Mensagens

Share

Armadilhas do Mal

“Você não ficará preocupado com os desastres que caem de repente como uma tempestade sobre os maus. Pois o Senhor Deus lhe dará segurança e nunca deixará você cair numa armadilha.” Provérbios 3.25-26 (NTLH)

Hoje e a cada novo dia manifestemos permanentes serenidade e confiança, porque desfrutamos do magnífico privilégio da presença de Deus em nossas vidas, e Ele não deseja que fiquemos alarmados, pois Seu divino propósito não é o de causar males e sim o de defender os justos. O Senhor deseja que Seus eleitos vivam em eterna paz e tranquilidade, por isso nos aquietemos, apesar da tenebrosa dominação que satanás exerce sobre o mundo, e malgrado a desolação crescente causada pelos ímpios que o servem, porque aqueles que andam nos caminhos de Deus jamais serão apanhados nas armadilhas do mal!

0
0

Dia de Paz

“Não se preocupem com nada, mas em todas as orações peçam a Deus o que vocês precisam e orem sempre com o coração agradecido. E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus.” Filipenses 4.6-7 (NTLH)

Queremos que hoje seja um dia de paz? A fórmula que Paulo ensina para os que estão em Cristo Jesus é esta: preocupação zero e muita oração, somada a nenhuma ansiedade e abundante gratidão a Deus por tudo o que tem feito em nós e por nós. Voltemo-nos ao Senhor com uma oração contrita e um alegre louvor nos lábios e no coração, sem qualquer tipo de dúvida, transbordantes de amor e de reconhecimento; não omitamos nada em nossa petição, não permitamos que nenhuma necessidade continue provocando sofrimento, para desfrutarmos a Sua paz infinita que sequer somos capazes de entender!

0
0

Vontade do Pai

“… Não tenha medo, continue falando e não se cale, porque eu estou com você. Ninguém poderá lhe fazer nenhum mal…”. Atos 18.9-10 (NTLH)

Neste dia, meu irmão, minha irmã, não sintamos nenhum temor dos homens, porque Deus nos estimula a que nossa fé seja intrépida, e se estivermos obedecendo aos Seus mandamentos, se estivermos cumprindo nosso dever cristão e servindo-O, devemos continuar em frente, como o próprio Jesus faria, porque, quando o Senhor nos outorga uma tarefa, provê todo o poder para realizá-la. Lembremo-nos de que homem algum, nem qualquer força humana ou espiritual, poderá nos impedir de falar e de testemunhar de Cristo, pois a vontade do Pai jamais poderá deixar de cumprir-se!

0
0