Arquivo da categoria: Castigo

Perfeito Amor e Irretocável Justiça

“Vocês pensam que eu gosto de ver um homem mau morrer? —pergunta o SENHOR Deus. —Não! Eu gostaria mais de vê-lo arrepender-se e viver”. Ezequiel 18.23 (NTLH) Deus é perfeito amor e irretocável justiça; Seu amor move a misericórdia que … Continue lendo

Publicado em Arrrependimento, Bem, Bênçãos, Bíblia, Caminhos de Deus, Castigo, Coisas do Alto, Conduta Cristã, Controle de Deus, Conversão, Crer em Deus, Cristianismo, Deus, Devocionais, Estudos Bíblicos, Evangelho, Existência Humana, , Meditações, Palavra de Deus, Pecado, Perdão, Planos de Deus, Poder de Deus, Pregação, Reino de Deus, Religião, Retidão, Salvação, Vontade de Deus | Deixar um comentário

Correção

“… não menosprezes a correção que vem do Senhor, nem desmaies quando por ele és reprovado…” Hebreus 12.5 (ARA) Que hoje compreendamos que Deus – por sermos Seus filhos – por vezes nos disciplina como processo educativo, para nos capacitar … Continue lendo

Publicado em Amor, Andar com Deus, Bem, Bom Ânimo, Bênçãos, Bíblia, Castigo, Coisas do Alto, Conduta Cristã, Confiança, Controle de Deus, Crer em Deus, Cristianismo, Deus, Devocionais, Estudos Bíblicos, Evangelho, Existência Humana, , Gratidão, Humildade, Meditações, Palavra de Deus, Planos de Deus, Pregação, Provações, Reino de Deus, Religião, Santificação, Serenidade, Transformação | Deixar um comentário

Armadilhas do Mal

“Você não ficará preocupado com os desastres que caem de repente como uma tempestade sobre os maus. Pois o Senhor Deus lhe dará segurança e nunca deixará você cair numa armadilha.” Provérbios 3.25-26 (NTLH) Hoje e a cada novo dia … Continue lendo

Publicado em Andar com Deus, Bem, Bênçãos, Bíblia, Caminhos de Deus, Castigo, Coisas do Alto, Confiança, Controle de Deus, Crer em Deus, Cristianismo, Desafios, Deus, Devocionais, Esperança, Estudos Bíblicos, Existência Humana, , Mal, Meditações, Medo, Palavra de Deus, Poder de Deus, Pregação, Promessas, Proteção, Provações, Religião, Segurança do Cristão, Serenidade, Temor | Deixar um comentário