem avançado o sinal e por tudo o que este ato vai representar para eles. A sua reação ao fato deve ser proporcional à responsabilidade que você assumiu com o ato feito: assuma a paternidade e se prepare para dar o maior apoio à sua namorada.

  280. Inês disse:

    A Paz do Senhor Pastor! Bom dia!tenho 30 anos já fui casada no civil 10 anos separada a 4 e tenho uma filha de 10 anos.Frequento Igreja evangélica,mas não sou batizada,porém tenho muita fé em nosso senhor Jesus Cristo.Conheci uma pessoa após meu divórcio e estou noiva a 2 anos,moramos juntos a uns 6 meses,ele também já foi casado,hoje divorciado.Quando ele me deu a aliança de noivado ganhamos cupons para o sorteio de um carro e pedi a Deus que se essa nossa relação fosse mesmo abençoada por ele que ele me desse essa resposta nesse carro,já que os cupons eram da aliança de noivado.Ganhamos o carro,demos entrada em nosso apto já que fazemos planos de casados.Hoje ganhei a aliança de casamento,mas não iremos fazer festa,queremos apenas que o pastor da Igreja que frequentamos as vezes,apenas abençoe a aliança.Mas ele se negou e disse que precisamos estar casado no ci vil.Qual a ligação na Lei de Deus com a lei do Homem Pastor?Estamos cometendo pecado? Por que não podemos ser abençoados,uma vez que queremos formar uma família? Aguardo resposta! Fique em paz! Deus abençoe 12/05/14 – Curitiba – PR

    • Pr. Toni disse:

      Querida Inês:
      O pastor da igreja que vocês frequentam às vezes, considerou como principio o texto de Romanos 13.1-2, que diz que “Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por ele estabelecidas. Portanto, aquele que se rebela contra a autoridade está se colocando contra o que Deus instituiu, e aqueles que assim procedem trazem condenação sobre si mesmos”.
      Esta é a ligação da lei de Deus com a lei do homem. Veja que o pastor não se negou a abençoar o casamento de vocês, mas se fundamentou no principio da sujeição às autoridades. O fato de o casamento ser feito no civil também envolve os aspectos dos direitos da nova família. Considere esta resposta, fale com seu companheiro sobre isso, busquem orientação de Deus, falem com o pastor e tomem a melhor decisão. Deus abençoe seu casamento.

  281. Maria disse:

    A paz do Senhor,gostaria muito que o senhor mim tirasse uma duvida,mulher que vive com homem sem se casar pode participar do circulo de oração?

    • Rev. Juarez disse:

      Querida Maria:
      A situação civil de uma pessoa não impede que ela ore a Deus. Agora, vocês vivem maritalmente e se realmente temem a Deus e amam um ao outro, saibam que não há nenhum impedimento em casar, de acordo com a palavra de Deus. Converse com seu pastor sobre o assunto.

  282. Ana Clara disse:

    Pastor eu e meu namorado ja estamos junto ha um ano e meio,e ja estamos querendo nos casar,so que eu queria saber uma coisa o casal que e evangélico pode casar no civil pra depois casar na igreja? Sabe pastor nos nao estamos tendo condiçoes de nos cazar na igreja porque nos somos mineiros e moramos em Ubatuba e queremos nos casar na nossa cidade natal poia todos nossos familiaris moram la,pastor o que eu faco por favor?

    • Pr. Toni disse:

      Querida Ana Clara:
      Nada mais justo do que compartilhar com seus queridos familiares de um momento de grande alegria em sua vida. Casem do civil – Deus também se alegrará por isso. Informem ao seu pastor da decisão tomada e o convidem para ser testemunha, no cartório. E, quando puderem realizem a cerimônia religiosa na sua cidade.
      Deus abençoe seu casamento.

  283. Lanir disse:

    NAMOREI UM HOMEM NA MINHA ADOLESCENCIA E ELE PREFERIU OUTRA ,SE CASOU TEVE FILHOS E EU IDEM… MAS DEPOIS DE 14 ANOS NOS SEPARAMOS E NOS REENCONTRAMOS. JÁ ESTAMOS JUNTOS A 5 MESES MAIS ELE NÃO ME APRESENTA PARA A FAMÍLIA NÃO TENHO CONTATO COM OS FILHOS E NÃO ME CONTA NADA DA VIDA DELE ELE É DE BERÇO CRISTÃO … ESTOU MUITO CONFUSA E AINDA DESLIGA O TELEFONE QUANDO CHEGA EM CASA . ME AJUDE

    • Pr. Toni disse:

      Querida Lanir:
      Um relacionamento é edificado sobre amor, parceria, verdade, transparência e a presença de Deus. Se um destes elementos está faltando, então é necessário renegociar a relação sobre estas bases.
      Outra coisa que é importante ser resolvida é o aspecto jurídico e espiritual deste relacionamento. Como você não mencionou, não sei se vocês frequentam alguma igreja. Se for o caso, busquem ajuda do pastor.

  284. Lanir disse:

    ME AJUDEM… ESTOU TRISTE.

    • Pr. Toni disse:

      Querida Lanir:
      Tristeza é um sentimento que temos diante de um fato que nos causou um desgosto, ou quando não conseguimos realizar algo que queremos muito, ou quando somos frustrados num relacionamento, no qual tínhamos expectativas e até quando uma pessoa querida esta distante ou faleceu. Resumindo, tristeza é uma expressão da nossa alma que demonstra desânimo ou frustração diante de algum fato ou de alguém. Todas as pessoas passam por momentos de tristeza, que é o oposto da alegria, porém é preciso superar a tristeza e levar a vida adiante. Muitas pessoas enfrentam momentos de altos e baixos na vida, porém é preciso seguir em frente e não desanimar e jamais deixar que as coisas ruins tomem conta de nossa vida. Sabe Lanir, o rei Davi, também passou por momentos de tristezas e angustias e nestes momentos declarava: “Por que estás assim tão abatida, ó minha alma? Por que te angustias dentro de mim? Deposita a tua esperança em Deus! Pois ainda o louvarei por seu livramento; Ele é o meu Salvador”. (Salmo 42.5) As experiências amargas da nossa vida tiram a nossa alegria, mas uma das maravilhas de Deus para nós é que essa alegria pode ser reencontrada num relacionamento genuíno com Deus e na Sua palavra, que renova a nossa fé. Lanir troque a sua tristeza pela força da sua vitória em Deus, por meio de Jesus. É nesta esperança que você deve aquietar o seu coração. Ouça o que Jesus diz: “eis que estou contigo”! (Mateus 28.20) “Não te deixarei, nem te desampararei” (Hebreus 13.5), porque “A alegria do Senhor é a nossa força!“ (Neemias 8.10).

  285. Ana Lúcia disse:

    Tenho trinta anos de casada e sempre vivi muito angustiada da forma como meu marido conduz sua vida ele acumula coisas antes eram coisas menoes, agora é carros velhos oculpa um espaço saudavel que poderia ser um jardim maravilhoso, ele trans forma num pátio de carros velhos, me tirando o direito de receber pois sinto até vergonha. Penso em abandonar tudo virar as costas para esse modelo de vida, antes vinham meus filhos, agora vem meus netos que gostam muito deles e a minha essa nem sei se existe realmente?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Ana Lúcia,
      Você e seu marido tem pontos de vista diferentes acerca do andamento e organização da casa. É preciso haver diálogo. Ele precisa compreender a importância de não juntar coisas em todos os lugares, quem sabe, ter espaços específicos para acumular o que lhe apraz; por outro lado, ele precisa compreender o seu papel feminino de ordem e limpeza. Alguém já disse que casamento é a arte de fazer concessões. Mas não há casamento quando só um cede. Rogo a Deus que te discernimento para saber como abrir as coisas com seu marido e que ele tem o coração aberto para ouvir e atender.
      Deus te abençoe.

  286. Aparecida disse:

    Pastor sou evangélica e não sou casada oficialmente posso fazer a obra do Senhor?

  287. Carol disse:

    Paz,
    Pastor sou casada a 11 anos e meu casamento sempre foi tumultuado, meu esposo não é crente e para viver bem com ele eu não posso contraria-lo em nada. Bem a 3 anos me reconciliei com o nosso Deus abandonei o cigarro, e deixei de bater de frente com meu esposo, passei a me preocupar com meu testemunho e honrar meu esposo, como ele se recusa a ir a igreja diz que não precisa e não acredita que Jesus salva, eu hoje apenas oro por ele para que o Nosso Deus faça sua obra e toque o coração do meu esposo.
    Pastor o problema é que estou cansada, meu esposo esta desempregado, eu trabalho cuido da casa, das contas da nossa filha, de tudo, tudo mesmo e agora ele me trata como seu eu fosse boba, ou ingenua e eu não sou. Sou crente em Cristo Jesus,mas tenho amor próprio. Pastor amo o meu esposo, amo ter uma familia e meu sonho é nos ver juntos servindo ao Senhor, mas existe a possibilidade do meu esposo não aceitar a Jesus e não ter a vida transformada pelo amor de Cristo e eu não quero aturar um homem incrédulo, rude e de coração endurecido. Não sei o que fazer por favor me ajudem.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Carol,
      Você já chegou até aqui, não desista agora. Leia I Coríntios 7.13-14. Rogo ao Senhor para que te dê forças para continuar nesta esperança. Deus pode fazer muito mais do que esperamos. Confie nEle.

  288. Fernanda Carmo disse:

    Estou vivendo um momento muito delicado. Sempre tive um atrito muito grande com minha sogra. Meu esposo sempre tomou partido dela e infelizmento a situação se tornou insustentável a ponto de ocorrer uma competição velada entre nós. Meu marido também tinha problemas com vícios, frequentava a igreja comigo. Todos os lugares que iamos a sogra se achava no direito de cobrar dele a presença dela e também tudo que ele fazia era controlado por ela. Por fim após cinco anos de casados isto contribuiu para o desgaste. Tivemos uma discussão pois ele priorizava a mãe em vários favores domésticos que ela pedia e me largava em 2 plano. Apóis um msn atrevido de minha parte poís ele foi rude comigo ao tel. E disse pra eu e minha filha irmos a pé embora já que estava resolvendo algo com a mãe. Apareceu para me buscar em minha mãe eu fui de carona com meu irmão. Ele subiu juntou todas as coisas e foi para casa da mãe dele. Ele ama muito a Filha e vai duas vezes por semana em minha casa. minha filha de quatro anos esta sentindo muito com esta situação e embora passados cinco meses e após várias conversas minhas para que ele volte ele esta inrredudivel com relação a voltar viver comigo esta indecisão tem me feito muito mal e a nossa filha que não entende o por que de continuar vivendo com a avó embora hj tenhamos uma relação na medida do possível de proximidade. Ele se acomodou com a situação , sempre foi apegado à mãe e embora vá em minha casa cuidar de certas coisas pra mim tenta manter uma posição de indiferença quanto a compromisso comigo. Neste caso de abandono posso pedir o divórcio? Quando tento me aproximar e tratá-lo com carinho ele cede mais logo depois se irrita e sempre repete não vou voltar… Não vou voltar a minha palavra atrás.. Não quero mais compromisso etc… E nisso o tempo passa a ansiedade aumenta e el e liga, frequenta minha casa e controla disfarçadamente a situação da forma que quer e não assume a posição de ter uma vida em comum comigo..

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Fernanda,
      O casamento é tanto uma instituição civil, regular e legal, como uma convivência. Prezamos tanto um aspecto como o outro. Creio que você deve envidar todos os esforços para que seu marido retorne ao lar e viva em harmonia com você e sua filha. No entanto, este estado de coisas não pode perdurar mais, afinal, ele abandonou o lar e, isto, é motivo suficiente para ser dado encaminhamento ao divórcio. Além disto, a posição dele é muito ambígua: não se acha em casa, mas é como se estivesse. Ele precisa tomar uma posição, ou se assume como marido e revê a forma de lidar com as demandas da casa da mãe, ou ele se assume a separação, ensejando oportunidade para você também rever sua caminhada.

  289. Gabriel disse:

    Comentário:
    A Paz, Pastor! Primeiramente gostaria de parabeniza-lo pelo blog! Bem, há uma questão que gostaria q me ajudasse: Namoro uma garota, somos cristãos, e estamos preparando-nos para casarmos. Porém, o pai dela, que apesar de ser evangélico, não parece ser convertido, não aceita por nada essa nossa decisão. Ela me diz que ele nunca aceitou nenhum de seus relacionamentos. Já oramos e tudo parece-nos favorável a decisão, apesar da não aceitação de seu pai. Estaríamos indo contra a Palavra de Deus caso casássemos sem a bênção dele??? Ajude-nos, por Cristo! A Paz!!!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Gabriel,
      Situação bastante difícil. De fato, o consentimento mútuo das famílias é muito importante, pois, não casamos apenas com o nosso cônjuge, mas com sua família também. Você deve procurar dialogar com seu futuro sogro, não apenas para pedir autorização para estar com a filha dele, mas para tornar-se amigo dele. Rogo ao Senhor que te dê sabedoria para saber como fazê-lo.

  290. Gleide disse:

    Se um casal mora junto sem serem casados, e a mulher se converte e o homem não, sabemos que o fato de não estarem casados é pecado, mas se Jesus voltasse hoje esta mulher perderia a salvação por estar com este homem que não se converteu ainda, mas que já era seu companheiro? Lembrando que ambos se amam, mas ele ainda não consegue entender a posição da sua esposa em relação a sua conversão. Ela deve permanecer e lutar pela conversão dele, ou deixá-lo porque é pecado e tem medo de perder a salvação por isso?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Gleide,
      Continue em seu casamento. Ore pela conversão de seu marido. Quando o Senhor Jesus retornar, vocês dois estarão com Cristo.

  291. Renata disse:

    A PAZ DO SENHOR JESUS PASTOR : Eu vivo com meu esposo a 24 anos , completarei 25 no dia 29 de outubro deste ano se DEUS assim permitir , sou evangelica a 4 anos eu aceitei a JESUS em minha vida apos ter aceito a JESUS com meu unico e sificiente SALVADOR o que eu mas quis depois era ser BATIZADA nas aguas eu sempre achei que o certo era eu me casar 1º depois me batizar ; nao tenho condiçoes ainda de pagar um casamento , o meu Pastor disse que o fato de eu ser AMIGADA com meu esposo nao me empediria de me batizar ja que temos uma vida graças a DEUS abençoda pois ja dura esse tempo, amo o meu esposo pretendemos nos casar ainda esse ano em nome de JESUS . conversei muito com meu Pastor e minha pastora eles me disseram que eu poderia me batizar e que DEUS me abençoaria como tem me abençoado que jamais estaria cometendo erros pois ainda nao sou casada nem nas leis dos h omens nem nas leis de DEUS depois que eu aceiei a JESUS o meu maior sonho era descer as aguas e isso eu fiz eu dizia pra DEUS que era o que eu mas querianem que fosse a ultima coisa que eu faria na vida , e estudei o discipulado durante 1 ano e no dia 15 de dezembro 2012 eu desci as aguas eu e minha filha que ja tinha 14 anos . Gostaria de saber se fiz mau se cometi pecado pois nao sou casada ainda , algumas irmas de igreja diz que cometi erro que DEUS vai cobrar de min , e isso ainda que eu nao queira me encomoda , hoje nesmo fui fazer minha caminhada por ordem medica fui com uma irma de igreja e conversando, entramos nesse assunto e u disse que sou batizada mas ainda noa sou casada ela disse que eu nao posso participar da Santa ceia que peco ao fazer isso por favor o que que eu faço? tenho nao como anular o que fiz ? isso das pessoas me falarem que fiz errado me encomoda ainda que eu converse com DEUS isso nao sai da minha mente quando as pessoas falam que esta errado entao acaba comigo por favor me ajude em nome de JESUS A PAZ . T.T

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Renata,
      Você foi batizada, o que significa que você se acha inserida no Corpo de Cristo. Esta condição não se modificará. A Palavra de Deus é clara quando ensina que aqueles a quem o Pai colocou na mão do Filho, ele jamais lançará fora (João 10.28-29). A outra questão é que como ovelha na mão do Pastor, o Senhor Jesus, nós devemos batalhar por ter uma vida correta, justa e santa. Você falou sobre não poder casar-se por falta de dinheiro. Imagino que você não tenha recursos para dar uma festa. Mas festa não é casamento; ir a um cartório e fazer a certidão de casamento não custa muito. No próprio cartório, o Pastor pode dar a bênção nupcial. Resolva isto o mais rápido possível. Mais para frente você faz uma festa.

  292. Sara disse:

    A paz do senhor Pastor!
    Preciso de ajuda! Fiquei viuva aos 26 anos e com tres filhos bem pequenos. Passei por dificuldades, até que conheci uma pessoa(na época com 50 anos e eu tinha 28.). Eu estava afastada de Deus, mas achei que tinha sido ele que enviou essa pessoa para me ajudar. Ocorre que após algum tempo fomos morar juntos e eu e meus filhos passamos a sofrer demais. Ele não gostava das crianças e também não sabia demonstrar afeto por mim, só pensava em sexo. Até que depois de tanto sofrimento procurei uma igreja (batista) e comecei a congregar. O pastor me ajudou muito, orava muito e sempre estava pronto a me ouvir. Se tornou um grande amigo. Até que senti brotar um amor por ele, amor genuíno de querer vê-lo sempre, de falar com ele, não tinha desejo, era só amor mesmo. Percebi que era carencia, pois ele tava sempre do meu lado. Me senti tão culpada que confessei a Ele. E pra minha surpresa ele disse que já sabia. Fiquei morrendo de vergonha, mas de certa forma aliviada. Acon tece que percebi que ele também sente algo, é como se tivessemos uma ligação forte, no entanto, proibida. Hoje já se passaram anos, temos a mesma idade atualmente, 37 anos, ele já era casado tem uma filha, e eu não consigo tirá-lo da minha cabeça. Não amo meu marido, nunca amei, mas dependo dele. Ele não aceita tbm se separar de mim, acha que sou propriedade dele pq me ajudou quando precisei. Ele tbm não me ama como esposa, só como companheira e já não fazemos sexo a muito tempo. Contudo, sinto que não vai me deixar livre. é orgulhoso demais para isso. Não sou feliz pastor. Amo quem não posso amar. Já pedi tanto a a Deus para esquecer esse amor, mas isso não acaba. E pra completar o pastor da minha igreja não demonstra amor por sua esposa, é como se não fossem felizes tbm. Mas ele é um homem de Deus e acho que por isso, ele continua casado por respeito a ela e a igreja. Como faço para esquecer esse amor tão pecaminoso? Sinto nos olhos dele que me a ma, mas jamais demonstraria isso. E eu jamais o faria cair em tentação. Sinto que estou fraca espiritualmente, pois acredito que se ele me dissesse que tbm me ama, eu não resistiria, por amá-lo demais. Me ajudem! E pre completar vivo uma vida errada aos olhos de Deus, pois não me casei, vivo junto e tão pouco meu marido se casaria comigo. Ele diz que já se casou uma vez, ele é separado há 20 anos, mas que casamento é um só. Ele não é evangélico. O problema é que mesmo que ele quisesse eu não casaria, pois não o amo. Faço parte do grupo de louvor da igreja. Estou errada por fazer parte do louvor? Sinto que tenho um chamado de Deus para esse ministério, mas não consigo evoluir pela condição atual que vivo. Meu marido nunca vai me deixar e não permite que eu o deixe. tenho medo dele. O que faço? Sou nova ainda, não quero terminar minha vida desse jeito. Me ajudem!!! Como faço pra deixar de amar meu pastor?

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Sara,
      Seu pastor, pela atenção dispensada, cativou seu coração; até aí, sem problemas. Acontece que não só a sua carência, mas a dele também, está levando vocês a pensarem o que não devem. A carência dele tem que ser resolvida com a esposa dele; e a sua, com seu marido; são duas famílias que precisam de cuidados. Vejo, no entanto, que você e seu pastor devem se afastar temporariamente para melhor administrarem esta situação. Os dois precisam de ajuda, cada qual, separadamente. Procure outro conselheiro e indique a ele que faça o mesmo.

  293. Silvia disse:

    SOU EVANGELICA TOU ORANDO TO ME CONSSAGRANDO,SOU SOLTEIRA NAO TO MANTENDO RELAÇAO COM NINGUEM,MAIS AS VEZES ME SINTO TAO TRISTE ,O QUE ACONTECE PASTOR

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Sílvia,
      Com certeza, parte de sua tristeza seja o fato de não ter encontrado ainda aquele que será seu cônjuge. Continue orando e esperando no Senhor. Mas, além disto, procure exercitar dons e talentos, servir o Evangelho de Cristo, viver a plenitude da graça, pois, com certeza isto lhe dará muitos motivos de alegria e, adicionalmente, trará como resultado uma pessoa mais feliz e agradável, que chamará mais a atenção de um futuro marido do que se você permanecer na tristeza.

  294. Suellen disse:

    Pastor eu gostaria de tirar uma duvida. eu gostaria de saber se quando somos casados oficialmente e separa de corpo e ter relacoes sexuaiscom outras pessoas e aduterio? Pois meu esposo ficou com outras e diz que nao fez nada errado. Pois estavamos separados mais eu tentava reconciliar mais ele nao queria ter comigo e foi ter com outras. E diz que nao se arrepende.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Suellen,
      A Palavra de Deus nos ensina que o leito sem maculo é bendito (Hebreus 13.5), o que equivale dizer que relações sexuais fora do casamento, mesmo em abandono de lar, não tem aprovação divina. Mas, agora, que seu marido voltou para casa, é tempo de perdoar e superar, de reconquistar a confiança e viver a plenitude da vida conjugal. Portanto, suplante qualquer resquício de ciúme, e, quanto ao seu marido, Deus lhe dará o discernimento a respeito de como deve proceder.

  295. Andrea disse:

    ALGUEM QUE VIVE JUNTO SEM CASAR PODE BATIZAR E TOMAR CEIA,POR FAVOR ME ESCLAREÇA,TENHO ALGUMAS DUVIDAS ,POIS PELA PALAVRA NA BIBLIA NOTO QUE É PECADO

    • Pr. Toni disse:

      Querida Andrea
      O batismo além de ser um testemunho público da nossa fé em Jesus e do arrependimento dos nossos pecados, é o meio através do qual externamos que entendemos a mensagem de Jesus e mudamos da vida de pecado para Jesus e para a salvação. Para ser batizada a pessoa precisa crer, aceitar e declarar Jesus como seu único Senhor e Salvador, vivendo em novidade de vida.
      A celebração da ceia foi estabelecida por Jesus com seus discípulos, na quinta-feira anterior à páscoa, quando Ele disse “fazei isso em memória de mim.” Lucas 22.19. Jesus estava celebrando a páscoa, festa em que os judeus comemoravam a libertação da escravidão no Egito. Pedro nem era convertido; Judas iria trair Jesus e Tomé não ia crer, entretanto Jesus não os proibiu de participar. A partir deste evento a comemoração da páscoa passa a ter novo sentido: nós celebramos a passagem de Jesus – a Páscoa, da morte à vida eterna.
      Em lugar algum dos Evangelhos informa que quem não for batizado não pode participar da ceia. Principalmente porque batismo e ceia do Senhor são duas coisas diferentes e independentes.
      Quanto à pessoa que vive junto, ela já vive como casada e é importante regularizar sua situação perante Deus e perante a lei. Tomando esta decisão, com certeza será muito abençoada.

  296. Cassiele disse:

    Estou passando por uma grande tristeza. Sei que existem tristezas piores, mas cada um com a sua…
    Fico com um rapaz a algum tempo…mas desde o inicio ele diz que não quer namorar nem pode…(ele não é casado). e com isso fui pensando que com o tempo ele mudaria de idéia. isso ja se fazem 4 meses. ele fala que nao quer nada serio pq tem pendencias a resolver, mas ao mesmo tempo me passa esperanças tipo me levou a casa dos pais dele que moram na cidade vizinha…fala que esta perto dele resolver as pendencias dele..não sei o que fazer… essa semana descubro que ele tbm fica com outra moça a dois anos, mas nao namora…estou sofrendo muito…e detalhe, a familia toda dele é evangelica e ele tbm, só esta desviado…e foi a partir daí que tive vontade de voltar pra igreja desde que o conheci…faço planos em formar uma familia com ele, pois nao sou mulher de ficar com um e outro. Quando o conheci havia 2 anos que não me relacionava com nenhum homem… Já falei pra DEUS que se me der ele por esposo, vou dedicar o resto dos meus dias pra obra dele…peço por misericórdia a ajuda de vcs. que tipo de campanha posso estar fazendo pra que DEUS toque no coração dele e me dê por esposo? sei que tudo é pela vontade de DEUS, MAS SINTO QUE TEM ALGO A MAIS ENTRE NÓS DOIS, NÃO SEI EXPLICAR…ME AJUDEM PELO AMOR DE DEUS… É UM AMOR QUE NUNCA SENTI POR NENHUM OUTRO HOMEM…
    DESDE JA AGRADEÇO

    • Pr. Toni disse:

      Querida Cassiele:
      Não se faz permuta com Deus – Ao homem pertencem os planos do coração, mas do Senhor vem a resposta da língua. Todos os caminhos do homem lhe parecem puros, mas o Senhor avalia o espírito. Consagre ao Senhor tudo o que você faz, e os seus planos serão bem-sucedidos. (Provérbios 16.1-3)
      Reavalie seu relacionamento. Veja se há no seu coração um sentimento verdadeiro de amor e não de paixão. “O coração é mais enganoso que qualquer outra coisa e sua doença é incurável. Quem é capaz de compreendê-lo”? (Jeremias 17.9)
      Assuma um relacionamento com princípios e valores que sejam da vontade de Deus e não se amolde ao modelo do mundo. Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. (Romanos 12.2).
      Você terá tudo de Deus quando Deus tiver tudo de você.

  297. Eugenia disse:

    sou casada,mas meu marido e muito frio e incencivel,me apaixonei por um evangélico mas,ele não sabe ,ele e apenas meu amigo,meu marido me humilha muito , e fui morar com ele muito cedo ,eu tinha 12 anos ,hoje tenho 18 . o que faço? me separo ou resisto e suporto toda humilhação ?

    • Pr. Toni disse:

      Querida Eugenia:
      Cuidado! Considerando a crise que você esta passando é importante lembrar que “O coração é mais enganoso que qualquer outra coisa e sua doença é incurável. Quem é capaz de compreendê-lo”? (Jeremias 17.9)
      Em primeiro lugar afaste-se deste seu amigo.
      Em segundo lugar saiba que separação não é projeto de Deus, e não se deve cometer um erro encima de outro erro – que entendimento sobre casamento e vida em comum você poderia ter aos 12 anos? O melhor caminho é ter uma conversa franca e objetiva com seu marido, mas com a ajuda de um terapeuta familiar ou um pastor. Coloque estas questões perante Deus, em oração, e peça sabedoria e entendimento.
      Deus te abençoe.

  298. Lorani disse:

    olá pastor..
    tenho vivido em pecado por 6 anos…
    vou a igreja sou batizada, mas meu marido não…
    não casei ainda pela falta de dinheiro e pela opinião do meu marido que
    acha desnecessário… sei que não é certo e isso me entristece e acaba comigo.
    não sei que fazer se ele quer continuar junto sem se casar, pois tenho 2 filhos…

    • Pr. Toni disse:

      Querida Lorani:
      Sempre existem ações sociais de ONGs que realizam casamentos coletivos sem custo algum – procure se informar sobre isso. Creio que as bênçãos na igreja também podem ser feitas sem custo algum, fale com o seu pastor. Como você não mencionou, não sei se o seu marido também frequenta a igreja. Caso frequente, peça ao seu pastor para conversar com ele. O importante é regularizar a situação perante Deus e perante a lei.

  299. Ana Paula disse:

    PASTOR ESTOU NA CONDIÇÃO DO DIACONATO E ESPERO PELA MINHA PROMESSA A 5 CINCO ANOS DE UM CASAMENTO . E COM ISSO VOU FAZENDO A OBRA ESTOU NA FACULDADE QUASE NO TERMINO SO QUE A CARENCIA ELA VEM NOS ULTIMO ANOS IA MATANDO A MINHA CARNE A CADA DIA SO QUE AGORA A 5 MESES ACABEI DANDO UM BEIJO + CALOROSO EM UM RAPAZ MAS NÃO TIVE NADA COM ELE APENAS O BEIJO E ELE E CASADO
    CONVERSEI COM ELE E PEDI PARA NOS SE AFASTARMOS.
    PASTOR MINHA BENCAO TARDARA POR CAUSA DESSA ATITUDE.

    • Pr. Toni disse:

      Querida Ana Paula:
      Você já pediu perdão a Deus, por isso? Se pediu, então aquiete o seu coração. Parabéns pela sabedoria e atitude em se afastar do rapaz.
      Ore para que o Espírito Santo a ajude nos momento de maior carência e concentre-se nos seus estudos e no seu ministério. Lembre-se que as promessas de Deus sempre se cumprem.

  300. Joyce disse:

    Gosto muito de um garoto chego ate perde o sono por causa dele eu ja estudei com ele eu nem vejo ele direito mas vivo com ele no meu pendamento o dia todo mas eu tenho num namorado que nao amo oque eu faço to cunfusa e triste pois gosto de um garoto que eu consigo esquecer

    • Pr. Toni disse:

      Querida Joyce
      Nosso coração quase sempre prega peças. Veja o que a Bíblia diz: “Quem pode entender o coração humano? Não há nada que engane tanto como ele”…(Jeremias 17.9). Lembre-se que amor é mais que um sentimento. Amor é compromisso, parceria, responsabilidade. Reavalie o que se passa em seu coração, pedindo que o Espírito Santo a oriente, e seja honesta com seu namorado.

  301. Cristina disse:

    Pastor eu estava namorando e tive que fiar noiva as pressas por que meu namorado arrumou emprego em outro estado e eu fui morar com ele a gente vai marcar o casamento, ele se batizou só que não gosta de ir a igreja, bebe faz tudo que um crente não faz, acho que ele se batizou só pra se casar, to desesperada, eu oro muito e leio a palavra como acabei de chegar na cidade não achei uma igreja pra congregar ainda mais estou procurando, antes de ficar noiva eu estava desviada e ele também, na verdade ele só ia a igreja porque a mãe dele obrigava.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Cristina,
      Confessar a Cristo de lábio é uma coisa, viver a vida cristã, é outra. Seu noivo, ao que tudo indica, está demonstrando não ter real interesse em viver para Cristo. Mas não se desespere. Ore com instância diante do Senhor. Clame a Deus para que Ele faça uma obra maravilhosa no coração dele. Que seu noivo possa perceber a necessidade de unir o que diz ao que tem que viver.

  302. Daisy disse:

    Eu tenho 36 anos e meu namorado 23 somos cristão e servimos a Deus não há sexo no namoro e somos frequentantes mas já fui casada porém sou divorciada pois fui traída e abandonada com 2 crianças pequenas hj estou namorando esse rapaz Arash fidelis mahdavi porém a família não apóia a diferença de idade e são mundanos não seguem a palavra axa certo transar beber e tudo mais ele está confundido e não sabe o que fazer e precisa de uma resposta e nos amamos buscamos em primeiro lugar o reino de Deus e estamos passando por isso estamos sofrendo pensamos em casamento e filho só que somos perseguidos ele acha que isso seria uma desonra de mae está desesperado sobre o que fazer pois temos fidelidade amor e respeito um pelo outro ele é eu choramos muito pois quem julga está no mundo o que fazermos Eu lhe peço uma oração uma resposta que Deus Abençoe

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Daisy,
      Aplaudo o propósito de você se manterem castos no curso do seu namoro, mesmo você já tendo sido casada. A diferença de idade precisa sempre ser considerada, especialmente, quando a mulher é mais velha. Compreendo a posição dos pais dele, exceto no fato de que acham que ele poderia ter uma vida desregrada, desde que não fosse namorar você; isto é um grande equívoco da parte deles.
      Penso, no entanto, que vocês não poderão manter este namoro indefinidamente. Você tem o direito de reconstruir sua felicidade, num ambiente de um respeitoso casamento. Caso vocês se vejam impossibilitados, não só pelo oposição da família dele, e a diferença de idade entre vocês, mas também, porque ele pode querer prorrogar por muito tempo o namoro, entendo que o relacionamento de vocês vai se inviabilizar. Pense a respeito.

  303. Gabriela disse:

    Se eu morar com alguém e não casar no cartório separar e casar com outro no cartório e pecado

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Gabriela,
      O eufemismo de “morar junto” não inibe, nem isenta a convivência marital. Pessoas nesta situação vivem como casados, sem o ser. Portanto, o que você coloca é a implicação da separação. Meu parecer é que se duas pessoas vivem juntas, devem regularizar sua situação, promovendo o casamento civil. A partir disto, buscarem uma vida plena de casado, buscando a fazer a felicidade mútua.

  304. Hélio disse:

    Bom dia !
    Moro junto a 11 anos e me converti a 3meses na igreja batista Filadélfia só que nao sou casado com ela no papel. Recentemente nós estávamos passando por dificuldade no relacionamento mas graças a Deus estamos nos acertando .posso me batizar sem ser casado? Não tenho condições de casar agora e ela tambem não quer por enquanto. Ah … temos um filho. Nós nunca brigamos e sempre tratei ela bem e ela tambem sempre me tratou bem , o nosso problema é que fomos vitimas de bruxaria pra nos separar. Mas busquei Deus e a ajuda do espírito Santo.
    Queria saber se é pecado eu viver assim deste jeito? Ou se temos que separar ja que podemos nos casar no momento.
    Preciso de uma ajuda.
    Grato
    Hélio

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Hélio,
      Não vejo o por que de vocês terem que esperar mais para fazer o casamento civil. Você afirma que não pode casar no momento. A razão é financeira? Vocês querem gastar com uma cerimônia religiosa e uma festa? Nada disto é necessário. Basta ir a um cartório e contrair as núpcias. É bem em conta. Resolva isto, que é o que está travando o relacionamento de vocês.

  305. Inuclécia disse:

    bom dia estou apaixonada por um pastor da minha igreja ele ja sabe ele tetava mim ajudar o maximo com minha vida espiritual so que de um tempo pra ca ele evita ate mim olhar ha tres dias atras pasei mal na igreja i ha obreira mandou ele horar em mim mais elçe se recusou dizendo que se ha obreira tivesse fe ela orase em mim mim ajude estou com vontade de sair da igreja por cauza dele acho que eu incomodo ele obrigada

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Inuclecia,
      Presumo que o pastor de sua Igreja é casado e tem família. Queira bem o seu pastor, ore por ele, mas ore mais ainda por você, pedindo a Deus que não permita que você seja um pedra de tropeço no ministério de seu pastor. Creio que ele já percebeu isto e está sendo mais cauteloso do trato com você. Respeite o posicionamento dele. Ele está sendo coerente com o chamado que recebeu de Deus. Não acho que você precisa mudar de congregação, por ora. Mas você é que vai decidir a respeito. Se achar difícil ficar na congregação com o sentimento errado, mude de congregação. Nem por isto, você estará deixando a Igreja do Senhor Jesus.

  306. Lay disse:

    Que a Paz esteja com o senhor.
    Tenho 17 pra 18 anos, sou nova ainda, e queria conversar um pouco sobre um relacionamento que passou. Sou filha de pastor, desde os meus 4/5 anos frequentava a igreja evangélica e até hoje sigo a Deus, pela sua misericórdia. Em setembro do ano passado comecei a namorar pela primeira vez, o rapaz frequentava outra denominação evangélica e no início estávamos muito bem.
    Foram quase 10 meses de namoro, sempre estávamos bem, uns desentendimentos aqui e ali, mas o que prevalecia era sobre a parte espiritual. Depois que começamos a namorar, percebi que ele começava a “relaxar”. Ia à igreja apenas aos domingos (isso porque era o único dia que nos víamos, ele trabalhava) e fui notando que as coisas iam mudando gradativamente. Em momento algum ele criticava, apenas não ia mais e sua cabeça estava mais voltada à coisas do mundo. Como serva de Deus e por conhecer e amar sua palavra, sabia que poderíamos dar em conflito alguma hora, já que ele estava praticamente no mundo e simplesmente ignorava tudo que falávamos de Deus pra ele e rejeitava, não queria comunhão com Deus, não queria participar de nada. Foi então onde eu comecei a orar muito à Deus e pedir muita misericórdia, pois estava precisando muito de ajuda para lidar com tudo que acontecia. Os meses foram passando, e em momento algum eu o forcei ou pressionei, pois a palavr
    a de Deus mesmo diz que não é por força nem por violência, e não desobedeci isso, porém ele falou uma vez, antes de terminarmos, que eu só forçava ele ao invés de “ajudá-lo” como eu sempre dizia que tentava fazer.
    Ou seja, eu mostrava dentro da palavra de Deus que não é certo que vivamos em caminhos diferentes, mesmo com dor eu dizia tudo isso, mas eu sabia que mesmo que o amasse muito, amo primeiro a Deus e obedeço sua Palavra. Pro senhor ter uma idéia, ele tem um coração tão fechado pra Deus que teve um período da vida dele, em que ele não conseguia mais dormir, tinha pesadelos e isso o sufocava muito. Eu orava muito por ele e aconselhava, mas apenas dizia que se sentia bem da forma que estava. Estava totalmente cego espiritualmente e mesmo Deus falando com ele em pregações, através de louvores, orações, ele não queria se libertar. “Eu estou bem do jeito que estou”, mesmo ficando dias perturbados com a insônia e pesadelos horríveis. A mãe e o padrasto são doentes e eu sempre orei a favor de todos eles, pois sei que precisam MUITO da ajuda de Deus. Sempre quis o melhor pra nós, principalmente um relacionamento que fosse da vontade de Deus, mas pra ele, um casal
    pode viver em harmonia sim, mesmo se um estiver seguindo um caminho e o outro, em outro caminho. Mostrei dentro da palavra sobre o jugo desigual e entre outros versículos que comprovem isso, mas ele apenas dizia “Não ligo mais para o que está escrito lá”.
    Todas as vezes que eu tentava ajudá-lo, ele se enfezava pois o que eu dizia sempre mostrava dentro da palavra, e não acreditava/ouvia, e me fazia muito mal. Até dizer “felizmente eu escolhi assim. Depois eu me resolvo com ele lá em cima” ele já disse. Ele tem uma tia afastada da igreja que bebe e fuma, e vive “aconselhando” ele. Enquanto eu dizia “amor, vamos à igreja, Deus quer falar com você.” ou “Deus está em todos os lugares sim, mas é na casa dele (igreja) que entregaremos a Ele nossa adoração, e convivência com outros cristãos poderá nos levar cada vez mais perto de Deus”, a tia dele falava “não precisamos ir à igreja pra buscar à Deus, em casa está bom”/ “um relacionamento sim pode dar certo se cada um respeitar o outro” e ele dava ouvidos à ela, enquanto eu pregava a verdade de Deus, mesmo doendo em mim.
    Até que chegou um tempo que eu percebi que o aborrecia muito por falar sobre Deus/ tentar isso ou aquilo/ buscar à Deus como Ele quer que o servimos…E Deus já havia falado comigo através de uma irmã abençoada, que não era da vontade dele meu relacionamento, e sim, eu já sentia isso e sabia o porquê muito bem, mas por um momento de fraqueza eu ainda quis ajudá-lo, e que Deus o convertesse para que fosse de sua vontade, mas aprendi que quando Ele diz NÃO, é NÃO. Não adianta querermos mudar isso. Eu estive sempre pregando o amor de Deus e nunca mudei sua palavra para agradá-lo, mas sempre que podia eu falava do amor incondicional e que ele nos ama muito e quer nosso melhor HOJE, não amanhã. Mas infelizmente ele bateu o pé até o fim que FELIZMENTE se sente bem assim e que escolheu esse caminho.
    Gostaria de saber se eu fui certa em terminar com ele ou se eu continuasse o namoro, suportando o peso até Deus convertê-lo (assim, nesse tempo eu poderia acompanhá-lo, ajudando em oração etc)?
    Que a Paz do Senhor esteja convosco.

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Lay,
      Você descreveu detalhadamente um relacionamento que tem tudo para não dar certo. O tempo de namoro é justamente para nós percebemos se temos condições de prosperar no relacionamento e caminharmos para o casamento, ou não. A meu juízo, pelo que você colocou, vocês são completamente incompatíveis. Gostar de alguém, querer bem, amar de verdade, implica em caminhar juntos, sim. É essencial.

  307. Maikel disse:

    Sou casado e estou afastado da igreja, pois venho sentindo uma forte atração pela minha cunhada, ainda não aconteceu nada, mas o sentimento é d ambos os lados.
    O que devo fazer? a tentação está me consumindo a ponto d falar com ela o q sinto

    • Rev. Juarez disse:

      Prezado Maikel,
      Indo direto ao ponto: fique longe de sua cunhada e bem próximo de sua esposa. Quanto mais forte a atração, mais longe ainda.

  308. Rita disse:

    pedi a Deus um varao é agora encontrei tenho 47 anos e ele 57 anos ,já tivemos relacionamentos no passado que deu certo.como namorar sem ter sexo..se nós dois somos adultos e não podemos nos casar agora antes de nos conhecer melhorr

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Rita,
      Pessoas experientes como vocês não devem namorar por longo tempo. Devem namorar, sim, e casar-se o mais rápido possível, até por uma questão de praticidade, afinal, vocês já não são tão jovens assim para ficar adiando o casamento. Quanto à prática sexual, não importa a idade, se mais jovem ou mais velho, ela é aceitável e recomendável no ambiente do casamento, e não fora dele.

  309. Sandy disse:

    A paz pastor.
    Pastor, tenho uma grande dúvida.
    Eu moro junto com o meu conjugue a 2 anos e a alguns meses aceitei Jesus como meu único e suficiente salvador. Domingo agora, dia 13 vou me batizar. Meu conjugue é batizado porém desviado á anos. Já conversei com ele sobre nós casarmos, civilmente e depois abençoar as alianças, ele até concordou, mas não falou mais no assunto nem marcou nada.
    Temos 1 filho de 7 meses.
    Com isso, com o meu batismo e também um chamado para o ministério do louvor na igreja, gostaria de saber se devo esperar o casamento civilmente para ir para o louvor e tomar santa ceia, mesmo sendo batizada e com chamado? Que Deus abençoe-o!

    • Rev. Juarez disse:

      Prezada Sandy,
      O que não pode esperar é o casamento civil. O que impede vocês de resolverem isto? Resolvam isto e o restante se encaixará, com certeza.

  310. Adalmir disse:

    sou casado a 20 anos , mas conheci uma mulher na sala de bate papo e me encontro envolvido com ela nas ligacoes, minha esposa nao sabe e estou aflito sem saber como terminar , pois tambem falei coisas amorosas c ela e tenho q arrumar um modo de sair dessa se machuca-la . ja falei p ela q sou casado,
    mas ela nao se importa , me oriente por favor.

    • Pr. Toni disse:

      Caro Adalmir:
      Com o advento da internet ficamos mais vulneráveis à tentação, pois imaginamos que ninguém vai ficar sabendo quais os sites que acessamos, mas, Deus sabe e também a sua consciência. Por isso o orar e vigiar é mais do que uma frase de efeito, é uma orientação para não cair em tentação.
      Tem uma frase que é atribuída a Lutero que diz: “você não pode evitar que os urubus voem sobre sua cabeça (isto é: o lixo intelectual; pornografia; acesso a sites indevidos na internet, etc.), mas pode impedir que eles façam ninho na sua mente.” Pense nisso.
      A melhor coisa que você deve fazer é terminar este falso relacionamento, pedir perdão a Deus e se propor a não dar continuidade a este tipo de acesso na internet.

  311. Dominic disse:

    A Paz do senhor!
    vejos muitas história emocionamente dos patriotas que tiveram seus sonho sendo realizado e sei que são verdadeira.mas o meu sonhos é construir uma familia com a mulher que eu mais amos,ela também pretende,mas o meu medo e a preocupação não deixa devido muitas coisas ruim acontecendo hoje em dia,como no caso falso médico,falta de atendimento e outras…
    como posso saber a hora certa,DEUS vai me dar um filho se eu pedir? na verdade eu pretendo construir uma familia e dizer assim; Eu e a minha casa serviremos ao senhor.
    gostaria que me ajudasse nessa ocasião.

    • Pr. Toni disse:

      Caro Dominic:
      No mundo em que nós vivemos devemos colocar nossos sonhos esperanças no Senhor…: “ele é o nosso auxilio e nossa proteção”. Salmo 33.20
      A Palavra de Deus ensina que “Não devemos andar ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, devemos apresentar nosso pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará nosso coração e a mente, em Cristo Jesus”. Filipenses 4.6-7
      “Confia no Senhor e faze o bem; habitarás na terra, e verdadeiramente serás alimentado. Deleita-te também no Senhor, e ele concederá os desejos do seu coração. Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará”. Salmo 37.3-5
      Que tal começar agora?

  312. Raissa disse:

    Rev. Gostaria muito de ajuda fui evangélica 6 anos depois acabei desviando da igreja com problemas com \”irmãos\” daí minha vida só piorou mesmo assim não quis voltar pra igreja pois sentia muita raiva de Deus por que minha vida só dava errado resolvi procurar um Centro de macumba joguei búzios aonde diz que conta tudo sobre o seu futuro quando eu ainda estava na igreja muitos pastores e missionárias falavam que eu iria me casar com um varão de Deus e que eu seria muito feliz e eu sonhava com aquilo todo santo dia pois o meu maior sonho é me casar pois então jogando búzios o pai de santo me disse que meu número do jogo era 5 que significa azar no amor e que os inkises= espíritos falarão que eu nunca me casarei que esse não é o meu destino eu sempre serei sozinha não duvido pois minha vida amorosa nunca foi pra frente nem quando eu era evangélica gostaria de saber se hoje eu voltar para igreja Deus me daria um noivo?

    • Pr. Toni disse:

      Querida Raissa:
      O primeiro passo que você deve dar é se voltar para Deus e desfrutar do seu perdão, amor e graça.
      Para tanto é importante que você peça perdão a Deus pelos caminhos em que você andou neste tempo todo, principalmente afastada dos princípios e valores que você conhece.
      Deleita-te também no Senhor, e ele te concederá os desejos do teu coração.
      Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará.Salmos 37:1-5

  313. Sulamita disse:

    Pastor conheci um jovem a um tempo atras, comecamos a se ver diariamente e nos conhecermos melhor. resolvemos que iriamos orar e colocar diante de Deus para que talvez futuramente ter um relacionamento com a permicao de Deus .. Buscamos isso por um tempo.Um certo dia uma irma que eu nem conheci orou por mim e perguntou se eu estava namorando ou orando em pro disso, respondi que estava orando . Ela me disse que Eu podia namorar porque naquele dia Deus estava confirmando.. nao comentei nada com o moco que estava orando comigo.. queria que Deus tivesse falado com ele assim como falou comigo’ Passados uns dias ele veio conversar comigo e disse que Deus falou pra ele que era pra ele gastar a sua juventude na presenca de Deus .. que o restante Deus estava preparando,continuei buscando e Deus me levou ate o livro de eclesiastes onde fala sobre o tempo para cada coisa .. Fiquei um pouco confusa pastor, estavamos orando juntos em um so proposito.. e as respostas nao bateram .. minha
    duvida eh .. Se for pra acontecer alguma coisa entre eu e o jovem, seria futuramente? Entao ele é o meu escolhido para o matrimonio ? ou sera que não tem nada aver e devemos para de orar nesse proposito ?

    • Pr. Toni disse:

      Querida Sulamita:
      O livro de Eclesiastes mostra a crise de um homem que vive a falta de harmonia existencial, que ainda hoje presenciamos. Procurando viver intensamente a vida, ele mergulhou num mundo de dúvidas e sensualidade, para descobrir que a vida sem Deus é como dar um pulo no escuro ou correr atrás do vento.
      Entretanto no capitulo 10, versículos 1 a12 , o texto apresenta uma verdade: na nossa vida há um tempo para todas as coisas e viver sem Deus é um risco. Olhando nesta perspectiva, podemos entender nossas próprias dúvidas sobre os momentos da nossa vida.
      No seu caso, o passo que vocês deram de estar orando sobre o assunto foi correto, mas a resposta não foi igual para você e para o jovem – “as respostas não bateram”, conforme você mesma diz.
      Então é importante você definir: você que ficar com a resposta de Deus ou ficar com a resposta da irmã que orou com você?
      Considere, também, que é possível que o jovem não tivesse convicção do relacionamento de vocês e com a resposta “dada” por Deus, ele tomou uma posição.
      Diante desta situação, sugiro que você busque em Deus a pessoa que ele tem separada para você.